Negócios Low Cost

A necessidade de refrear os gastos está na origem de muitos negócios. Percebendo que é necessário adoptar a lógica dos investimentos a cada período é mais fácil alcançar sucesso. Os negócios low cost são negócios orientados para quem pretende poupar.

Os negócios que incorporam a lógica low cost permitem que uma parte muito significativa da população possa continuar a consumir, beneficiando de preços mais competitivos.

Mas tome atenção, neste artigo não nos referimos a investimentos de baixo custo, mas sim a modelos de negócio que têm no baixo preço e nas condições competitivas a sua principal vantagem.

1. Exemplos de negócios low cost

É possível lançar negócios com o conceito low cost em inúmeras áreas: restauração, perfumaria, bijuteria, roupas, tecnologia, etc. A verdade é que as pessoas adoram preços baratos, principalmente quando a relação custo-benefício é atrativa.

Conseguir oferecer um serviço ou produto de alguma qualidade por um preço acessível é a chave do sucesso, qualquer que seja o negócio low cost. Em seguida, deixamos alguns exemplos de possíveis negócios direcionados sobretudo os clientes que procuram bons preços:

1.1. Restaurantes baratos

Principalmente nas cidades estão a surgir diversos restaurantes low cost. A maior parte destes restaurantes esforça-se por manter um nível razoável de qualidade e pratica preços bastante abaixo do que é comum nas zonas em que estão inseridos. O resultado é fácil de adivinhar: salas bem compostas e clientes fidelizados.

1.2. Alojamento low-cost

Os hostels têm surgido como cogumelos nos centros históricos das principais cidades portuguesas, mas continua a existir muito espaço para aplicar este conceito, já que o nível de turismo em Portugal continua a crescer fortemente, ano após ano.

1.3. Roupa barata

Esta é uma área mais difícil de entrar, já que a concorrência por parte de grandes cadeias é enorme. Mas se tiver uma boa ideia e principal se encontrar um nicho muito específico, pode conseguir impor-se.

1.4. Bijuteria

Artigos de bijuteria originais, com qualidade e a um preço atrativo sempre foram um ótimo negócio e essa realidade não mudou.

1.5. Perfumes

É uma área que começa a estar saturada, mas em localidades onde ainda não existe uma perfumaria low cost, este conceito pode ser uma excelente aposta.

Estes 5 exemplos de negócios low cost servem apenas para demonstrar algumas possibilidades. Como referimos no início do artigo, o essencial neste tipo de negócio é oferecer um produto ou serviço que acrescente valor e que tenha um custo muito atrativo. Se o conseguir fazer, estará muito perto de alcançar o sucesso.

Veja A Nossa Sugestão

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt

  1. Agostinho Matos on 27 Jan 2017:

    No caso de desejar abrir um hostel, que tipo de licenças são precisas e condições exigidas?

    Reply to Agostinho Matos