IAD ou ITP: Qual a melhor solução?

Se tem um crédito habitação, muito provavelmente as siglas IAD ou ITP não lhe são completamente indiferentes. As mesmas referem-se a dois tipos de seguros de vida distintos.

Embora uma pessoa possa contratar um seguro de vida em qualquer situação, a maior parte dos consumidores apenas o faz aquando da contratualização de um crédito habitação.

Assim, é essencial perceber qual é o tipo de seguro que mais se adequa ao seu perfil para que possa fazer uma escolha acertada.

Acredite que uma escolha correta deste seguro pode fazer toda a diferença no caso de haver imprevistos.

Mas, vamos explicar-lhe tudo de seguida.

Diferenças entre IAD e ITP

Antes mesmo de lhe explicarmos a diferença entre o IAD ou ITP é importante frisar que quando falamos de um seguro de vida, a cobertura de morte está sempre pré-definida no mesmo.

Assim, o que distingue estes dois tipos de seguros de vida são outras garantias.

O seguro de vida IAD refere-se a um seguro de Invalidez Absoluta e Definitiva. Já um seguro de vida ITP refere-se a um seguro de Invalidez Total e Permanente. Ao ler os nomes, provavelmente irá pensar que ambos são muito similares.

Descubra: Como poupar 60% no seguro de vida do crédito habitação?

E, na verdade até são. Contudo, as pequenas diferenças entre ambos, podem ter uma diferença significativa na sua vida. Por isso, explicamos-lhe de seguida como funciona cada um destes seguros de vida.

1 – Seguro de vida IAD

De forma simples o IAD pode ser acionado pelo segurado no caso de ocorrer um acidente, ou no caso de uma doença do qual resulte uma incapacidade total para exercer uma atividade remunerada.

O mesmo parte do pressuposto que a pessoa que se encontra incapacitada, acaba por estar dependente de uma terceira pessoa para todas as necessidades básicas. De entre este tipo de necessidade falamos de: comer, vestir-se, tratar da higiene pessoal…

Assim, estamos a falar de um grau de incapacidade igual ou superior a 80%. Por isso, para conseguir ter direito à indemnização da seguradora, o segurado tem de estar praticamente em estado “vegetativo”.

Frisamos ainda que esta é por norma a cobertura obrigatória exigida pelos bancos na atribuição de um crédito à habitação.

2 – Seguro de vida ITP

Quando falamos de um seguro de vida ITP o mesmo pode ser acionado sempre que haja um grau de invalidez igual ou superior a 60%.

Assim, o mesmo pode ser acionado se o segurado tiver sofrido um acidente ou sofrer de uma doença que o deixe incapacitado para a realização de uma atividade profissional lucrativa. Mas, não precisa estar totalmente inválido e dependente de terceiros.

Resumidamente, podemos dizer que entre o IAD ou ITP, este último é mais abrangente, uma vez que obriga a um grau de incapacidade menor para que possa ser acionado.

Qual é a opção que devo escolher? O IAD ou ITP?

Não lhe podemos dizer qual é que é efetivamente a melhor opção para si. Contudo, o que podemos frisar é que o IAD é o seguro mínimo obrigatório que tem de contratar.

O ITP é normalmente um seguro mais caro, uma vez que lhe confere uma proteção maior, uma vez que é mais abrangente.

Tenha ainda em conta que quanto mais novo for, menor vai ser o valor a pagar pelo seu seguro de vida. Isso acontece essencialmente porque pessoas mais jovens têm (à partida) um menor risco.

Assim, o seguro de vida com cobertura ITP é uma opção mais acertada uma vez que cobre muito mais situações do que o seguro IAD. Desse modo, se a sua principal preocupação é a sua família, nada mais importante do que se precaver.

A par disso, lembre-se sempre que um crédito habitação é um financiamento com uma duração que pode chegar aos 40 anos.

Assim, é um encargo para a vida. E, ninguém pode prever o que vai ocorrer até que consiga ter a sua casa totalmente paga.

Veja também: Quais são os seguros obrigatórios no crédito habitação?

Antes de optar pelo IAD ou ITP o nosso conselho é que peça ao banco que lhe forneça as duas apólices de forma a poder efetivamente ler com calma e proceder às devidas comparações.

Só assim vai realmente conseguir escolher qual a opção de seguro mais indicado para si e para as suas necessidades.

Autor:

Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt