5 Exemplos de cartas de despedimento em word e pdf

5 Exemplos de cartas de despedimento em word e pdf

By | 2019-07-02T20:05:45+01:00 31/03/2015|Categories: Emprego|Tags: |

Se chegou ao momento de colocar termo à sua relação profissional, é importante que aprenda como escrever a carta de despedimento.

Informar a sua entidade profissional sobre a sua intenção de se despedir é algo deve ser feito de forma formal.

Se procurava exemplos de cartas de despedimento, chegou ao sítio certo.

Veja aqui: O novo comparador de crédito NValores.pt

Exemplos de Cartas de Despedimento

Apresentamos-lhe em seguida 5 exemplos de cartas de despedimento que o vão ajudar a formalizar a sua rescisão de contrato.

Download dos exemplos

Exemplo 1

Nome da Entidade Patronal

a/c Recursos Humanos

Morada

Código Postal

Local, __ (dia) de __ (mês) de __ (ano)

Exms. Srs.:

Com base no disposto no artigo ____ do Decreto-lei ____, venho desta forma comunicar-vos que rescindo o contrato de trabalho que mantenho com esta empresa. Esta rescisão do contrato irá vigorar por completo a partir do dia ____. A partir desta data deixarei de desempenhar funções laborais na empresa.

Solicito a V. Exas., que realizem o apuramento dos vencimentos a que tenho direito até à data da minha rescisão. Noto que até à data da rescisão apenas tive x dias de férias.

Termino com a manifestação da satisfação que tive ao trabalhar com a empresa. Deixo votos de sucesso à empresa e a todos os seus funcionários.

Com os meus melhores cumprimentos,

(A sua assinatura)

(O seu nome)

Veja também: Exemplos de rescisão de contrato pela entidade patronal

Exemplo 2

Nome da Empresa

Ao Cuidado do Departamento de Recursos Humanos

Morada

Código Postal

Exms. Srs.,

Venho, através desta carta, comunicar-vos a rescisão do meu contato de trabalho com a vossa empresa. A minha rescisão terá efeito a partir do dia ___ de ___ de ___, cumprindo assim a obrigação legal de vos informar com o mínimo de sessenta dias de antecedência.

Pretendo usufruir até à data referida do período de férias a que tenho legalmente direito (em datas a acordar). Sublinho que no final do contrato deverá ser-me pago os valores relativos aos subsídios de férias e de Natal, proporcionalmente aos dias que trabalhei no presente ano.

Sem mais de momento, apresento os meus cumprimentos,

(A sua assinatura)

(O seu nome)

Veja também: 4 Exemplos de cartas de motivação

Exemplo 3

Local e Data

Assunto: Denúncia de Contrato de Trabalho

(O Seu Nome), residente em (morada conforme a que está incluída no seu contrato de trabalho), portador/a Cartão do Cidadão nr. (número do CI), ao abrigo de um contrato de trabalho a termo certo – a termo incerto – sem termo (remover o que não se aplica), vem, nos termos e para os efeitos do nr. 1 do Artº. 400 e do Artº. 401, ambos da Lei 7/2009 de 12 Fevereiro (Código do Trabalho), e sem justa causa, informar que, por motivos particulares, denuncia o contrato de trabalho, cumprindo a obrigação legal de vos informar com (número de dias) de antecedência.

Desta forma, a rescisão do contrato de trabalho entrará em vigor em (data).

Sem qualquer outro assunto, despeço-me agradecendo a vossa a atenção.

(A sua assinatura)

(O seu nome)

Veja também: 2 Exemplos de cartas de apresentação espontânea

Exemplo 4

Nome da Empresa

Ao Cuidado do Departamento de Recursos Humanos

Morada

Código Postal

Exs. Srs.,

Venho, por meio desta carta, informar relativamente à intenção de rescindir a ligação contratual que me liga à vossa empresa. A rescisão do meu contrato tornar-se-á- efetiva a partir do dia ___ de ___ de ___, o que significa que estou a cumprir com a obrigação legal de vos informar relativamente à minha rescisão de contrato com uma antecedência mínima de sessenta dias.

Noto que pretende ter o direito ao período de férias ao qual tenho direito até à data de rescisão de contrato e disponibilizo-me para chegar a acordo relativamente às datas em que irei usufruir das referias férias.

Relembro também que os valores relativos aos subsídios de Natal e de férias devem ser-me ressarcidos no final do contrato, na proporção relativa aos dias em que trabalhei.

Sem qualquer outro assunto, deixo os meus cumprimentos.

Sem mais de momento, apresento os meus cumprimentos,

(A sua assinatura)

(O seu nome)

Veja também: Como escrever uma carta de motivação

Exemplo 5

Nome da Empresa

Ao Cuidado do Departamento de Recursos Humanos

Morada

Código Postal

Exs. Srs.,

Venho por este meio informar V. Exas relativamente à rescisão do contrato de trabalho que liga à Empresa Y.

A rescisão do meu contrato produz efeitos a parir do próximo dia (escrever a data completo por extenso). A partir desta data cessarei todas as minhas laborais que desempenho na empresa, cumprindo desta forma com o período de pré-aviso legalmente imposto.

Solicito que seja apurado os vencimentos que sejam devidos até à data de término do meu contrato e sublinho que até ao fim do meu contrato, beneficiei de apenas X dias de férias, pelo que deverá ser feito o respetivo acerto.

Durante o período em que trabalhei na Empresa Y tive a oportunidade de trabalhar com uma equipa altamente profissional, o que me proporcionou uma boa evolução profissional. Por essa razão, agradeço a oportunidade que me foi dada.

Despeço-me com votos de maior sucesso para a Empresa Y.

Sem qualquer outro assunto, deixo os meus cumprimentos,

(A sua assinatura)

(O seu nome)

Veja também: Como escrever uma carta de recomendação

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2019-07-02T20:05:45+01:00 31/03/2015|Categories: Emprego|Tags: |

About the Author:

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt

40 Comments

  1. Mara Ventura 12/07/2016 at 15:24

    Boa tarde. Trabalho numa empresa há 10 anos e pretendo demitir me até ao final deste ano, sei que tenho de avisar com 2meses de antecedência, mas nesse caso não sei quais serão os meus direitos. Se o contrato terminar a 31 de Dezembro de 2016, o que tenho direito a receber?

  2. Áurea 06/07/2016 at 17:22

    Boa tarde.
    Um trabalhador que assinou contrato de trabalho de 6 meses,a 3 Maio 2016.
    E que pretende rescindir por motivos de saúde e pessoais,neste momento.
    Qual é a data que deverá mencionar na sua carta de despedimento como cessão de prestação de serviços??

  3. Lia Siniquinha 01/07/2016 at 15:47

    Boa tarde quero fazer uma carta para despedir uma trabalhador por falta de respeito.Favor de ajudar me.

    Cumptos

    Lia siniquinha

  4. Joana Pereira 26/06/2016 at 09:03

    Bom dia,

    Tenho uma dúvida em relação à data de saída. Quero sair da empresa em Agosto, Julho será o meu último mês.
    Posso escrever a carta da seguinte forma:

    A rescisão do meu contrato tornar-se-á- efetiva a partir do dia 31 de Julho de 2016?

    Obrigada pelo esclarecimento.

  5. Duarte 20/06/2016 at 20:21

    Boa tarde,

    Quero apresentar a minha carta de demissão (dentro dos dias mínimos de aviso) mas o meu patrão não a aceita. O que posso fazer?

  6. Liliana Macedo 20/06/2016 at 16:41

    boa tarde,
    vou rescindir contrato com a empresa onde trabalho. já entreguei carta e agora estou a cumprir os dias. a minha questão é que na empresa existem dois horários (verão e inverno) neste momento trabalhamos das 8h as 18h de 2ª a 5ª e a sexta das 8h as 16h. uma vez que vou rescindir contrato a empresa é obrigada a pagar essas horas que fiz a mais enquanto lá trabalhei? fazemos 1 hora extra todos os dias, a empresa até agora tem pago ao valor de hora normal sem nenhuma percentagem, isso é legal?
    obrigada

  7. Maria silva 18/06/2016 at 13:16

    Boa tarde. Assinei contrato sem termo em dezembro. Pretendo rescindir contrato na segunda feira para começar um novo trabalho. Não gozei ainda nenhum dia de férias e pretendia gozar agora no final do contrato? Posso fazê lo? Também só recebi os duodecimal do subsídio de férias e não me pagaram dois feriados que trabalhei . deverei referir isso na carta? Grata pela atenção

  8. mariana 14/06/2016 at 10:33

    Boa tarde.
    Tenho um contrato de 4 meses a termo certo , e quero emitir uma carta de rescisão , pelo o que trabalhei apenas 15 dias. quanto tempo tenho que dar á casa ?, o que tenho a receber por direito , e de forma a que fique tudo legal?

  9. José Martins 09/06/2016 at 01:55

    Boa noite. Tenho um contrato com a empresa de 10 meses e ainda não tirei ferias e só tenho 5 meses de casa. Que carta devo apresentar e tenho que dar os 15 dias a empresa?

  10. afonso soares 02/06/2016 at 21:09

    boa tarde, estou a trabalhar numa empresa de turismo e o dono não cumpre com os horários de trabalho nem horas de descanso nem folgas. As horas de trabalho que são feitas a mis não são pagas. tenho um contrato de um ano, mas dias de ferias para gozar como e que eu posso fazer para não dar o tempo que a lei me obriga a empresa. tenho outra empresa para assinar contrato comigo. como posso resolver esta situação e que carta devo utilizar?

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:23

      Boa tarde Afonso Soares,
      No seguimento da sua questão, o tempo que tem de dar vai variar de acordo com o tempo que tem de casa: sendo a mesma de 7 dias (contratos até 6 meses), 30 dias (contratos entre 6 meses e 2 anos) ou 60 dias (no caso de contratos superiores a 2 anos). No entanto no seu caso, poderá descontar todas as horas extras que foram feitas e não foram pagas, e descontar também os dias de férias que tem para gozar.
      Poderá utilizar qualquer um dos modelos que apresentamos neste artigo.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

  11. Agostinho Manuel 16/05/2016 at 10:39

    Tenho um contrato de 6 meses perido probatório . Arranjei novo emprego. Quanto tempo tenho que dar á empresa ? Trabalhei duas semanas completas. O que tenho a receber e com quanto tempo tenho de avisar a empresa para que tudo fique legal é correto.
    Aguardo resposta com urgência o que Mt agtadeço.

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:23

      Boa tarde Agostinho Manuel,
      No seguimento da sua questão, deverá dar avisar a entidade patronal com 7 dias de antecedência, sendo que irá receber o valor associado aos dias em que efetivamente esteve a trabalhar.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

  12. Ana paula Costa 13/05/2016 at 15:28

    estive com cotrato suspenso pela empresa por doença prolongada.
    Quando tive alta a empresa disse para me apresentar ao trabalho, apesar de o médico ter posto em relatório que podia trabalhar mas com condicionantes. Ao voltar ao trabalho disseram que podia trabalhar mas não levantar pesos acima dos 10K. Esta situação não é viável e eu pretendo apresentar carta de demissão.
    Tenho de dar algum tempo à empresa apesar de já estar um trabalhador a ocupar o meu posto?.
    Ana Paula Costa

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:23

      Boa tarde Ana Paula Costa,
      No seguimento da sua questão, terá de dar tempo á casa de forma a sair com tudo regularizado, no entanto o tempo que tem de dar vai variar de acordo com o tempo que tem de casa: sendo a mesma de 7 dias (contratos até 6 meses), 30 dias (contratos entre 6 meses e 2 anos) ou 60 dias (no caso de contratos superiores a 2 anos).
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

  13. Fábio 27/04/2016 at 13:04

    Trabalho à 7 anos numa empresa de distribuição alimentar, mas quero cancelar o contrato. Como fazer de 2 maneiras, motivos pessoais e por motivos imediatos.

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:23

      Boa tarde Fábio,
      No seguimento da sua questão, uma vez que trabalha há 7 anos para a empresa, deve entregar a carta de demissão com pelo menos 60 dias de antecedência. No entanto, pode pedir para lhe descontarem desse tempo os dias que tem de férias por gozar, e o remanescente faltar, caso esteja impossibilitado de ir. No entanto salientamos que ao proceder desta forma, não irá receber qualquer valor extra ao ordenado, uma vez que não cumpriu o “dever” de trabalhar.
      Esperamos ter esclarecido as suas questões

  14. luis ceita 25/04/2016 at 10:16

    bom dia recebe uma carta de rescisão do contrato no dia 18-04-2016 ,mas já não quero ir trabalhar ,porque sofre de racismo .o que eu faço ?

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:22

      Boa tarde Luís Ceita,
      No seguimento da sua questão, uma vez que já recebeu a carta de demissão deverá ver qual a data efetiva da mesma (dia em que termina o contrato). No entanto, aconselhamos a que vá trabalhar (mesmo contrariado) pois assim terá direito a receber indeminização e fundo de desemprego (caso esteja na empresa à mais de 1 ano).
      Esperamos que consiga resolver a sua situação.

  15. Rafael Antunes 13/04/2016 at 09:13

    Bom dia, Trabalhei os últimos 2 meses para um restaurante a fazer 4h ao almoço. A dona da empresa sempre me falou que faria um contrato mas só na penúltima semana de Março me disse para ir ao contabilista para dar os meus dados a fim de realizar o seguro de trabalho e preparar o contrato. Mas ainda bem que nem vi o contrato para assinar porque entretanto encontrei outro emprego e era urgente a minha ida e acabei por lhe dizer no passado dia 11 que não iria mais, logo depois do meu turno ter acabado. Posto isto, a sra liga-me a dizer que eu já estava nos quadros da empresa e que tinha que enviar uma carta de despedimento. Ora, se eu não celebrei nenhum contrato porque haveria eu de lhe enviar uma carta a falar sobre rescisão de contrato? Esta é a minha dúvida. Gostava muito que me respondessem.

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:22

      Boa tarde Rafael Antunes,
      No seguimento da sua questão, uma vez que não tinha celebrado ainda contrato à data do seu despedimento, não é necessário entregar nenhuma carta de demissão com qualquer antecedência.
      Esperamos ter esclarecido as suas questões

  16. Isabel Ramos 07/04/2016 at 15:27

    Tenho um contrato de 6 meses a tempo parcial . Arranjei novo emprego. Quanto tempo tenho que dar á empresa (15 dias?) . Não gozei nenhum dia de férias . Trabalhei dois meses completos e agora desde 1 de abril. O que tenho a receber e com quanto tempo tenho de avisar a empresa para que tudo fique legal é correto.
    Aguardo resposta com urgência o que Mt agtadeço.

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:22

      Boa tarde Isabel Ramos,
      Lamentamos não ter respondido à sua questão mais cedo, no entanto não nos foi de todo possível. Esperamos que tenha conseguido verificar a questão.
      Mas sim, uma vez que o contrato são de 6 meses apenas teria de dar à casa 15 dias, bastando entregar a carta com essa antecedência para que tudo seja feito de forma legal.
      No seu caso, apenas teria de receber os dias de férias não gozados, uma vez que apenas pode usufruir deles ao final de 6 meses na empresa.
      Os melhores cumprimentos

  17. joao silva 05/04/2016 at 23:26

    Pretendo despedir-me de uma empresa na qual fiz parte 11 anos, no entanto devido a desentendimentos constantes com a encarregada e tenho notado que têm criado e inventado coisas ao meu respeito de modo a me despedir com justa causa,
    pretendo resolver o contrato.
    Gostaria que me informasse como são contabilizados os 60 dias de aviso prévio ? são corridos, os fins de semana e feriados são também contemplados??? quais são os meus direitos? obg

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:22

      Boa tarde João Silva,
      No seguimento da sua questão, os 60 dias de aviso prévio são contabilizados de forma seguida, por exemplo caso a carta de despedimento seja entregue a dia 10 de maio o contrato termina a dia 9 de julho.
      No entanto, salientamos desde já que não terá direito ao fundo de desemprego, mas tem direito aos proporcionais dos subsídios de férias e de natal, e aos dias de férias não gozados.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

  18. Maria Tavares 14/03/2016 at 21:10

    Como rescindir um contrato de trabalho preciso fazer uma carta de despedimento.

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:22

      Boa noite Maria Tavares,
      Para poder rescindir o seu contrato de trabalho, precisa entregar à entidade patronal uma carta de despedimento (pode utilizar qualquer um dos exemplo que apresentámos neste artigo) onde indica que vai rescindir contrato com data efetiva de dia X (a data efetiva deve ter sempre em conta o número mínimo de dias que tem de “dar à casa” para que não lhe seja descontado nenhum valor).
      Esperamos ter ajudado a esclarecer a sua dúvida.

  19. Joy Quinjica Jr. 09/03/2016 at 06:12

    Eu preciso de um modelo de carta para despedir um funcionário, ele mistura o trabalho com brincadeira e também ele ainda tem ousadia de fazer os seu negócios no meu escritorio, usa equipamento da minha empresa apara o seu beneficio, por isso preciso que me elaborem um modelo de carta de despedimento em medita.

  20. Maria José Pereira 29/02/2016 at 12:50

    Bom dia

    tenho um funcionário que se encontra de baixa médica desde o dia 20/06/2014. sendo que tem enviado baixas desde essa altura. a ultima baixa enviada terminou no dia 21/02/2016. penso que o funcionário já se encontra em incumprimento e necessitava de uma carta para o desvincular com a empresa, será possível enviar-me uma minuta.

    obrigada

    cumprimentos,

    Maria José Pereira

  21. Madalena Santos 24/02/2016 at 19:44

    Gostaria de ter um modelo de carta de rescisão de contrato, mas estou efectiva e nunca assinei contrato, quero sair porque a patroa muda os horários como quer, os elabora mal. trabalhamos sem folgas durante 15,18,23 dias.
    Venho lutando para que isso não aconteça, mas tenho obtido resultados que não me agrada nada,tudo o que combinou comigo não é cumprido, e diz que está em acordo com a lei. Já fui ao ACT que me dizem que há varias infracções só nos horários. mas não consegui ajuda nenhuma concreta dele.Também nunca recebo os meus recibos,são um documento meu com informação que me diz respeito.Coloca as empregadas umas contra as outras para aceder a informação privada de conversas e mensagens de telemóvel privadas. Sou uma simples empregada de limpeza e tenho todo o direito de me queixar sem poder ser retaliada como estou a ser por parte da patroa que me quer por processos disciplinares para ter como me despedir com justa causa.

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:21

      Boa noite Madalena Santos,
      No que respeita a sua questão, pode utilizar qualquer um dos modelos que mostramos no artigo como carta para rescindir o contrato que tem atualmente com a sua entidade patronal. Apenas necessita de preencher os espaços em branco com as suas informações pessoais. Essa minuta depois de preenchida é vinculativa como carta de despedimento.
      Deve também solicitar a entrega dos recibos de ordenado no último dia efetivo de trabalho.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

  22. fernando 28/01/2016 at 15:46

    trabalho numa empresa há 3 anos e quero-me despedir a partir do dia 29 de fevereiro, já não quero pertencer aos quadros da empresa e vou escrever a carta dia 29 de janeiro a informar, como devo fazer se só vou dar o mês de fevereiro?obrigado

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:21

      Boa noite Fernando,
      Não sei se ainda vamos a tempo de o ajudar nesta questão, no entanto poderá informar a sua entidade patronal com os 30 dias de antecedência, embora por lei tenha de dar 60 dias de aviso prévio. Uma vez que não o vai fazer pode optar pôr restantes 30 dias (de forma a não lhe descontarem nenhum valor) como dias de férias. Caso não queira colocar o tempo remanescente, a entidade patronal posteriormente desconta-lhe o valor dos dias em falta para o término do contrato, pagando-lhe apenas a diferença.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

  23. saemt malundo 30/12/2015 at 10:06

    Como elaborar uma carta de dispedimento dum funcionários

    • António Ferreira 01/06/2016 at 18:48

      Boa tarde
      Foi despedido ainda não recebi a carta despedimento. O meu medo é que a carta,venha com palavras que não entenda. Eu assino a carta e quando for para levar para saber meus direito o Centro de emprego diz que não tenho direito. Como devo fazer

      • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:20

        Boa tarde António Ferreira,
        No seguimento da sua questão, para lhe podermos dizer se terá ou não direito ao subsídio de desemprego iriamos necessitar de saber há quanto tempo estava na empresa e qual o motivo do despedimento. No entanto, antes de assinar a mesma poderá questionar a sua antiga entidade patronal nesse sentido, obtendo esclarecimentos sobre a sua questão.
        Esperamos ter esclarecido a sua questão

    • Ricardo Rodrigues 09/06/2016 at 15:20

      Boa tarde Saemt malundo,
      No seguimento da sua questão, poderá ver no artigo https://www.nvalores.pt/rescisao-de-contrato-por-parte-da-entidade-empregadora/ alguns exemplos de cartas de despedimento por parte da entidade empregadora.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

Comments are closed.