Renegociar dívidas de crédito pessoal e cartões

Renegociar dívidas de crédito pessoal e cartões

By | 2018-09-13T15:25:54+01:00 31/08/2015|Categories: Crédito Consolidado|Tags: |
Cartão de crédito

Durante 2013 e 2014, a cedência de crédito por parte das instituições bancárias atingiu mínimos históricos, como consequência do clima económico desfavorável. O crescimento do crédito mal parado e a necessidade que muitas famílias sentiram em renegociar dívidas de crédito pessoal e cartões, são fatores que obrigaram os bancos a adotar esta nova postura.

Em todo este processo, foram muitos os bancos que insistiram na renegociação das dívidas e na conversão de diversos produtos financeiros em crédito pessoal.

Transformação de Dívidas de Cartões de Crédito em Crédito Pessoal

Uma das formas de suavizar o peso de diversos créditos ao consumo consiste na transformação das dívidas associadas aos cartões de crédito em dívidas de crédito pessoal. A proposta de um plano de pagamentos mais suave é frequentemente acompanhada por um novo crédito pessoal que substituiu as diversas dívidas derivadas da utilização de cartões de crédito.

Simplificando, através desta nova abordagem de negociação de dívidas, o saldo associado ao cartão de crédito é convertido em crédito pessoal, o que concede às famílias um maior desafogo para enfrentar os seus problemas financeiros.

Porque É Que Este Sistema É Vantajoso?

Para os devedores, a grande vantagem desta forma de renegociação das dívidas dos cartões de crédito é a TAEG. Enquanto as taxas do crédito pessoal geralmente não ultrapassam os 15%, as taxas associadas a cartões de crédito podem facilmente chegar até 26%.

Em termos práticos, significa que ocorre uma redução apreciável da dívida, através da redução das taxas de juros.

Aspetos Negativos

A principal contrariedade deste sistema é a dificuldade que algumas pessoas podem sentir para controlar a utilização do cartão de crédito. É essencial que os cartões passem a ser utilizados de forma moderada e consciente, pois a sua utilização não irá permitir a amortização futura da dívida.

Apesar desta questão, a maioria dos especialistas considera que transformar as dívidas do cartão de crédito em crédito pessoal é uma ótima medida, pois permite que os devedores consigam cumprir com os seus compromissos.

Como Avançar Com Esta Solução

A primeira coisa que deve fazer é entrar em contato com o seu banco, por forma a transmitir a sua situação. Atualmente, os bancos estão mais preparados para lidar com situações de endividamento e a própria legislação prevê mecanismos de assistência e proteção para as famílias endividadas.

Depois de ter informado a sua instituição bancária relativamente à ideia de transmitir a sua dívida de cartão de crédito em crédito pessoal, deve preparar-se para avançar com um pedido de crédito pessoal (um passo fundamental neste processo).

Na posse de toda a documentação necessária, deve entrar em contacto com o banco e avançar com o pedido de crédito pessoal. Logo que o pedido for aceite, o dinheiro será utilizado para pagar a dívida associada ao cartão do crédito.

Fatores Que Podem Impedir A Aceitação Desta Proposta

Ainda que os bancos estejam hoje mais conscientes e sensíveis às dificuldades que as famílias sentem em pagar as suas dívidas, existem diversas situações que podem impedir a aprovação do crédito pessoal, tais como:

Agora que está ciente das vantagens e desvantagens de transformar a sua dívida de cartão de crédito em crédito pessoal, deve ponderar se deve ou não avançar para esta solução.

Veja também:

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2018-09-13T15:25:54+01:00 31/08/2015|Categories: Crédito Consolidado|Tags: |

About the Author:

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt

Leave A Comment