Início / Artigos / Banca / Cartões de Crédito / Como evitar fraudes nos cartões de crédito em Portugal

Como evitar fraudes nos cartões de crédito em Portugal

Como evitar fraudes nos cartões de crédito em Portugal

Não são poucos os casos em que as pessoas se vêm lesadas porque perderam ou porque o cartão de crédito lhes foi roubado.

Existem cada vez mais casos de fraudes associadas a esta tipologia de cartões.

De forma a evitar essas mesmas burlas, o NValores criou este artigo que lhe vai dar dicas importantes sobre como evitar fraudes nos cartões de crédito.

Como proceder em caso de perda, extravio ou roubo do cartão de crédito

É importante ter noções de como deve proceder no caso de perda, roubo ou extravio do seu cartão de crédito, pois estas dicas vão ser essenciais para evitar fraudes nos cartões.

  • Deve contactar com a maior brevidade possível a entidade emissora, a SIBS, Sociedade Interbancária de Serviços (808 201 251 ou 217 918 780) ou o próprio banco (deve ter consigo o nº do cartão assim como o número de conta que está associada ao mesmo);
  • Faça uma participação à polícia e solicite sempre uma prova da participação (em muitos casos se tiver um seguro associado ao cartão, podem-lhe solicitar esta prova para poderem proceder à ativação do mesmo).

É importante salientar que após o cancelamento do cartão, todos os movimentos que ocorram são da inteira responsabilidade da entidade emissora, no entanto, caso os mesmos sejam realizados antes da comunicação de furto/extravio você apenas é responsável pelo valor de 150€.

Como se proteger de fraudes nos cartões e crédito através de procedimentos de segurança

Antigamente, a maioria das fraudes com cartões de crédito ocorria fisicamente (o cartão era roubado ou extraviado e os burlões faziam movimentos bancários ou levantamento do mesmo através de multibancos). No entanto, hoje em dia, com o desenvolvimento das novas tecnologias, existem cada vez mais fraudes a ocorrer através da internet.

Desta forma vamos dar-lhe dicas específicas para se proteger em cada uma das situações mencionadas, roubo físico/extravio do cartão ou fraude online.

Fraudes mais comuns no cartão de crédito

De seguida, apresentamos algumas das fraudes mais comuns cometidas em cartões de crédito.

Fique atento para não ser mais uma vítima.

1 – Clonagem do cartão

A clonagem é a forma mais comum de fraude de cartões. Atualmente, a clonagem pode ser realizada de diversas formas, tanto em cartões físicos como em online.

Em compras presenciais, as máquinas leitoras de cartões podem ter um dispositivo capaz de copiar os dados do utilizador.

A partir de tais informações, uma nova versão do cartão, como uma cópia, é realizada e o burlão consegue fazer transações.

2 – Roubo de dados

O roubo de dados também é um tipo de fraude de cartão de crédito que ocorre com frequência. A mais conhecida delas é o famoso “phishing”.

Neste tipo de golpe, o criminoso faz-se passar por uma empresa e entra em comunicação com a vítima, geralmente por e-mail, solicitando informações pessoais e do cartão.

Os mais desatentos fornecem estes dados e acabam por ver as suas informações utilizadas para a realização de compras não autorizadas.

3 – Compra repetida

Neste caso, o indivíduo que possui a máquina de pagamento informa o consumidor que não foi possível concretizar a transação.

Contudo, trata-se de uma informação falsa. Assim, ao passar novamente o seu cartão, o valor da compra é duplicado.

Apesar de, atualmente, ser comum receber notificações logo ao fazer uma compra, é sempre prudente ficar atento.

Evitar o roubo/extravio do cartão de crédito

  1. Quando tiver de trocar de cartão, fique atento ao prazo indicado pelo banco, caso o cartão não chegue dentro do prazo indicado, deverá contactar a entidade emissora;
  2. Assine sempre o cartão e destrua o antigo quando o mesmo estiver fora da data de validade;
  3. Memorize o código PIN (evite andar com ele na carteira ou em algum lugar de fácil acesso);
  4. Não utilize códigos PIN padrão (por exemplo: 1234, 0000, 1111);
  5. Não dê o PIN a ninguém, especialmente se estiver no meio da rua;
  6. Quando realizar o pagamento tenha cuidado para verificar se o mesmo não é clonado e apenas repita a operação se o terminal POS der uma mensagem de compra anulada;
  7. Caso o cartão fique preso em alguma caixa ATM deve contactar sempre o banco com a maior brevidade possível;
  8. Caso viaje é importante que guarde todos os extrato de transações para poder posteriormente confirmar se está tudo ok, ou se houve alguma utilização fraudulenta do seu cartão;
  9. Mensalmente deve receber um extrato do seu cartão de crédito, é importante que o confira sempre de forma a poder alertar o banco de qualquer utilização anormal;
  10. Nunca forneça qualquer tipo de informação bancária pelo telefone (por exemplo: em ações de telemarketing). Apenas indique qualquer dado solicitado se tiver sido você a iniciar a conversação.
  11. Há pagamentos que são feitos por aproximação do cartão. São os chamados “pagamentos contactless”. Se vai fazer um pagamento contacless, aproxime o cartão do leitor apenas depois de ter validado o valor da operação no visor.

Evitar fraudes nos cartões de crédito online

  1. Seja prudente nos pagamentos através da internet, fazendo compras só em estabelecimentos credíveis;
  2. No caso de precisar de realizar algum pagamento online prefira outras alternativas ao cartão de crédito (por exemplo paypal ou um MBNet de uma única utilização);
  3. Ignore mensagens de correio eletrónico, supostamente do emissor do cartão, pedindo-lhe para aceder a um determinado link (pois através deste link os burlões conseguem ficar com os seus dados e a partir dai utilizar o cartão);
  4. Crie senhas difíceis de serem descobertas;
  5. Mantenha sempre o bloqueador de pop-ups ativo;
  6. Para evitar fraudes (e qualquer outro tipo de problemas) deve ter sempre um anti-virus credenciado no seu computador;
  7. Evite aceder a dados bancários através do seu telemóvel, pois muitas vezes os dados ficam memorizados na cache do mesmo, permitindo um fácil acesso em caso de roubo do mesmo;
  8. Tenha sempre ativo um alerta de transação (por mail ou SMS);
  9. Caso receba emails falsos, alerte a entidade emissora do cartão sobre os mesmos;
  10. Nunca responda a emails com pedidos de informações bancárias;

Embora as dicas que lhe damos aqui possam ser bastante simples, muitas pessoas não as utilizam, ficando desta forma mais expostas a qualquer tipo de fraude. Esperamos com este artigo ter captado a sua atenção, de forma a que se proteja deste tipo de fraudes associadas aos cartões de crédito.

Qualquer dúvida ou questão, não hesite em solicitar algum tipo de esclarecimento adicional.

Veja também:

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt