IAD ou ITP: Qual a melhor solução? - NValores

IAD ou ITP: Qual a melhor solução?

By | 2019-03-20T18:17:36+01:00 20/03/2019|Categories: Seguros|Tags: |
Opções do seguro de vida habitação

Se tem um crédito habitação, muito provavelmente as siglas IAD ou ITP não lhe são completamente indiferentes. As mesmas referem-se a dois tipos de seguros de vida distintos.

Embora uma pessoa possa contratar um seguro de vida em qualquer situação, a maior parte dos consumidores apenas o faz aquando da contratualização de um crédito habitação.

Assim, é essencial perceber qual é o tipo de seguro que mais se adequa ao seu perfil para que possa fazer uma escolha acertada.

Acredite que uma escolha correta deste seguro pode fazer toda a diferença no caso de haver imprevistos.

Mas, vamos explicar-lhe tudo de seguida.

Diferenças entre IAD e ITP

Antes mesmo de lhe explicarmos a diferença entre o IAD ou ITP é importante frisar que quando falamos de um seguro de vida, a cobertura de morte está sempre pré-definida no mesmo.

Assim, o que distingue estes dois tipos de seguros de vida são outras garantias.

O seguro de vida IAD refere-se a um seguro de Invalidez Absoluta e Definitiva. Já um seguro de vida ITP refere-se a um seguro de Invalidez Total e Permanente. Ao ler os nomes, provavelmente irá pensar que ambos são muito similares.

Descubra: Como poupar 60% no seguro de vida do crédito habitação?

E, na verdade até são. Contudo, as pequenas diferenças entre ambos, podem ter uma diferença significativa na sua vida. Por isso, explicamos-lhe de seguida como funciona cada um destes seguros de vida.

1 – Seguro de vida IAD

De forma simples o IAD pode ser acionado pelo segurado no caso de ocorrer um acidente, ou no caso de uma doença do qual resulte uma incapacidade total para exercer uma atividade remunerada.

O mesmo parte do pressuposto que a pessoa que se encontra incapacitada, acaba por estar dependente de uma terceira pessoa para todas as necessidades básicas. De entre este tipo de necessidade falamos de: comer, vestir-se, tratar da higiene pessoal…

Assim, estamos a falar de um grau de incapacidade igual ou superior a 80%. Por isso, para conseguir ter direito à indemnização da seguradora, o segurado tem de estar praticamente em estado “vegetativo”.

Frisamos ainda que esta é por norma a cobertura obrigatória exigida pelos bancos na atribuição de um crédito à habitação.

2 – Seguro de vida ITP

Quando falamos de um seguro de vida ITP o mesmo pode ser acionado sempre que haja um grau de invalidez igual ou superior a 60%.

Assim, o mesmo pode ser acionado se o segurado tiver sofrido um acidente ou sofrer de uma doença que o deixe incapacitado para a realização de uma atividade profissional lucrativa. Mas, não precisa estar totalmente inválido e dependente de terceiros.

Resumidamente, podemos dizer que entre o IAD ou ITP, este último é mais abrangente, uma vez que obriga a um grau de incapacidade menor para que possa ser acionado.

Qual é a opção que devo escolher? O IAD ou ITP?

Não lhe podemos dizer qual é que é efetivamente a melhor opção para si. Contudo, o que podemos frisar é que o IAD é o seguro mínimo obrigatório que tem de contratar.

O ITP é normalmente um seguro mais caro, uma vez que lhe confere uma proteção maior, uma vez que é mais abrangente.

Tenha ainda em conta que quanto mais novo for, menor vai ser o valor a pagar pelo seu seguro de vida. Isso acontece essencialmente porque pessoas mais jovens têm (à partida) um menor risco.

Assim, o seguro de vida com cobertura ITP é uma opção mais acertada uma vez que cobre muito mais situações do que o seguro IAD. Desse modo, se a sua principal preocupação é a sua família, nada mais importante do que se precaver.

A par disso, lembre-se sempre que um crédito habitação é um financiamento com uma duração que pode chegar aos 40 anos.

Assim, é um encargo para a vida. E, ninguém pode prever o que vai ocorrer até que consiga ter a sua casa totalmente paga.

Veja também: Quais são os seguros obrigatórios no crédito habitação?

Antes de optar pelo IAD ou ITP o nosso conselho é que peça ao banco que lhe forneça as duas apólices de forma a poder efetivamente ler com calma e proceder às devidas comparações.

Só assim vai realmente conseguir escolher qual a opção de seguro mais indicado para si e para as suas necessidades.

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2019-03-20T18:17:36+01:00 20/03/2019|Categories: Seguros|Tags: |

About the Author:

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt