Vales de Refeição

Vales de Refeição

By | 2018-03-08T13:36:36+01:00 25/03/2015|Categories: Emprego|

Os vales de refeição, também conhecidos por cartão alimentação, são cada vez mais frequentes entre os trabalhadores do setor privado. Ainda assim ainda subsistem dúvidas sobre as vantagens reais desta forma de pagamento do subsídio de alimentação. Estas dúvidas incluem, como e onde utilizar, entre outras.

Em mais um artigo do NValores, pretendemos esclarecer todas as dúvidas que possa ter sobre vales de refeição, até porque como vamos ver, esta forma de pagamento também tem as suas vantagens.

O que é um vale de refeição?

Um vale de refeição é uma forma de pagamento do subsídio de refeição diário e pode ser pago em forma de vales (uma espécie de um bloco com vários vales com o valor diário do subsídio de alimentação) ou em cartão de pagamento automático, onde é acrescentado o valor correspondente diariamente ou mensalmente.

Atualmente, a forma de cartão de pagamento automático é a mais frequente, havendo até várias entidades bancárias a desenvolver soluções específicas (Millennium, Santander, entre outros).

Assim, se já recebe o subsídio de alimentação sob a forma de vale, é bastante provável que já esteja valorizado com os cartões de pagamento automático, que já se tornaram a norma em muitas empresas do setor privado.

Veja também: Aumentos salariais em 2018: Tudo o que precisa saber

Quais as vantagens dos vales de refeição?

O subsídio de refeição obrigatório atualmente é de 4,27€, mas as empresas privadas podem optar por aumentar este valor, sendo que o excedente fica sujeito a impostos (I.R.S e segurança social.

Com a opção de vales de refeição as empresas podem oferecer até mais 60% do valor do subsidio de refeição obrigatório e manter a isenção fiscal. Ou seja, podem aumentar o subsídio de refeição para 6,83€ sem que isso represente um acréscimo de carga fiscal para si e para os seus trabalhadores.

Ao fazer os cálculos e considerando um subsídio de alimentação diário de 6,83€, as empresas alcançam uma poupança anual por trabalhador de 147,14€.

O valor de poupança dos trabalhadores varia de acordo com a taxa de IRS a que estão sujeitos, mas considerando uma taxa de IRS de 13% a poupança anual seria de 148,68€.

Isto demonstra, que apesar de muitos trabalhadores ainda se sentirem reticentes relativamente às vantagens apresentadas por esta forma de pagamento do subsídio de alimentação, a verdade é que a opção por esta forma de pagamento pode resultar numa poupança substancial.

Basta pensar que estamos a falar de uma quantia que pode chegar perto dos 150 euros por ano, um valor que é relevante para muitas famílias portuguesas.

Onde e Como usar os Vales de Refeição?

Tanto os vales de refeição como os cartões de refeição são aceites na maioria dos hipermercados, supermercados, restaurantes e take-away.

Há alguns cartões de refeição que têm protocolos com alguns hipermercados e só são aceites nesses locais, mas a maioria não tem qualquer tipo de limitações.

Para usar qualquer vale ou cartão de refeição basta apresentá-lo no momento do pagamento.

Assim é fácil perceber que optar pelos vales de refeições é vantajoso, tanto para as empresas como para os trabalhadores.

Veja A Nossa Sugestão

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2018-03-08T13:36:36+01:00 25/03/2015|Categories: Emprego|

About the Author:

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt