Delicie-se com as 8 melhores receitas de natal para 2016

Delicie-se com as 8 melhores receitas de natal para 2016

By | 2017-11-23T07:05:04+00:00 12/12/2016|Categories: Dicas Úteis|Tags: |

O natal está a chegar, e com ele vem toda a azáfama das compras de natal, preparar a ceia, aproveitar todas as promoções para que o natal não seja assim tão dispendioso como por norma é.

Assim sendo, a pensar em si, e em todas as preocupações que já tem, o NValores resolveu criar este pequeno guia de cozinha, e deixar-lhe as 8 melhores receitas de natal. Desta forma, basta a ceder a esta página quando se colocar de volta dos tachos, ou pode optar por imprimir de forma a facilitar ainda mais o seu trabalho.

Desde doces à ceia, estas receitas de natal vão fazer sucesso no dia 24 e 25 de dezembro.

Aproveite.

Melhores receitas de Natal

De norte a sul do país, as tradições gastronómicas vão variando. Enquanto no norte é comum a confeção de cabrito, no Alentejo o mais comum é o peru recheado e no sul faz-se imenso a famosa roupa velha (no dia de natal com as sobras da consoada). No entanto, de norte a sul também são milhares de famílias que não dispensam o famoso bacalhau da consoada.

Conheça as melhores receitas de natal de seguida.

1 – As melhores receitas de natal para a sua ceia

1.1 – Cabrito Assado (receita para 6 pessoas)

Ingredientes necessários:

  • Cabrito limpo (cerca de 2Kg)
  • 2 Kg de batata pequena
  • 500g de castanhas
  • 500g de cebolinhas
  • 300g de cogumelos
  • ½ Cebola
  • 7 Dentes de alho
  • 2 Folhas de louro
  • 1 Copo de vinho branco
  • Colorau q.b.
  • Sal e pimenta preta q.b.

Preparação

1 – Depois de limpar o cabrito e retirar-lhe todas as vísceras, cortar em pedaços e coloque-os numa assadeira;

2 – Juntar a cebola, os alhos picados, o vinho, o louro, o colorau, o sal e pimenta q.b.;

3 – Deixar repousar durante cerca de 8h;

4 – Depois Junte ao cabrito as batatas descascadas e as cebolinhas e leve ao forno;

5 – À parte, lavar as castanhas, fazer-lhes um golpe e cozê-las em água temperada com sal. Depois de cozidas deve descascar as castanhas enquanto ainda estão quentes (pois são mais simples de descascar);

6 – Quando o cabrito estiver quase pronto, junte as castanhas cozidas ao preparado.

Depois de assado deve ser servido quente (só desta forma pode aproveitar o que uma das melhores receitas de natal tem para lhe oferecer).

1.2 – Perú Recheado

Ingredientes necessários:

  • 1 Peru (cerca de 3,5Kg)
  • 1 Limão (rodelas)
  • 1 Laranja (rodelas)
  • 1 Colher de sopa de banha
  • 1 Colher de sopa de colorau
  • 150g de chouriço ou linguiça
  • Sal e pimenta q.b.

Recheio (peito):

  • 1 Pão (miolo)
  • 120g de chouriço de carne
  • 100g de toucinho entremeado
  • 250g de carne de vaca
  • 250g de carne de porco
  • 50g de azeitona preta
  • 1 Cebola média/grande picada
  • 1 Colher de sopa de salsa picada
  • 2 Colheres de sopa de manteiga
  • 1 Limão (raspa)
  • Sal e pimenta q.b.

Recheio (corpo):

  • Miúdos de peru picados
  • 50g de azeitona preta picadas
  • 4 Batatas médias
  • 2 Gemas de ovos
  • 1 Cebola média
  • 1 Colher de sopa de salsa picada
  • 2 Colheres de sopa de manteiga
  • Sal, pimenta e noz moscada q.b.

Preparação

1 – No dia anterior, colocar o peru num recipiente com água, sal, as rodelas de limão e de laranja;

2 – Preparar o recheio do peito, picando a carne de porco, a de vaca e o chouriço de carne. À mistura de carnes picadas juntar o miolo de pão, previamente amolecido em água, as azeitonas, a salsa e a cebola;

3 – Refogar o preparado anterior numa frigideira com a manteiga, o sal, a pimenta e as raspas de limão;

4 – Para preparar o recheio do corpo, cozer as batatas com pele e, no fim, retirar a pele e esmagar até obter um puré. Adicionar ao puré 1 colher de manteiga e as gemas;

5 – Numa frigideira fazer um refogado com a manteiga e a cebola e juntar os miúdos de peru. Juntar o puré de batata. Adicionar a salsa e as azeitonas. Temperar com sal, pimenta e noz moscada;

6 – Rechear o peru e coser ambas as aberturas com linha grossa. Untar a superfície com pasta à base de manteiga, toucinho, linguiça/chouriço, colorau, sal e pimenta.

7 – Assar em forno médio, regando frequentemente com vinho branco e/ou molho do próprio assado.

8 – Assim que o peru estiver dourado, retirar do forno e colocá-lo num local frio, para que a sua pele fique estaladiça (chama-se a isto “constipar” o peru);

9 – Colocar novamente no forno para finalizar a cozedura.

No fim, pode acompanhar com legumes cozidos (ou com qualquer outro acompanhamento que ache que combina com esta que é uma das melhores receitas de natal).

1.3 – Roupa Velha (para 5 pessoas)

Ingredientes

  • 300g de bacalhau
  • 200g de couve penca
  • 500g de batatas
  • 4 Cenouras
  • 1 Cebola
  • 3 Ovos
  • 6 Dentes de alho
  • 1 dl de azeite

1 – Cortar aos bocados o bacalhau, a couve penca, as batatas e as cenouras, já cozidos no dia anterior (sobras da consoada);

2 – Cozer os ovos e cortá-los às rodelas. Reserve algumas rodelas para enfeitar a travessa.

3 – Picar os dentes de alho e alourá-los em azeite.

4 – Junte a este preparado os restantes ingredientes, mexa e deixe aquecer até estar bem quente. Servir de imediato numa travessa.

1.4 – Bacalhau da consoada (para 5 pessoas)

Ingredientes

  • 5 Postas grossas de bacalhau demolhado
  • 2Kg de Batatas
  • 2 Couves pencas (couve portuguesa)
  • 5 Ovos
  • 4 Dentes de alho
  • 3 dl azeite
  • Sal e vinagre q.b.

Preparação

1 – Cozem-se as batatas, previamente lavadas e com pele, ou descascadas e cortadas a meio;

2 – Lavam-se as couves pencas, separando as suas folhas;

3 – Cozer as postas de bacalhau juntamente com as pencas (ambos colocados só quando a água estiver a ferver) e à parte cozem-se os ovos;

4 – Prepara-se o molho, levando ao lume o azeite e os alhos, abertos ao meio ou esmagados, quando levantarem fervura, retirar do lume e juntar um pouco de vinagre. Manter quente;

5 – Quando tudo estiver cozido, descascar os ovos, pelar as batatas (se for esse o caso), e dispor todos os ingredientes numa travessa. Coloca-se o molho na molheira e serve-se quente.

2 – As melhores receitas de natal para sobremesas

2.1 – Azevias de grão ou batata doce

Ingredientes

  • 500 gr de farinha
  • 100 gr de banha
  • 25 gr de manteiga
  • 5 gr de sal
  • Cerca de 3 dl de água

Para o recheio:

  • 500 gr de puré de batata-doce (ou grão)
  • 300 gr de açúcar
  • 1 pau de canela
  • Casca de limão q.b.

Preparação da massa

1 – Comece por misturar a farinha, o sal e as gorduras dentro de uma tigela;

2 – Trabalhe a mistura até ficar areada;

3 – Adicione água aos poucos. Amasse até ficar uma massa elástica, enxuta e lisa;

4 – Cubra com um plástico e deixe descansar pelo menos uma hora;

Preparação do recheio

1 – Coza as batatas (ou o grão) com pele;

2 – Descasque-as e faça em puré;

3 – Adicione ao puré o açúcar, o pau-de-canela e a casca de limão. Depois leve a cozer em lume brando, sem deixar de mexer, até engrossar.

4 – Deixe arrefecer.

Preparação das azevias

1 – Estenda a massa com o auxílio de um rolo, até à espessura de dois milímetros;

2 – Corte círculos de dez centímetros de diâmetro. Coloque uma colherada de recheio no centro e dobre em forma de meia-lua;

3 – Frite em óleo a ferver (cerca de 160 graus);

4 – Coloque num prato para servir.

Dica: O recheio pode ser confecionado na época da batata-doce e congelado para se utilizar no Natal.

2.2 – Sonhos de cenoura

Ingredientes

  • 200 gr de açúcar em pó
  • 1 kg de puré de cenoura
  • 200 gr de farinha de trigo
  • 30 gr de fermento de padeiro
  • 3 ovos
  • 4 gemas
  • Raspa de 1 laranja
  • 1 colher de chá de canela
  • Óleo e açúcar q.b.

Preparação

1 – Misture o açúcar em pó com o puré de cenoura, acrescente a farinha peneirada e envolva bem;

2 – Dissolva o fermento de padeiro num pouco de água morna e adicione ao preparado anterior, seguido dos ovos, as gemas, a raspa de laranja e, por fim a canela;

3 – Tape com um pano e deixe repousar até dobrar de volume;

4 – Aqueça o óleo numa frigideira e frite colheradas do preparado, virando-os até ficarem uniformemente dourados.

5 – Retire com o auxílio de uma escumadeira e escorra sobre papel absorvente.

6 – Passe depois por açúcar e sirva.

2.3 – Lampreia de Ovos

Ingredientes

  • Para os fios de ovos:
  • 60 gemas
  • 5 claras
  • 1 kg de açúcar

Para os ovos moles

  • 175 grs de açúcar
  • 12 gemas
  • 1 clara

Para a espécie

  • 250 grs de amêndoas
  • Açúcar para caramelo
  • Glacê de açúcar branco

Preparação

1 – Preparam-se 3 dúzias de ovos em fio e 2 dúzias em trouxas. Estas não se enrolam;

2 – Fazem-se os ovos-moles com os ingredientes citados e juntam-se-lhes as amêndoas peladas e finamente raladas;

3 – Leva-se esta espécie ao lume brando para engrossar;

4 – Para armar a lampreia: dispõe-se uma terça parte dos fios de ovos no prato de serviço, dando-lhes a forma de lampreia; por cima deita-se a espécie de ovos-moles e amêndoa e cobre-se esta com mais fios de ovos;

5 – Dispõem-se as «capas» das trouxas sobre o conjunto anterior, sobrepondo-as e moldando-as, de modo a ficar com o feitio da lampreia (embora bastante menos comprida). A cabeça deverá ter muito mais volume do que a cauda;

6 – Faz-se um pouco de caramelo escuro (mas sem queimar, pois amarga) que se deita sobre parte do corpo da lampreia e, depois, com a glacê de açúcar branco desenham-se os olhos, a boca e «escamas» na ponta da cauda;

7 – Colocam-se cerejas cristalizadas nos olhos e um pouco de cidrão a simular a língua;

8 – Contorna-se toda a lampreia com fios de ovos.

Dica: O açúcar, caramelo e a glacê só se aplicam no dia em que a lampreia será comida, pois em contacto com a calda das trouxas, têm tendência para derreter (salientamos que esta embora seja uma das melhores receitas de natal, acaba por ser bastante trabalhosa de fazer e fica um pouco dispendiosa).

2.4 – Filhoses de abóbora

Ingredientes

  • 1 kg de abóbora-menina
  • 1,25 kg de farinha de trigo
  • 50 gr de fermento de padeiro
  • 1 cálice de aguardente
  • Azeite (q.b.) para fritar
  • Canela (q.b.)
  • Açúcar (q.b.)

Preparação

1 – Descasque a abóbora, retire-lhe as sementes e corte-a em cubos regulares.

2 – Coloque a abóbora a cozer. Quando esta estiver cozida, retire-a da água, escorra-a muito bem e deixe-a arrefecer ligeiramente.

3 – Misture-a com a farinha num alguidar e amasse tudo muito bem em conjunto.

4 – Dilua o fermento num pouco de água da cozedura da abóbora. Junte o fermento diluído e a aguardente à massa, trabalhando-a muito bem. Depois de bem amassada, deixe levedar dentro do alguidar, tapada com um cobertor de lã em local morno e sem correntes de ar.

5 – Quando a massa estiver bem lêveda, coloque ao lume uma frigideira com azeite, o qual deve ficar bem quente, e comece a fritar, deitando a massa com a ajuda de duas colheres.

6 – Depois de fritas, passe as filhós por uma mistura de canela e açúcar.

Dica: Também se pode regar as filhós com mel, depois de fritas, em vez de as envolver na mistura de canela e açúcar.

Agora que já conhece as 8 melhores receitas de natal, não há desculpa para não ter uma consoada com o que de melhor se faz em Portugal. Aproveite estes dias para comer sem ter de se preocupar com a dieta. Quando o ano novo começar, lá volta à forma.

Veja também:

 

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2017-11-23T07:05:04+00:00 12/12/2016|Categories: Dicas Úteis|Tags: |

About the Author:

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt

Leave A Comment