Início / Artigos / Banca / Crédito à Habitação / Financiamento de casas pré-fabricadas/modulares

Financiamento de casas pré-fabricadas/modulares

Fale com um consultor autorizado pelo Banco de Portugal e consiga o melhor Spread do mercado

Financiamento de casas pré-fabricadas/modulares

Fale com um consultor autorizado pelo Banco de Portugal e consiga o melhor Spread do mercado

Apesar de não ser uma alternativa nova, somente nos últimos anos tem ganho espaço no mercado imobiliário. Estamos a falar das casas pré-fabricadas, também chamadas de casas modulares.

Por não serem uma construção dita “tradicional”, são ainda muitas as dúvidas entre quem considera este tipo de imóvel uma alternativa para a aquisição da casa própria. As dúvidas intensificam-se ainda mais quando se fala do financiamento. Que, informamos desde já, não ser um processo simples.

Para esclarecer as principais questões acerca das casas modulares, e como conseguir financiamento para este tipo de construção, o NValores resolveu elaborar este guia completo. Vamos esclarecer todas as informações que precisa conhecer antes de dar este passo!

Financiamento de casas pré-fabricadas

O que são as casas pré-fabricadas e como conseguir financiamento?

Talvez o principal motivo pelo qual as casas modulares não se tornaram tão populares está relacionado com o receio das pessoas quanto à qualidade da construção.

Como o próprio nome indica, as casas pré-fabricadas são muito diferentes de construções convencionais. Invés de erguer o imóvel diretamente no terreno, as casas modulares são construídas em fábricas certificadas para tal.

A construção é feita em partes, ou módulos, que posteriormente são montados no terreno onde será erguido o imóvel. Num primeiro momento pode parecer estranho, e muitos acreditam que esse tipo de casa não possui uma estrutura tão sólida.

Entretanto, com o avanço das tecnologias, as casas modulares têm sido fabricadas com materiais de qualidade, o que garante a segurança e solidez da sua fundação.

Posso encomendar uma casa modular em qualquer tamanho?

Sim, é possível comprar uma casa modular de qualquer tamanho, desde os pequenos T0 até habitações T4 ou T5. Tudo vai depender do quanto pretende investir e das suas próprias necessidades e sonhos.

Geralmente as empresas que vendem este tipo de imóvel já têm diversos projetos prontos. Assim os interessados podem escolher o que mais se adequa às suas necessidades.

Outra curiosidade é que existem, inclusivamente, opções de casas fixas ou sobre rodas, que podem ser transportadas caso pretenda mudar-se. Como dá para perceber, as opções podem agradar a todos os gostos (e bolsos também).

Quais as principais vantagens em optar por casas modulares?

Sem dúvida que o custo reduzido é a principal vantagem deste modelo de casa. A construção através de módulos exige menos materiais para erguer a estrutura, o que acaba por diminuir consideravelmente o custo da obra.

O prazo das obras também é menor quando comparado com construções convencionais. Inclusive, há empresas que entregam o imóvel pronto em 90 dias. Certamente um excelente benefício para quem tem pressa em mudar-se.

Além disso, este modelo de casa apresenta um ótimo desempenho energético, uma vez que são utilizados materiais de isolamento com alta qualidade. E para quem procura uma construção mais ecológica, também é uma ótima opção.

Isso porque a maior parte das casas modulares são fabricadas com materiais sustentáveis (como é o caso da madeira ecológica). E isso reduz o impacto ambiental.

E as desvantagens?

Apesar das muitas vantagens que podemos listar, é verdade que optar pelas casas modulares pode apresentar alguns aspetos negativos.

O primeiro está relacionado aos custos de transporte, que pode ser um gasto considerável dependendo da distância entre a fábrica e o terreno. Daí ser importante escolher o fornecedor mais perto de si, não descurando obviamente da qualidade.

Aqueles que desejam um projeto totalmente personalizado também podem ter dificuldades com as casas pré-fabricadas, que apresentam menor versatilidade em termos de estilos e módulos disponíveis.

Por fim, há também uma maior dificuldade na obtenção de financiamento para a aquisição da casa modular. Mas, este tema vamos explorar melhor mais à frente.

O que considerar antes de comprar uma casa pré-fabricada?

Casa de madeira pré-fabricada

Apesar de envolver um processo um pouco diferente, a compra de uma casa modular deve ser feita com a mesma seriedade de uma casa convencional. Sobre os principais pontos a considerar antes da compra, é importante destacar:

1 – A escolha do fabricante

Escolher o fabricante é uma das etapas mais importantes do processo de compra, afinal, é quem vai garantir a qualidade do seu projeto de construção. Faça pesquisas, procure avaliações, e certifique-se da boa reputação da empresa.

Além disso, faça comparações de preços entre os projetos e perceba se o fabricante permite a personalização do mesmo. Tal como já referimos anteriormente, considere também a proximidade entre a fábrica e o terreno, para reduzir os custos de transporte.

2 – Sobre o projeto

É importante ter um contacto próximo com a empresa para alinhar questões relacionadas com o projeto da casa. Esteja atento aos detalhes tanto do interior quanto do exterior do imóvel.

É possível encontrar casas que se adequam aos mais variados estilos, como um design mais clássico, moderno, rústico ou urbano.

3 – Questões legais

Em termos legais, tal como na construção de uma habitação, é igualmente preciso apresentar um projeto de arquitetura à Câmara Municipal.

A Câmara concede-lhe um alvará de construção e, após a finalização das obras, vai obter uma licença de habitação. Esta licença deverá ser registada na Conservatória do Registo Predial.

Há algumas empresas que incluem as questões legais de licença e aprovação do projeto no orçamento. Vale a pena considerar a inclusão desse serviço no seu contrato para evitar problemas burocráticos e perda de tempo.

4 – Manutenção da casa

Inevitavelmente este tipo de construção exige uma atenção maior em termos de manutenção comparativamente às casas convencionais, especialmente se a construção for de madeira.

Nesse caso será preciso aplicar tratamentos específicos para que o material não seja danificado com as variações climáticas.

É importante obter o máximo de informações com o fabricante sobre as características da construção, e os cuidados a ter para preservar a durabilidade do imóvel.

5 –  Contratação de seguros

Por não ser um tipo de construção muito usual, a oferta de seguros de vida e seguros multirrisco para casas modulares também é escassa.

Isto acontece por causa dos materiais usados na construção das mesmas e o fato de poder ser um bem “amovível”, ou seja, deslocável.

Assim, terá de pesquisar no mercado as opções existentes e quais as exigências em termos de cobertura feitas pelo banco que está a financiar essa operação.

Existem financiamentos específicos para casas modulares?

Financiamento

Agora que já sabe um pouco mais sobre as particularidades das casas pré-fabricadas, chegou a altura de falar sobre o financiamento.

Apesar de ter um custo reduzido, valores que variam entre os 50 a 200 mil euros, a verdade é que dificilmente os compradores possuem o montante necessário. Daí a importância do financiamento.

Conforme mencionamos no início do artigo, as casas modulares, apesar de estarem a ganhar cada vez mais espaço no mercado, ainda não são muito populares. Isso reflete-se na oferta de financiamento específico para este modelo de habitação.

Ao fazer uma pesquisa rápida entre as principais instituições bancárias de Portugal, encontramos somente uma instituição que possui uma oferta, a Caixa Geral de Depósitos.

Sobre a oferta de financiamento da CGD

CGD

A Caixa Geral de Depósitos comercializa crédito habitação com a finalidade específica de financiar casas pré-fabricadas, que podem ser direcionadas para habitação permanente ou férias.

O montante mínimo de financiamento é de 5.000 euros, e o máximo varia entre 80% e 90% do valor total. Já em relação ao prazo máximo do empréstimo, este é de 25 anos desde que a idade máxima dos proponentes, no termo do empréstimo, não exceda os 80 anos.

Os clientes podem optar pela taxa fixa, mista, ou variável indexada à Euribor. A CGD exige ainda como garantia uma hipoteca sobre a habitação. Se subscrever produtos e serviços do banco, pode beneficiar de uma redução do spread.

Existem alternativas para conseguir esse tipo de financiamento?

Apesar de somente a Caixa Geral de Depósitos anunciar a oferta desse tipo específico de financiamento, essas soluções nem sempre são apresentadas diretamente nos canais das instituições bancárias.

De facto, existem algumas dificuldades no acesso ao crédito habitação para este tipo de produto em específico, principalmente pelo imóvel ser considerado “amovível”.

Contudo, uma vez que este é um setor em plena expansão no mercado português, já começam a surgir algumas soluções de financiamento para as casas pré-fabricadas.

O banco Santander, por exemplo, aparece como parceiro da empresa Discover Casa, permitindo o acesso ao seu crédito habitação para conceder o financiamento da casa modular.

E mesmo sem uma oferta específica, alguns bancos poderão conceder o financiamento através de um crédito à habitação tradicional. Ou até mesmo através de um crédito pessoal, porém, neste último caso, as taxas de juro serão mais elevadas.

Posso conseguir um financiamento de 100%?

Apesar de a única oferta bancária não financiar 100% da construção, existem alguns fabricantes de casas modulares que anunciam essa possibilidade.

Entretanto, é necessário que o consumidor esteja bastante atento a esse tipo de oferta. Verifique se a empresa está associada a alguma entidade financeira, e se esta tem uma boa reputação.

Conforme mencionamos, as particularidades deste tipo de imóvel criam entraves na aprovação do financiamento pelas instituições mais tradicionais. Portanto, é preciso estar atento se tais ofertas são credíveis.

Veja também: Crédito Habitação: 100% financiamento

Afinal, vale a pena optar por uma casa pré-fabricada?

A resposta para essa pergunta varia de caso para caso, mas a verdade é que os juros que incidem no crédito habitação estão cada vez menores.

Portanto, caso tenha de contratar um crédito pessoal para comprar uma casa modular, certamente não vale a pena. Em contrapartida, alguns fabricantes possibilitam o financiamento de 100%, portanto, vale a pena pesquisar.

Também é preciso ponderar as vantagens e desvantagens desse tipo de construção. Apesar de o custo reduzido ser um fator muito interessante, a verdade é que esse modelo de imóvel não agrada a todos.

Alguns dos principais fabricantes de casas pré-fabricadas em Portugal

Se após conhecer toda esta informação se interessou pelas casas modulares, conheça de seguida alguns dos principais fabricantes que atuam em Portugal:

  • ClickHouse: atua há mais de 10 anos no mercado imobiliário. Apresenta-se como uma empresa especialista na construção de casas modulares, e com um método construtivo próprio.
  • Casa Diff: Conta com mais de 25 anos de experiência no fabrico, transporte e montagem dos mais diversos tipos de casa. A empresa possui amplo “know-how”, tanto a nível nacional como internacional.
  • EvoHouse: pertence a um grupo com cerca de 25 anos no mercado nacional da construção civil. Tem como objetivo construir casas mais confortáveis e eficientes em termos energéticos.
  • Norges Hus: atua em Portugal desde 2017 e tem a sua origem na Estónia. É especializada no fabrico e montagem de casas de madeira pré-fabricadas em toda a Europa, com mais de uma década de experiência.
  • EGM Modular: com modelos de casas modulares em madeira maciça e em aço, a fábrica é especializada na venda de Bungalows em madeira maciça. Os modelos ficam prontos em apenas 90 dias independentemente do tipo de terreno (agrícola, florestal, etc.).
  • Fábrica das Casas: com projetos num conceito moderno de arquitetura e design, a Fábrica das Casas promete exclusividade tanto nos modelos das casas quanto ao método construtivo.
  • Jular Madeiras: fundada em 1973, a empresa iniciou a sua atividade nas áreas da promoção imobiliária, comércio de materiais de construção e na importação de madeiras de Angola. Atualmente é especializada no desenvolvimento e criação de casas pré-fabricadas em madeira.
  • Casas de Madeira: com 20 anos de experiência na produção de casas de madeira, a empresa prioriza a fabricação de qualidade e rapidez na entrega da construção, que possui o limite de 6 semanas.
  • DiscoverCasa: por fim, a Discovercasa conta com mais de 10 anos de experiência no fabrico e construção de casas de madeira e modulares. Preza sempre pela durabilidade, requinte, elevado conforto térmico e acústico, além da rápida construção.

As casas pré-fabricadas em Portugal ainda estão num mercado em expansão. Porém, aos poucos, têm ganho destaque e fazem frente às construções convencionais, especialmente pelos custos reduzidos.

As empresas direcionadas para este segmento investem cada vez mais na inovação em termos dos materiais utilizados no fabrico das casas. Isto tem um impacto extremamente positivo na qualidade das construções.

Para aqueles que desejam comprar a casa própria com um investimento menor, certamente vale a pena considerar esta opção. Pesquise entre os fabricantes, consulte possíveis condições de financiamento e escolha um projeto de acordo com as suas preferências!

Veja também:

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt