Perdi os documentos o que devo fazer?

A perda de documentos é uma situação que causa um grande aborrecimento, mas que infelizmente todos estamos sujeitos. Na realidade, quem nunca sentiu aquela pontada de desespero de não saber onde pousou a carteira?

Seja num momento de distração ou esquecimento, quando alguém perde os documentos, a maior parte não faz a mínima ideia de como proceder, ou o que deve ser feito para solucionar o problema.

Mas, saiba de antemão que existem algumas medidas de segurança básicas que devem ser seguidas nesses casos. Além disso, as mesmas evitam o aparecimento de um problema ainda maior, caso os pertences caiam nas mãos erradas.

De forma a esclarecer o assunto, o NValores resolveu desenvolver um artigo com dicas importantes que devem ser seguidas por quem passa por esse transtorno.

Perdi os documentos e agora? Veja as nossas dicas e saiba como proceder

Certamente já se viu numa situação em que não sabe onde deixou documentos importantes, como o cartão de cidadão, cartões de banco, ou até mesmo o passaporte. Na verdade, o mais provável é que não saiba onde colocou a carteira que tem dentro todos esses documentos.

Nestes momentos é importante seguir algumas medidas de segurança, e garantir que os seus documentos não sejam utilizados de forma fraudulenta por outras pessoas.

Veja de seguida as nossas dicas e saiba como agir em caso de perda de documentos.

1 – Registar um boletim de ocorrência

O primeiro passo é notificar a polícia do acontecimento, e lavrar um boletim de ocorrência.

No boletim de ocorrência fica registado, por uma autoridade oficial, que os documentos perdidos não se encontram na sua posse.

Assim, caso alguém venha a utilizá-los será muito mais simples comprovar que não é o responsável e tomar as providências adequadas.

2 – Notificar os órgãos de proteção ao crédito

É muito importante notificar os órgãos de proteção ao crédito. Porque, tal como mencionamos os seus documentos podem cair nas mãos de alguém mal-intencionado.

Caso alguém mal-intencionado utilize os seus dados para fazer compras, empréstimos ou outras transações, com a notificação aos órgãos de proteção ao crédito consegue manter os seus documentos livres de restrições.

Tenha em conta que irá precisar do boletim de ocorrência. Portanto é muito importante seguir o primeiro passo e apresentar queixa na polícia.

3 – Informe a instituição bancária

Assim como os órgãos de proteção ao crédito, o seu banco também precisa ser informado acerca da perda de documentos. Isso é especialmente importante se entre os documentos perdidos se encontram cartões bancários e talões de cheque.

É importante que este aviso seja feito o mais rápido possível, para que o banco faça o bloqueio dos documentos perdidos e providencie outras vias que possam ser utilizadas.

Uma dica de ouro é jamais manter as suas senhas pessoais junto com o cartão ou outros documentos. Dessa forma evita que terceiros tenham acesso aos seus dados no caso de perder a sua documentação.

4 – Solicitar a segunda via dos documentos

O próximo passo é solicitar a segunda via dos documentos que foram perdidos, sendo que o local da solicitação vai variar de acordo com a documentação que perdeu.

Em caso de cartões e cheques, o próprio banco fica responsável pelo envio da segunda via.

Documentos de identificação devem ser solicitados nos postos de emissão oficiais, de acordo com cada localidade.

Geralmente, para a emissão da segunda via de documentos são cobradas algumas taxas. Por isso poderá ser importante estar a par procedimento.

Um dos documentos que perdi é o passaporte! O que fazer?

Quando o documento perdido se trata do passaporte, o procedimento a ser seguido é exatamente o mesmo.

De início é necessário seguir os primeiros passos, como lavrar o boletim de ocorrência na polícia, bem como solicitar uma segunda via no órgão oficial responsável pela emissão.

Como evitar a perda de documentos?

Para evitar ter de passar por todo transtorno causado pela perda de documentos, existem algumas atitudes que podem evitar essa dor de cabeça.

Uma delas é carregar consigo somente os documentos necessários, como o Cartão de Cidadão e o cartão multibanco.

Cheques, certidões de casamento, carteira de trabalho, entre outros que não são utilizados com tanta frequência, não precisam andar sempre consigo.

Outra dica é separar uma pasta ou algum compartimento específico em casa para armazenar todos os seus documentos. Assim, evita que os mesmos fiquem espalhados e corra o risco de perdê-los ou não saber onde os colocou.

Agora que já sabe como proceder em caso de perda de documentos, esteja sempre atento e não deixe de seguir as nossas dicas de segurança.

Veja também: Lista de documentos necessários para pedir crédito pessoal

Autor:

Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt