Santander Totta passa a Santander Portugal

O Banco Santander Totta anunciou no dia 23 de março que no âmbito da sua estratégia de renovação da marca, ira passar a designar-se Banco Santander Portugal.

Esta alteração, de acordo com António Vieira Monteiro, tem como principal intuito a afirmação da Portugalidade do banco.

De acordo com o mesmo, a alteração será realizada de forma faseada, não havendo ainda nenhuma previsão da data de início ou conclusão desta alteração, contudo, nos próximos meses a mesma vai ser implementada em todos os canais.

A mesma vai começar pela parte digital, produtos, campanhas e balcões, culminando com a mudança visual das agências do banco a atuar em Portugal.

10 anos depois, uma nova imagem

Esta alteração da imagem de marca do banco Santander Totta e futuro banco Santander Portugal, surge 10 anos depois do último branding realizado, sendo que a alteração será realizada a nível global, passando a transparecer uma imagem mais moderna e adaptada para os canais digitais (que têm sido uma aposta frequente do banco), representando uma nova cultura corporativa.

A nova imagem, mantém a essência já conhecida do banco, sendo que o logotipo mantém a chama, a cor vermelha e o nome Santander. A fonte da letra foi desenhada exclusivamente para esta entidade bancária, de forma a competir com grandes marcas digitais a nível global.

Esta nova imagem quer criar uma ligação mais próxima com as novas gerações, mas também com as futuras, que veem na tecnologia e nos canais digitais a melhor forma de comunicação.

Esta aposta, vai culminar com a evolução do banco para uma plataforma digital de produtos financeiros, sendo que em Portugal o banco vai continuar a atuar como filial, com total autonomia de capital e liquidez financeira.

De acordo com informações divulgadas pela própria instituição, desde 2006, altura em que o negócio expandiu para Portugal, a entidade bancária já concedeu mais de 35 mil milhões de euros em créditos para empresas, mais de 7.000 milhões de euros em crédito habitação, e nos últimos 5 anos investiu cerca de 33 milhões de euros em iniciativas de sustentabilidade.

Veja também:

 

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt