Melhor banco para crédito à habitação atualmente

Na altura de pedir empréstimo para comprar uma casa é imprescindível que se faça uma análise abrangente às diferentes opções disponíveis no mercado, para que se possa saber qual é o melhor banco para crédito à habitação atualmente.

Apesar de ser possível realizar simulações de crédito à habitação online, não é verdadeiramente exequível tirarem-se conclusões finais sem antes negociar diretamente com os bancos.

De qualquer forma, as simulações são sempre um bom ponto de partida, já que permitem ter uma ideia de qual é a entidade que está de momento a oferecer melhores condições.

O NValores apresenta um simulador que mostra qual é o melhor banco para uma necessidade específica, exibindo o spread, e a taxa anual efetiva (TAE).

Exemplo de simulação para encontrar o melhor crédito habitação

Para demonstrar como pode utilizar o simulador da Deco para encontrar o melhor banco para crédito à habitação atualmente, preparámos um exemplo.

Vamos partir do princípio que pretendemos um empréstimo no valor de 100 mil euros para adquirir um imóvel avaliado em 125 mil euros, com prestação a pagar em 40 anos e com taxa Euribor a 6 meses.

Depois de introduzirmos todos estes valores no simulador da Deco, apenas temos que clicar no botão “Calcular”. Os resultados surgem quase de imediato e podem ser organizados por “Banco”, “Prestação Mensal”, “Spread” e “Taxa Anual Efetiva“.

A forma mais rápida de apurar qual é o banco que está a oferecer as melhores condições na simulação é através do ordenado pela taxa efetiva. O banco que apresentar o crédito à habitação com a taxa efetiva mais baixa é aquele que oferece o melhor crédito.

Resultado da simulação

Na simulação que realizámos, o crédito à habitação mais competitivo da atualidade é do da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo. Com spread de 3,05% e uma prestação mensal de 368,17€, este banco é a alguma distância o mais barato da simulação.

Contudo, tenha atenção já que a simulação não traduz o custo total do empréstimo, já que não incluiu as despesas associados a todo o processo.Também é importante referir que estas simulações são meramente indicativas, já que é sempre essencial contactar o banco de forma direta e negociar as condições do empréstimo. Começar pelo banco do qual se é cliente é sempre um bom ponto de partida.

Veja também:

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt