Sou multado por mentir no IRS?

“Sou multado por mentir no IRS?” Esta é uma questão que pode surgir, especialmente agora que se aproxima o prazo de entrega do IRS 2015. Respondendo de forma direta: as multas no IRS abrangem situações de erros e de atrasos e por isso, se cometeu um erro de forma deliberada ou não, poderá ser multado.

Para evitar coimas no IRS, é fundamental que preencha a sua declaração com toda a atenção e que após o seu preenchimento volte a verificar tudo. Não hesite em utilizar um simulador de IRS para ter uma melhor noção daquilo com que pode contar.

Valor das Multas no IRS Devido a Atraso

Em situações de atraso na entrega da sua declaração, as coimas no IRS são se seguintes:

  • Se o atraso não exceder o prazo em 30 dias: terá que pagar uma multa de 25 euros (de acordo com a Autoridade Tributária);
  • Se o atraso exceder os 30 dias: caso o seu atraso ultrapasse os 30 dias, a infração será superior a 37,5 euros. Se atraso apenas for retificado após aviso da Autoridade Tributária, então a multa será no mínimo de 150 euros.

Se a situação for lesiva para o Estado, as coimas podem chegar até 93,75 euros e se o Estado tiver que realizar uma notificação, a multa será, pelo menos de 375 euros.

  • Se o atraso exceder os 60 dias: o contribuinte fica sujeito à instauração de um processo e nesta situação, as multas no IRS podem chegar até 2500 euros.

Como Retificar Erros E Evitar Coimas No IRS

Caso se tenha enganado, pode evitar multas no IRS se proceder à entrega voluntária de uma declaração de substituição. Desde que a correcção não implique o pagamento de imposto e se os erros realizados não constituírem fraude fiscal, não terá que pagar multas.

Para entregar uma declaração de substituição, basta aceder à sua área de contribuinte no Portal das Finanças e selecionar a opção “Entrega de Declarações do Modelo 3 – Corrigir”.

Veja A Nossa Sugestão

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt