Emigrar para Inglaterra

Na última década, o Reino Unido tornou-se um dos principais destinos da emigração portuguesa. Apesar de emigrar para Inglaterra não ser uma novidade para a população portuguesa, o reino britânico tornou-se um destino de eleição, principalmente para profissionais qualificados, que não encontrem espaço no mercado laboral em Portugal.

Deixar o país natal e rumar para um novo destino nunca é um processo fácil e emigrar para Inglaterra não é exceção. Para evitar problemas e para garantir que a decisão de sair de Portugal corre como suposto, é fundamental que se prepare de forma adequada.

Emigrar não deve ser uma decisão de impulso, mas sim um processo pensado e planeado. Como vamos ver, o custo de vida em Inglaterra é elevado, pelo que não deve apenas apanhar um avião e contar com a sorte para encontrar um emprego.

Para ajudar todos aqueles que equacionam emigrar para Inglaterra, preparámos um pequeno guia.

Veja também: Como encontrar emprego na internet?

Comece Por Procurar Alojamento

Vamos começar pelo início, deve começar a preparar a sua nova vida em “Terras de Sua Majestade”, procurando alojamento. Não embarque no avião sem antes ter acautelado este ponto, caso contrário a sua aventura pode começar da pior forma.

Além de poder ser difícil encontrar casa, também existe a questão burocrática. Precisa de ter uma morada local para tratar de todas as questões legais e até para se candidatar a empregos.

Felizmente, existem muitos sites dedicados a anúncios de alojamentos em Inglaterra. Basta utilizar a Internet da melhor forma e certamente encontrará diversas possibilidades.

Comece por definir a zona em que pretende viver, se tiver amigos ou conhecidos em Inglaterra pergunte-lhes quais as melhores zonas onde habitar, em termos de custos e de segurança. Esta informação pode ser fundamental para fazer uma boa escolha.

Prepare-se para encontrar preços elevados, já que um pequeno estúdio pode facilmente custar cerca de 800 libras por mês (o que dá algo como 1000 euros). Se tiver um bom espírito de vida em comunidade, pode tentar partilhar casa com alguém, por forma a reduzir custos. Mais tarde e com mais estabilidade, pode mudar para uma casa apenas sua.

Questões Burocráticas

Ao emigrar para Inglaterra também não pode ignorar as questões burocráticas. Reúna toda a informação para solicitar o seu National Insurance Number e procure saber o que é necessário para abrir uma conta bancária. Ambas estas questões são essenciais para que consiga encontrar um emprego.

Ainda assim, é preciso salientar que o processo burocrático necessário para viver e trabalhar em Inglaterra é relativamente simples, quando comparado com o emaranhado burocrático que é necessário desatar para emigrar para outros destinos.

Como Procurar Emprego

Emigrar para Inglaterra não é algo que apenas está ao alcance de médicos ou enfermeiros. O mercado laboral inglês apresenta boas oportunidades para quem se prepara devidamente. Profissionalismo e vontade de trabalhar podem fazer toda a diferença para encontrar um emprego e evoluir profissionalmente.

A melhor forma de superar a barreira da distância e procurar emprego é recorrendo à Internet. Caso ainda não tenho emprego, registe-se nas diversas plataformas de emprego existentes online e comece já a candidatar-se a vagas que sejam do seu interesse.

Deixamos uma lista de alguns sites de recrutamento que podem ser úteis para quem pretende emigrar para Inglaterra.

  1. www.monster.co.uk

É uma das principais plataformas de anúncios de emprego em Inglaterra. Aqui encontrará milhares de ofertas.

  1. www.jobsite.co.uk

Mais uma plataforma que permite filtrar e encontrar ofertas de emprego nas mais diversas áreas.

  1. www.totaljobs.com 

Aqui são disponibilizadas milhares ofertas de emprego, em áreas tão distintas como construção civil ou saúde.

  1. www.toplanguagejobs.co.uk

Este site diferencia-se por permitir que filtre os anúncios de acordo os idiomas exigidos. Isto significa que pode facilmente encontrar anúncios de emprego em que peçam o domínio da língua portuguesa.

Deve também inscrever-se nas múltiplas empresas de recrutamento que operam em Inglaterra. Alguns exemplos são: Hays, Manpower, Berkeley Scott ou Office Angels. Através destas empresas é mais fácil encontrar um emprego temporário, que pode ser fundamental para iniciar a sua nova vida em “Terras de Sua Majestade”.

Custo de Vida

Ao mudar-se para Inglaterra deve ter logo em mente que os custos de vida seriam consideravelmente superiores aos que são caraterísticos da realidade portuguesa.

Um salário a rondar os 1400 euros mensais, pode não ser tão elevado quanto parece. Aliás, basta olhar para o preço do alojamento para perceber isso mesmo.

Relativamente ao sistema de saúde não precisa de se preocupar, já que em Inglaterra os cuidados de saúde são gratuitos e permanentes.

Reúna toda a informação necessária, trate do alojamento de forma antecipada e encontre emprego antes de viajar. Estes são os principais conselhos que o NValores dá a quem pretende emigrar para Inglaterra.

Veja A Nossa Sugestão

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt