Melhores Seguros de Capitalização 2021

Seguro de vida individual com opções de poupança e investimento

Tempo estimado de leitura: 11 minutos

A crise criada pelo novo Coronavírus abriu os olhos de muitas famílias acerca da necessidade de ter uma poupança para lidar com situações imprevistas. E, os seguros de capitalização são produtos interessantes neste sentido.

São similares aos depósitos a prazo, mas têm algumas particularidades muito interessantes. Na prática, consistem em investimentos que proporcionam rentabilidade, com baixo risco para o investidor.

Para ajudar a tomar a melhor decisão reunimos tudo o que precisa saber sobre as características deste produto. Além disso, ainda realizamos uma comparação entre as entidades para que possa conhecer todas as condições!

O que são os seguros de capitalização?

Conforme dito, os seguros de capitalização são produtos que se encontram na modalidade de seguros financeiros.

Funcionam da seguinte maneira: o titular do seguro efetua o pagamento de pequenos montantes à entidade seguradora durante o prazo de vigência do contrato.

No final, o valor será devolvido, acrescido do respetivo rendimento, que na maioria das vezes possui um nível mínimo garantido.

É importante saber que estes seguros são investimentos de médio / longo prazo. Portanto, não é aconselhável fazer o levantamento do montante antes dos primeiros cinco a oito anos do contrato.

Terminologia utilizada

Os seguros de capitalização costumam ser produtos complexos de entender por quem não está habituado aos termos encontrados nestes tipos de contrato.

Por isso, listamos a terminologia básica que precisa conhecer antes de subscrever aos seguros:

  • Entidade Seguradora: A companhia de seguros na qual o produto é contratado
  • Apólice de Seguro: Documento que contém os termos e cláusulas do produto, ou seja, o contrato
  • Tomador de Seguro: A entidade ou pessoa que celebra o contrato de seguro com a Entidade Seguradora
  • Pessoa Segura: A pessoa no interesse do qual o contrato de seguro de capitalização é celebrado
  • Beneficiários: A pessoa singular ou coletiva da qual reverte o benefício inerente ao seguro contratado
  • Prémio de Seguro: O valor pago para ativar a apólice de seguro

Aqui é importante destacar que muitas entidades bancárias também celebram este tipo de contrato de seguro, como irá observar mais à frente na nossa comparação.

Como funcionam os seguros de capitalização?

Em relação ao funcionamento dos seguros de capitalização podemos diferenciá-los, basicamente em duas modalidades: pagamento único e pagamento sucessivo.

Nos seguros de pagamento único, o montante mínimo será definido pela própria seguradora. Após o pagamento, serão deduzidos os custos de subscrição e de seguida o valor é investido para o efeito de capitalização durante a vigência do contrato.

Já nos seguros de pagamento sucessivo, o contrato pode ser feito com um esquema de pagamentos programados, que podem ser mensais, trimestrais ou anuais. O montante mínimo também é definido pelas seguradoras.

Dito isto, é possível encontrar algumas seguradoras com contratos mais flexíveis em relação aos pagamentos. Nestes casos, geralmente é definido apenas um valor mínimo, podendo o subscritor efetuar o pagamento quando desejar.

Finalidades dos seguros de capitalização

As finalidades da subscrição a um seguro de capitalização estão muito relacionadas ao perfil do investidor. Podemos dividi-las basicamente em três objetivos.

1 – Poupança e formação de capital

Iniciar uma poupança e ter uma garantia financeira em casos de emergência deve ser a prioridade de muitas famílias. Este produto é muito indicado para quem tem este propósito.

Nestes casos, é importante procurar um investimento com menos riscos, com garantia do capital constituído na poupança.

2 – Planear a Reforma

Aqueles que desejam ter uma reforma tranquila e garantir o mesmo padrão de vida, também devem considerar este investimento.

Para isso ser possível, é necessário começar um planeamento com antecedência. Como os seguros de capitalização são investimento de médio a longo prazo, serão ideais também para esta finalidade.

Além disso, os segurados podem aproveitar benefícios fiscais, dedutíveis à coleta de IRS, desde o valor de cada entrega. O único critério é que esteja investido durante pelo menos 5 anos.

3 – Investimento

Os investimentos tornaram-se muito populares nos últimos anos e cada vez mais pessoas procuram meios de obter rentabilidade com produtos alternativos aos depósitos à prazo.

Nestes casos, o seguro de capitalização também é o produto indicado, uma vez que permite rentabilizar o capital já existente e reforçar as poupanças.

Para a finalidade de investimento, é interessante procurar seguros que possibilitem liquidez e garantia do capital a qualquer momento. Além de garantia do capital investido e uma taxa de rentabilidade crescente.

Quais são os riscos de investir neste produto?

Na verdade, são produtos direcionados para investidores de perfil conservador, uma vez que possuem risco baixo. O único risco existente neste tipo de investimento é a falência da entidade seguradora.

Porém, a possibilidade de isso ocorrer é praticamente nula. Basta perceber que muitas das instituições que comercializam este produto são entidades financeiras sólidas e reconhecidas no mercado.

Portanto, desde que a instituição seguradora se mantenha a operar, o capital investido está garantido. Ou seja, o segurado poderá recebê-lo de volta nas condições previamente acordadas.

Como não existe um fundo de garantia do capital, naturalmente a remuneração associada aos seguros de capitalização é superior.

Em comparação com os depósitos a prazo, por exemplo, atualmente é possível obter níveis de retorno perto de 1%. A generalidade dos depósitos a prazo garante taxas muito perto de zero.

Como funciona a tributação dos seguros de capitalização?

A tributação, assim como noutros produtos financeiros, é definida anualmente no Orçamento de Estado.

Como são produtos destinados à poupança a longo prazo, a tributação sobre os lucros é muito mais favorável quando comparada a outros investimentos.

A taxa de imposto aplicável varia de acordo com o prazo do investimento. É importante destacar que para a aplicação destas taxas pelo menos 35% do total investido tem de ter sido investido na primeira metade do contrato.

Dessa forma, a tributação será de:

  • 28% – Prazo de resgate até 5 anos
  • 22.40% – Prazo de resgate entre 5 anos e 8 anos
  • 11.20% – Prazo de resgate após 8 anos

Como subscrever a um seguro de capitalização?

A subscrição dos seguros de capitalização deve ser feita através das seguradoras especializadas no ramo Vida ou através das redes parceiras e mediadores.

Na proposta, devem estar descritas as seguintes informações:

  • Dados pessoais do segurado
  • Montante que pretende investir
  • Modalidade de pagamentos
  • Prazo de investimento
  • NIB
  • Nome dos beneficiários da apólice.

De forma a facilitar a vida dos consumidores, muitas seguradoras já disponibilizam a subscrição online, sendo necessário apenas o IBAN para concluir o processo. Feito o primeiro pagamento do prémio, este valor passa a ser debitado mensalmente.

Através de uma aplicação, poderá consultar a evolução do investimento online, de maneira fácil e prática.

É importante referir outra vantagem deste produto: não é necessário abrir uma nova conta bancária e arcar com custos adicionais de manutenção, por exemplo.

Isso porque a seguradora debita na conta à ordem que o subscritor indicar. Depositando, no final do contrato, o capital investido acrescido das taxas de juro nessa mesma conta.

Comparação de seguros de capitalização

De seguida, listamos uma comparação com as principais entidades que comercializam este tipo de produto. Ao longo desta seção esperamos que possa perceber qual é o melhor seguro para investir.

CGD – Flexi Mais

O Flexi Mais é um seguro de vida individual com várias opções de investimento.

Entre as quais se encontra o seguro de capitalização, direcionado para investidores com perfil conservador.

Principais características

  • Capital garantido
  • Taxa de Juro anual bruta – 0,10% (durante o 1º semestre de 2021)
  • Taxa revista semestralmente, entre 0% e 4%, com mínimo de 80% da média da Euribor a 6M
  • Prazo de 10 anos, automaticamente prorrogado por períodos de 1 ano, podendo ser resgatado a qualquer momento e sem penalizações a partir do 3º ano e 1 dia

Millennium BCP – Seguro Investidor Global

O Seguro Investidor Global consiste num produto com 5 estratégias de investimento adaptadas a diferentes perfis de risco.

O cliente pode em qualquer momento transferir o seu investimento entre estratégias.

Principais características

  • Entregas Anuais de 360€, semestrais de 180€, trimestrais de 90€ e mensais de 30€
  • Entregas únicas de 500€
  • Entregas extraordinárias de 30€
  • Resgate total ou parcial a qualquer momento, sem quaisquer penalizações a partir do 4.º ano de contrato
  • Comissão de Subscrição 0%

BPI – Multi Soluções

O Seguro BPI Multi Soluções permite que o cliente adapte o investimento ao seu ciclo de vida, perfil de risco, hábitos e preferências de investimento.

Isto é possível através dos três fundos autónomos disponíveis.

Principais características

  • Comissão de Subscrição 0%
  • Comissão de Resgate de 1% para reembolsos de entregas efetuadas há menos de 1 ano
  • Montante Mínimo Subscrição € 250
  • Montante Mínimo Reforço € 25
  • Montante Mínimo Manutenção € 250

A seguradora Fidelidade apresenta dois produtos de seguros de capitalização, sendo o Fidelidade Savings e o Poupança Objetivo. De seguida, explicamos como funcionam cada um deles.

Fidelidade – Savings

Fidelidade Savings é um seguro de vida individual que integra soluções de poupança e investimento.

Permite definir e atingir os seus objetivos, de forma 100% mobile, através da App MySavings.

Principais características

  • Entregas mensais​​​ a partir de 25€
  • Entregas únicas a partir de 100€​ ​​
  • Resgate das poupanças a qualquer momento, sem penalizações
  • Valor mínimo de resgate 25€

Fidelidade – Poupança Objetivo

O Poupança Objetivo é um seguro de capitalização de médio/longo prazo, com uma duração mínima de 5 anos e 1 dia e máxima de 15 anos.

Além do rendimento anual garantido oferece um bónus anual de permanência.

Principais características

  • Mínimo de 100 € para começar a Poupança
  • Plano de entregas a partir de 25 € ao mês
  • Sem comissões de subscrição
  • Entregas extra a partir de 100 €
  • Prazo mínimo de 5 anos e 1 dia e no máximo de 15 anos

Novo Banco – NB Poupança Garantida

O Novo Banco também disponibiliza um seguro de capitalização.

Principais características

  • Prazo mínimo de 8 anos e 1 dia
  • Garantia de capital
  • Montante mínimo de subscrição mensal 25€
  • Montante mínimo de subscrição trimestral, semestral, anual, entregas adicionais ou únicas de 250€
  • Comissão de subscrição 0%
  • Comissão de gestão 1,50%
  • A partir do 6º ano não se aplica comissão por reembolso

Banco Best

O Banco Best apresenta um seguro de capitalização associado à Una Seguros Vida, S.A. para quem procura uma poupança com garantia de capital.

Principais características

  • Prazo de 8 anos
  • Entregas únicas ou adicionais: 1.000€ até um máximo de 125.000€ por pessoa segura
  • Com garantia de capital
  • Taxas em 2021, 2022 e 2023 de 0,40% ao ano
  • Comissão de Subscrição 0%
  • A partir do 4.º ano não se aplica comissão de reembolso

Real Vida Seguros – Real Vida Super Rendimento Série 8

Destinado a clientes particulares, profissionais liberais e empresas que pretendam diversificar os seus planos de investimento.

É um produto com uma Super Rentabilidade Garantida.

Principais características

  • Garantia de capital
  • Prazo de 8 anos e 1 dia
  • Taxa de Juro garantida 1% na 1ª anuidade
  • Entregas únicas de no mínimo 1.000€
  • Possibilidade de entregas suplementares ou entrega programadas
  • Resgate sem penalizações a partir do 3º ano e 1 dia

Perguntas frequentes

Se ainda restaram algumas dúvidas sobre os seguros de capitalização, consulte as nossas FAQ e esclareça outras informações sobre o produto.

1 – Que informações devem constar nos contratos de operações de capitalização?

Devem constar no contratoas informações gerais exigíveis para todas as apólices de seguro e que se apliquem às operações de capitalização. Além da data de início e duração do contrato.

O documento também deve especificar o capital garantido, as condições, os valores de resgate, os encargos e o momento em que são cobrados.

2 – Qual a diferença entre os seguros de capitalização e um seguro de vida?

Num seguro de vida convencional, a operação de capitalização está ligada a um risco com a morte ou a sobrevivência da pessoa segura.

Já nos seguros de capitalização, a seguradora obriga-se a pagar um determinado valor no final do contrato. Independentemente de qualquer evento ligado à duração da vida do subscritor.

3 – Um seguro de capitalização é igual a um seguro financeiro do tipo unit linked?

Os seguros de capitalização diferenciam-se dos seguros unit linked porque garantem o capital e uma taxa de retorno anual.

Já no seguro financeiro o risco é partilhado entre o segurador e o tomador do seguro ou transferido totalmente para o tomador do seguro.

4 – O que é o direito de renúncia?

A lei dá o direito de renúncia ao tomador de qualquer seguro do ramo vida num prazo de 30 dias, a contar da data de realização da apólice. A renúncia deve ser comunicada à seguradora através de carta registada, de preferência com aviso de receção.

5 – Quais as consequências de não pagar o prémio?

A falta de pagamento do prémio na data indicada pode dar ao segurador o direito de cessar o contrato e pagar ao beneficiário o respetivo valor de resgate. Ou então reduzir as garantias ou capitais contratados.

Esperamos que esta análise dos seguros de capitalização ajude a encontrar uma solução de investimento que mais se adequa ao seu perfil e necessidades.