Como explicar às crianças que o pai natal não traz prendas este ano

O natal está a chegar e com ele vem a época de maior felicidade entre as crianças, pois é a altura em que há imensas prendas debaixo da árvore para desembrulhar.

No entanto, devido à crise económica que se tem sentido nos últimos anos, existem muitas famílias cujo dinheiro mal chega ao final do mês e não permite de todo que nesta época as crianças tenham muitas prendas.

Assim é preciso saber, como explicar às crianças que o pai natal não traz prendas este ano?

Pois é, é isso que lhe vamos explicar hoje.

Como dizer às crianças que o pai natal não traz prendas este ano

Para as crianças, esta é uma época mágica, e são muitas aquelas que estão entusiasmadas com as prendas que pediram ao pai natal este ano. Assim sendo, pode não ser simples dizer-lhe que o pai natal não traz prendas este ano (ou pelo menos não traz muitas prendas).

Veja de seguida como poderá explicar-lhes esta situação.

1 – Ser sincero

Todos nós sabemos que a sinceridade é algo que deve ser sempre tida em conta. Assim sendo, não há nada melhor do que baixar as expectativas dos seus filhos para essa questão, dizendo-lhes a verdade.

As crianças com idades até aos 8 anos, ainda estão em fase de crescimento e os seus valores estão ainda a ser criados, por isso mesmo é importante que lhes diga sempre a verdade, pois dessa forma, esse valor vai ser mantido na sua mente e vai fazer com que quando forem adultos sejam também verdadeiros e sinceros.

E além de tudo, eles são bem mais espertos do que aquilo que pensa. Diga-lhe que o pai natal não traz prendas este ano porque o mundo está todo com problemas de dinheiro, e por isso ele tem que ser mais contido como todos os meninos e meninas (o que de certa forma é verdade).

Desta forma, eles vão perceber que este natal não vão ter nenhuma prenda extraordinária porque o pai natal não tem como pagar. Assim está a ensiná-los a poupar e a agradecer tudo o que receberem, pois sabem que será dado com esforço.

2 – Limite as prendas

Se não quer dizer ao seu filho que o pai natal não traz prendas este ano, pode simplesmente limitar o número de prendas que lhe vai oferecer.

Pode por exemplo dizer-lhe que vai receber uma prenda do pai e outra da mãe (isto se ele não acreditar no pai natal – se acreditar diga que o pai natal só pode dar uma prenda por cada menino), mas que ele deve escolher muito bem aquilo que quer de presente, pois não irá receber mais nada do que aquilo.

É importante que tenha em conta qual o seu orçamento, de forma a pedir aos seus filhos para escolherem algo que se encontre dentro do mesmo.

3 – Mantenha a tradição

Embora a troca de prendas seja uma tradição de natal (uma daquelas bastante consumista) para a maior parte das famílias, não é a única tradição que existe.

Deve ensinar ao seu filho, desde pequenino a importância do verdadeiro espírito de natal, e a importância da entre ajuda a quem mais precisa. Ensine-lhe o verdadeiro espírito natalício, e não aquele em que o mais importante do natal é dar e receber prendas.

Faça com eles a decoração da casa (podem até fazer as decorações com material reciclado de forma a fazerem coisas originais), os biscoitos decorados, conte-lhes histórias e faça-os perceber que o natal é muito mais do que comprar os brinquedos que eles querem.

Ajudem alguém em conjunto este natal. Vai ver que quando o seu filho for mais velho, são estas as tradições e valores que vai incutir nos seus próprios filhos.

4 – Faça voluntariado

Ao fazer voluntariado com os seus filhos, eles vão perceber que existem pessoas que estão em situações muito pior do que a sua. Uma alternativa pode ser passar uma tarde com as crianças que se encontram em casas de acolhimento ou em abrigos para crianças, e explicar-lhe depois, que aquelas crianças também não vão ter muitas prendas de natal porque não têm como as comprar.

Desta forma, além de “despertar” o seu filho para uma realidade que ele não conhece, vai fazer com que ele entenda que nem todas as crianças têm prendas no natal, e que existem coisas muito mais importantes do que isso.

Agora que já sabe como explicar às crianças que o pai natal não traz prendas este ano já não precisa de se preocupar. Sente-se com elas à mesa e tenha uma conversa séria. E não se esqueça, as crianças aguentam bem melhor do que aquilo que você pensa.

Não vai ser assim tão complicado e lembre-se sempre: a melhor prenda que pode dar a alguém é o seu tempo. O mesmo é precioso e deve ser dado a quem mais amamos.

Veja também:

 

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt