IRS Sem Custo: Ajuda para validar faturas no e-fatura

IRS Sem Custo é um guia/apoio da DECO com várias perguntas e respostas e que está destinada a ajudar o contribuinte na validação das faturas de 2015 que vão ser utilizadas para o preenchimento automático da declaração de IRS de 2016. Este guia não tem qualquer tipo de custo para o contribuinte e pode ser acessado em qualquer tipo de dispositivo.

De forma a conseguir dar uma resposta mais personalizada a cada contribuinte (independentemente de ser ou não associado) foi também criada uma linha de apoio telefónico, com pessoas altamente especializada para ajudá-lo nestas questões.

Para ter acesso ao guia, basta realizar a sua inscrição na página https://www.irssemcusto.pt e colocar as seguintes informações:

  • Nome;
  • Email;
  • Sexo;
  • Telefone

Após este registo prévio, irá receber um email com o código de registo para utilizar se precisar de contactar a DECO para esclarecimentos (deve usar se não for associado DECO, se for associado deve indicar o seu número de sócio), através dos números 808 200 148 ou 218 418 743. As linhas de apoio estão abertas todos os dias úteis das 9h às 13h e das 14h às 18h.

É importante salientar que tem apenas até dia 15 de fevereiro para validar todas as faturas que vão entrar para a declaração de IRS de 2016, pois após essa data já não e possível fazer esta validação.

Veja também: Como preencher o IRS passo a passo

Vantagens de utilizar o IRS Sem Custo da DECO

O guia de questões (perguntas e respostas) está bastante simples de compreender sendo por isso bastante útil (foi lançado hoje – dia 28/01/2016 e conta já com mais de 1800 inscritos).

Outra vantagem (talvez a principal) é o fato de poder solicitar ajuda a pessoas altamente especializadas de forma completamente gratuita, maximizando assim o reembolso (caso tenha de receber algum valor) ou diminuindo o valor a pagar.

Uma correta análise das suas faturas no portal e-fatura é bastante importante, pois uma grande parte das despesas de supermercado, por exemplo, necessita de ser validada para que sejam posteriormente imputadas automaticamente à sua declaração de IRS 2016.

A não validação das mesmas não incorre de qualquer coima, no entanto, pode fazer com que perca bastante dinheiro.

Aproveite para poupar no IRS 2016

Tendo em conta a conjuntura económica portuguesa, a ordem do dia continua a ser poupança e com a utilização deste guia/apoio consegue poupar uma vez que não precisa de recorrer a um contabilista ou qualquer tipo de especialista pago.

E é possível poupar com a validação das faturas, desde que se “dê ao trabalho” de perder um pouco de tempo a verificar o CAE (Código de Atividade Económica) e se o mesmo está aplicado ao tipo de despesa correspondente.

É importante que tenha em conta os novos prazos de entrega do IRS de forma a não ser apanhado desprevenido com as alterações que foram implementadas em 2016.

Pode também aproveitar mais dicas de poupança no nosso site.

Veja a nossa sugestão

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt

  1. Lucinda MaRia da Silva Moreira on 13 Fev 2016:

    Bom dia, No e- facturas não está registada uma despesa do sindicato como posso fazer , ou seja para que campo registo . Outra dúvida , aparece faturas pendentes , para dizer se tem receita , relativamente ao iva ser 23 por cento , o facto é que clico que sim e registo o valor . Entretanto vou verificar e está registada na saúde , mas continua nas despesas gerais e não consigo eliminar . Também pago renda , tenho que registar isso ou é a efetuar o O IRS em Março … Obrigada

    Reply to Lucinda MaRia da Silva Moreira