Salário mínimo nacional em 2021

Muito se falou sobre o salário mínimo nacional para 2021, especialmente devido à crise económica mundial gerada pelo Covid 19, que complicou as finanças do Estado, impedindo um aumento muito expressivo.

O salário mínimo nacional em 2020 teve um aumento de 35 euros, passando de 600€ (em 2019) para 635€ em janeiro deste ano. Ou seja, um aumento de 5,8% comparativamente ao ano transato.

Apesar do valor do aumento ainda não ter sido divulgado, a meta seria atingir em 2023 o valor de 750€. Porém, estima-se que este objetivo possa não ser alcançado no prazo previsto devido ao declínio na economia.

Nas palavras do primeiro-ministro António Costa “não vamos poder ter um aumento com a dimensão da que tivemos no ano passado”.

Mesmo sem ainda saber o novo valor do salário mínimo em Portugal 2021, existem alguns conceitos sobre o assunto que é importante conhecer, e um deles é o chamado PEC. Se ainda não sabe o que é, continue a ler pois explicamos-lhe de seguida.

O que é o PEC e como se reflete para os empregadores?

O Pagamento Especial por Conta é um imposto que todos os sujeitos passivos que estejam enquadrados no regime normal de IRC têm de liquidar.

O seu cálculo baseia-se no volume de negócios e nos pagamentos por conta do ano anterior de acordo com a fórmula:

PEC = 1% volume negócios exercício anterior – pagamentos por conta ano anterior

Por norma, o valor mínimo do PEC são 850€ e o máximo são 1.000€ + 20% do excedente com o limite de 70.000€.

O valor do PEC é deduzido à coleta do exercício a que diz respeito e dos 4 exercícios seguintes, contudo, se não for possível proceder à dedução devido a insuficiência de coleta, o valor é reembolsado.

É importante frisar que também existem implicações em relação à TSU (Taxa Social Única) devido à crise gerada pela pandemia.

Isso resultou na determinação de que todas as empresas abrangidas pelo lay-off terão isenção total do pagamento da Taxa Social Única (TSU). E o mesmo acontece se o lay-off consistir em redução de horário.

Qual o impacto do aumento do salário mínimo em 2020?

A verdade é que o aumento do salário mínimo nacional em 2021, vai ter um impacto em toda a economia nacional, sendo que mais de 800 mil trabalhadores vão sair beneficiados com este aumento.

No entanto, como em tudo na vida, quem dá de um lado retira do outro, os contribuintes podem ver outros setores da sua economia familiar a sofrer aumentos.

Isso, somado ao reajuste do salário mínimo nacional líquido abaixo do esperado, pode não apresentar um aumento significativo no poder de compra dos portugueses, pelo menos até a economia ser totalmente restabelecida.

Evolução do valor do ordenado mínimo nacional nos últimos 20 anos

Embora ao longo dos últimos 20 anos tenham existido alguns aumentos nesse sentido, a verdade é que entre 2011 e 2015 os portugueses viram o ordenado mínimo congelado nos 485€.

No entanto, desde então que tem havido um aumento significativo do mesmo.

Veja de seguida a evolução do ordenado mínimo nacional em Portugal desde o ano 2000.

AnosSalário mínimoAumentos
2020635,00€35,00€
2019600,00€20,00€
2018580,00€23,00€
2017557,00€27,00 €
2016530,00 €25,00 €
2015505,00 €20,00 €
2014485,00 €– €
2013485,00 €– €
2012485,00 €– €
2011485,00 €10,00 €
2010475,00 €25,00 €
2009450,00 €24,00 €
2008426,00 €23,00 €
2007403,00 €17,10 €
2006385,90 €11,20 €
2005374,70 €9,10 €
2004365,60 €9,00 €
2003356,60 €8,60 €
2002348,00 €13,80 €
2001334,20 €16,00 €
2000318,20 €12,40 €

 

Frente às incertezas acerca do novo valor do salário mínimo nacional para 2021, é preciso continuar atento às novidades que estão por vir. Mas, é importante estar preparado para um aumento menos significativo que o do ano 2020.

Poupar é a palavra chave para o ano que segue, e dessa forma manter as finanças em ordem.

Partilhe connosco a sua opinião sobre este tema.

Veja também:

Advertisement

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt

15 comentários em “Salário mínimo nacional em 2021

Deixe um comentário

  1. Boa noite , gostaria de saber se é possível descontar do ordenado mínimo para a segurança social . Não recebo subsídio de alimentação devido a comer no local de trabalho . Obrigada

    Responder
  2. Trabalho numa senhora que faz contabilidades e ela paga-me a hora sobre o ordenado minimo nacional qual o valor que ela tem de me pagar a hora sem descontos?

    Responder
  3. Boa tarde gostaria de saber se é possível de um ordenado de 530€ ainda fazerem os descontos do mesmo , e receber 488€ com os descontos?
    É possivel?
    E o ordenado é o obrigatório ser actualizado,em vez dos 530€ receber 557€ ou terá de se esperar para que faça a renovação do contrato?
    Obrigada

    Responder
  4. Trabalho como engomadeira 8 horas sendo o meu ordenado 557€ ,tenho direito ao subsídio de almoço?? E será quanto??

    Responder
  5. Olá boa tarde
    Tenho familiar que desempenha funções numa Ipss
    Ordenado mínimo Nacional também se reflecte neste colaborador ?

    Responder
  6. Boa tarde eu trabalho num armazém ao fim do mês recebo agora com este aumento 495,76 com desconto o que não entendo é se dizem vamos receber o honrado mínimo esse valor não é o mínimo eu tenho que descontar ou tem que ser o empregador?
    Assim nunca recebemos o mínimo… Obrigada

    Responder
  7. Boa Noite;

    A minha Esposa, trabalha numa empresa, que lhe paga de ordenado base 530€, + 177€ de 5 diuturnidades.
    Gostaria de saber, se, o aumento do ordenado mínimo, ( para 557€) incide apenas sobre o vencimento base, ou … sobre o somatório do VENCIMENTO BASE + DIUTURNIDADES !…
    Peço uma resposta o mais breve possível e AGRADECENDO desde já a vossa atenção.

    Cumprimentos.

    António Machado,

    Responder
  8. O ordenado mínimo baseia-se no valor líquido ou no valor iliquido? Afinal, um trabalhador que receba o ordenado mínimo, quanto recebe no final de todas as contas e descontos feitos?
    Obrigado

    Responder
    • Boa noite recebo salário mínimo e quero saber qual o valor desconto para segurança social

  9. Boa noite estou numa empresa à 18 anos neste momento como caixeira especializada recebo 557 de ordenado e2.60€ por sub de alimentação será que esta correto?

    Responder
  10. Qual valor que devo receber ao final do mês tenho contrato de oito horas por dia,e acho que não esta correto.obrigado

    Responder
  11. Boa tarde gostaria de saber se a taxa social é paga pelo empregador, ou seja eu recebo 530 euros menos a taxa social unica, trago, então para cada 471 euros… É válido? Obrigada

    Responder
  12. Quero saber sendo eu empregado duma empresa quatro desconto do meu salário mínimo para a segurança social e RS quanto me fica oubrigada

    Responder