Como sair da lista negra do banco de Portugal

Lista de nomes

No imaginário da maioria dos portugueses, a lista negra do Banco de Portugal é algo extremamente sombrio e negativo, mas a verdade é que são poucas as pessoas que realmente sabem o que é e como funciona esta lista.

Na verdade, não existe realmente algo intitulado de lista negra do Banco de Portugal. O que existe é a base de dados do Banco de Portugal, que tem a designação Central de Responsabilidades de Crédito (CRC), e que desempenha um papel de grande importância na regulação do sector dos créditos e empréstimos.

Ser devedor significa entrar para a lista negra por incumprimento no Banco de Portugal. E, isso pode ocasionar alguns entraves, especialmente para quem está à procura de um novo crédito no mercado financeiro.

Mas, muitas pessoas não fazem sequer ideia de que se encontram nessa lista de devedores. Mas, contrariamente ao que possa pensar, é bastante simples fazer essa verificação.

E, são também muitas as pessoas que sabem que estão nessa lista e querem saber quais os passos a dar para sair da mesma.

Pensando em esclarecer mais sobre o assunto, o NValores elaborou este artigo com todas as informações que precisa conhecer.

Continue a ler e saiba como sair da lista negra do banco de Portugal.

Lista Negra do Banco de Portugal

Primeiramente, é importante esclarecer que o fato de ter o seu nome no Banco de Portugal, não significa necessariamente que tenha qualquer tipo de problema financeiro.

Isso porque a Central de Responsabilidade de Crédito, tem os registos de todos os contribuintes (pessoas e empresas) que tenham empréstimos acima de 50€.

Além disso, mesmo que já tenha liquidado o seu crédito, se tiver por exemplo um cartão de crédito o mesmo irá manter-se na CRC como crédito em potencial. Ou seja, não está a ser utilizado, contudo, poderá sê-lo.

Portanto, ter o nome na Central de Responsabilidade de Crédito, não significa estar necessariamente na lista negra.

Então como se certificar se está ou não nessa lista? Veja a seguir.

Como consultar a Central de Responsabilidades de Crédito (CRC)?

A Central de Responsabilidades de Crédito não existe apenas para listar os casos de incumprimento de crédito, mas sim para formar uma base de dados de todos os créditos que cada português tem em seu nome.

A Central de Responsabilidades de Crédito (CRC) lista todos os clientes particulares e empresas que tenham contraído um crédito junto de qualquer instituição financeira.

Por outras palavras, qualquer pessoa que tenha contraído um empréstimo num montante superior a 50 euros, ou até que tenha um crédito potencial – por exemplo, o montante disponível mas não utilizado no cartão de crédito, estará listada na base de dados da CRC.

Mesmo uma pessoa que não tenha créditos, mas que tenha sido fiadora de alguém, terá o seu nome nesta lista. A CRC lista o nome de todas as pessoas que contraíram algum tipo de crédito, o montante das suas responsabilidades, a situação do crédito, o prazo residual, etc.

Assim, podemos ver que a base de dados do Banco de Portugal é composta quer por informação positiva, quer por informação negativa. A CRC não serve apenas para verificar quando uma pessoa se encontra em situação de incumprimento, mas permite também saber que um determinado cliente cumpriu sempre de forma escrupulosa com as suas obrigações de crédito.

Mensalmente, todas as instituições financeiras enviam as informações sobre as responsabilidades de crédito, por forma a apurar a capacidade de endividamento de cada cliente.

Veja como: Obter o mapa de responsabilidades de crédito

Se quer verificar se está ou não com o seu nome na lista negra do Banco de Portugal, é possível fazer uma consulta na Central de Responsabilidades de Crédito através do site do Banco de Portugal.

  • Aceda à página da CRC, no site do Banco de Portugal
  • Selecione o período temporal desejado (o período temporal máximo da consulta é de 5 anos)
  • Após a seleção aceite os termos de acesso e carregue em “autenticar e obter mapa”

Na nova página, deverá fazer a autenticação com o cartão de cidadão (o que requer leitor de cartões, software adequado e pin de autenticação) ou com o número de contribuinte e senha de acesso ao Portal das Finanças.

O sistema gera um documento em formato PDF, que é descarregado automaticamente para o seu computador.

Como ler o mapa de responsabilidades do Banco de Portugal

Ler o mapa de responsabilidades gerado através do site da CRC não tem segredo e não precisa ser uma valente dor de cabeça. Basta observar as nomenclaturas referentes aos créditos que aparecem listados no seu mapa.

Veja a seguir as nomenclaturas que podem aparecer no mapa de responsabilidades:

  • Potencial – Significa que possui um crédito disponível, e que não está a utilizar no momento, como um cartão de crédito, por exemplo
  • Regular – Significa que está a cumprir religiosamente com o pagamento dos seus créditos
  • Vencido – Significa que está em incumprimento com pelo menos uma prestação
  • Renegociado – Significa que o valor que estava em incumprimentos foi renegociado com a entidade financeira
  • Abatido ao Ativo – Quando já houve renegociação da dívida, porém o cliente não tem como liquidar o valor
  • Vencido em litígio judicial – Significa que o incumprimento está a ser resolvido em instâncias judiciais

Caso o seu nome conste na CRC, como estando em situação de incumprimento, irá ter dificuldade em contrair novos créditos. A lista negra do Banco de Portugal é basicamente a lista de todas as pessoas que estão em situação de incumprimento, no que diz respeito às suas obrigações de crédito.

Mas afinal, como sair da lista negra do Banco de Portugal?

Agora que já sabe como consultar e interpretar o mapa de responsabilidades de crédito, é hora de se informar sobre como sair da lista negra do Banco de Portugal.

Para fazer com que o seu nome seja retirado da lista negra do Banco de Portugal, precisa de terminar com a situação de incumprimento que fez com que o seu nome lá fosse colocado.

Simplificando, é necessário regularizar a situação de crédito já vencido que deu origem ao problema.

Existem 3 alternativas para quem deseja tirar o seu nome da lista. Se quer saber quais são, continue a ler.

1 – Através da regularização da dívida

Essa é a primeira alternativa para quem deseja sair da lista negra. Ou seja, ao fazer o pagamento do crédito em atraso e irá deixar de constar como devedor.

2 – Através da renegociação da dívida

A verdade é que devido à conjetura portuguesa muitas pessoas não têm condições de liquidar a dívida, e necessitam renegociá-la com a instituição financeira.

A renegociação pode envolver a adoção de termos mais flexíveis para o pagamento, por exemplo. E, quando o processo seguir em frente, irá de deixar de constar como devedor na CRC.

3 – Através do pedido de insolvência

O pedido de insolvência é a última alternativa, e a mais complexa de todas, já que envolve a criação de um plano de pagamento num período determinado pelo banco.

O nosso conselho é que evite a todo o custo realizar um pedido de insolvência. Isso porque, irá ter consequências na sua estabilidade financeira por vários anos.

Após a resolução do problema, a entidade com quem está em dívida irá comunicar ao Banco de Portugal que a situação se encontra regularizada e assim, o seu nome deixará de constar como incumpridor.

Uma vez que a informação relativamente ao estado dos créditos é transmitida ao Banco de Portugal mensalmente, após a regularização da situação, bastará esperar pelo próximo mês, para que o seu nome deixe de fazer parte da temida lista negra do Banco de Portugal.

Caso não tenha possibilidade de pagar o valor em dívida na sua totalidade, pode tentar realizar um acordo com a instituição que é sua credora, por forma a flexibilizar o pagamento.

Depois de ser alcançado um acordo formal, o empréstimo deixará de ser considerado em incumprimento e passará para a categoria de crédito renegociado.

É claro que conseguir levar esta negociação a bom porto nem sempre é fácil, já que muitas instituições financeiras continuam a demonstrar uma grande inflexibilidade na hora de negociar. Contudo, não perde nada por tentar e talvez consiga surpreender-se pela positiva.

Outros motivos para entrar na lista negra

Além da situação de incumprimento de crédito, existem outras formas de entrar para a lista negra do banco de Portugal, como:

  • A emissão de um cheque sem provisão
  • Declaração de insolvência

É facilmente compreensível porque é que ambas as situações afetam negativamente o perfil de crédito.

Veja também: O que pode acontecer se não pagar um empréstimo?

Se faz parte da lista negra do Banco de Portugal não desespere. Consulte com calma o seu mapa de responsabilidades, e avalie qual das alternativas é mais viável para solucionar o seu problema.

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt

  1. Gio on 23 Abr 2018:

    Posso ter cartao de credito com um credito renegociado no mapa de responsabilidades do banco de portugal?

    Reply to Gio

  2. ACFerreira on 16 Jul 2017:

    Quantos anos pode estar o nome na lista negra pode se abrir uma conta no mesmo banco?esta divida tem mais dr vinte anos ja foi proscrita?

    Reply to ACFerreira

  3. Teresa Maia Almeida Neto Alves on 29 Jan 2017:

    Quero colocar uma questão e desde já agradeço esta oportunidade. Em Nov. de 2015, fui notificada pelo Banif, relativamente ao incumprimento de uma Hipoteca de Credito Habitação, na qual me encontro na qualidade de Fiadora/Avalista. Desde o mês de Dez. de 2015, passei a depositar mensalmente e sem interrupção, as verbas indicadas por este banco. Actualmente este banco foi adquirido pelo Santander, assim como estas carteiras de Credito mal parado, porém e de acordo com a correspondência trocada com estas instituições, os meus depósitos não têm sido considerados e o actual Santander, atribui-me uma dívida de 10 meses, contra os meus 14 meses de pagamentos. Fiz já duas denúncias na forma de reclamação, cuja resposta formata, me remete para o recurso Judicial, alegando ainda que não encontra más práticas no banco em causa o Santander. Tenho, o meu nome na lista de devedores do BP e encontro-me impedida de renegociar ou obter novos créditos bancários, de modo a poder reorganizar a minha vida. Em relação à minha situação de Fiadora, ainda posso tentar efectuar o pagamento das duas prestações que havia em falta quando da primeira vez fui notificada, porém e mesmo assim, como vou conseguir provar que estarei em dia, se em 14 meses de depósitos nesta qualidade de fiadora, apenas 2, são reconhecidos? Muito Obrigada de novo.

    Reply to Teresa Maia Almeida Neto Alves

  4. PAULA FERREIRA on 27 Jan 2017:

    QUANDO FIZER O PAGAMENTO TOTAL DO MEU CRÉDITO EM DÍVIDA PODEREI QUANTO TEMPO TENHO QUE ESPERAR PARA CONTRAIR NOVO EMPRÉSTIMO E SAIR DA LISTA NEGRA.

    Reply to PAULA FERREIRA

  5. Carla on 12 Dez 2016:

    Caros,

    O meu nome consta na lista negra do banco de portugal, embora a situação esteja regularizada mensalmente, no entanto o meu marido viu um crédito ser recusado, eu pergunto o facto do meu nome constar de forma negativa nessa lista e o facto de sermos casados significa que o meu marido não pode solicitar um crédito? O nome dele está limpo não é justo

    Reply to Carla

  6. Filipe Pereira on 11 Out 2016:

    Boa noite, têm sido rejeitados vários pedidos de empréstimo por causa do meu mapa CRC. Mas além de um empréstimo que se encontra regular, tenho outro renegociado com o Santander, será justificação suficiente para a não atribuição do crédito?

    Reply to Filipe Pereira

    • Alice Dias on 26 Jan 2017:

      Boa noite,
      Tenho uma dúvida em relação ao mapa crc e à informação que surge como crédito potencial. Já tentei pedir o valor disponível/potencial e a entidade recusa porque recebe uma informação do banco de portugal que tal não é possível. Nunca estive em incumprimento com tal instituição ou outra qualquer, a situação está sempre regular. Podem explicar-me se realmente o banco de portugal impede a disponibilidade do valor, se é a instituição que não o quer disponibilizar. A instituição declara que houve algum incumprimento e que terei de esperar alguns meses, não sabe quantos para poder usufruir do montante. Tenho o crédito potencial, assim referenciado no mapa crc há quase dois anos.
      Desde já agradeço a atenção e gostava de ver esclarecidas as minhas dúvidas
      AD

      Reply to Alice Dias

  7. Anabela on 31 Mai 2016:

    Boa noite.
    Gostaria de saber se após liquidar o valor de 500€ de um plafon que nem sabia da existência de tal na minha conta ordenado fico com o meu nome limpo no banco de portugal? Obrigados.

    Reply to Anabela

    • M.S.D on 29 Mar 2017:

      Boa noite…se pagar uma divida e sair da lista negra posso fazer credito ou tenho que esperar?

      Reply to M.S.D

  8. luis silva on 22 Mar 2016:

    boa tarde, algum tempo atrás renegociei um credito que aparece agora como credito renegociado no mapa de responsabilidades,fico impossibilitado de aceder novamente a credito enquanto este não for liquidado?
    encontro me numa situação estável mas como actualmente sou sócio de uma empresa gostaria de saber se no futuro
    será impeditivo no caso da empresa ou eu pessoalmente querer aceder a credito,obrigado.

    Reply to luis silva

  9. António J.C. Caixeiro on 29 Fev 2016:

    Boa Noite, fui fiador de um familiar que não pagou o empréstimo que contraiu á CGD para aquisição de habitação. Por decisão judicial fiquei com uma penhora na reforma para liquidar a divida. O que devo fazer para que não conste na tal lista negra? tenho que liquidar a totalidade da divida ? há quase um ano que me é descontada a verba decidida judicialmente. e mantemse incumprimento? muito obrigado.

    Reply to António J.C. Caixeiro

  10. António Rodrigues on 31 Out 2015:

    Boas tive problemas com banco em 2010 a derivado a um crédito pessoal que não foi pago sera que ainda faço pate da lista negra do banco de Portugal.

    Reply to António Rodrigues

    • maria edite ribeiro almeida ferreira on 18 Jan 2017:

      em tempos fiz parte da lista negra no banco Portugal por tentar ajudar um familiar. Tive que pagar tudo. Mais tarde tentei fazer uma compra a pagtºs mensais e o que me deram entender é que não podia por causa de qualquer coisa que existia no banco Portugal. A minha pergunta é a seguinte: Gostava que me informassem se tenho algum assunto pendente e que não saiba.
      cumprimentos.
      edite

      Reply to maria edite ribeiro almeida ferreira

  11. Adelino costa on 28 Mar 2015:

    sou o Adelino costa , a minha companheira está a pagar uma casa a caixa geral de depósitos á 10 anos quando aínda era casada e se divorciou a casa foi vendida em leilão e ela continua a pagar em média 250 euros mês e chega a pagar quando tem férias e subsídio de Natal 550 euros nesses meses já pagou no total mais de 20.000 euros ela devia ao banco 50.000 euros a casa foi vendida em leilão nem sei o valor da dívida depois do leilão o estado não a está a roubar pois a CGD pertence ao estado , gostaria que alguém me dissesse se isto é legal ou não ,

    Reply to Adelino costa

  12. GI on 05 Jan 2015:

    gostaria de saber o que quer dizer no mapa de responsabilidades na parte Situação de credito por baixo ta escrito potencial. o que quer dizer?

    Reply to GI

  13. belchior on 24 Nov 2014:

    Eu fiquei insolvente da divida da minha casa por causa do meu divorcio , gostava de saber se tem como fazer um pequeno credito para comprar um carrinho .

    Reply to belchior

    • Ricardo Rodrigues on 06 Mar 2015:

      Uma vez que se encontra numa situação de insolvência e no âmbito do crédito responsável, não recomendamos que tente contratualizar novos créditos, sem que antes regularize o estado das suas finanças pessoais.

      Reply to Ricardo Rodrigues

  14. nelson on 17 Jan 2014:

    Boa tarde devido a um proçesso divorcio fiquei com uma penhora de ordenado de um credito da cetelem que ainda nao deu entrada mas e para dar

    Reply to nelson