Emigrar para a Austrália

A Austrália é atualmente um dos países mais apelativos para emigrar. Além de uma boa qualidade de vida, este país oferece um mar de oportunidades a quem pretende mudar de vida. Contudo, emigrar para a Austrália representa também mergulhar num mundo completamente novo.

O povo australiano é famoso pela sua abordagem relaxada à vida e por ser tradicionalmente alegre. Além disso, a Austrália oferece excelentes condições de trabalho e um nível de qualidade de vida muito acima da média.

Para tornar esta equação ainda mais apelativa falta referir algo muito importante: o salário médio na Austrália é de cerca de 4000 euros. Muito interessante, não?

Agora o outro lado da balança: para emigrar para a Austrália terá que ter que ultrapassar uma grande barreira chamada burocracia. Exatamente por ser um país tão apelativo, o governo australiano estabeleceu mecanismos muito rigorosos para controlar a entrada de estrangeiros nas suas fronteiras.

Também é necessário referir a distância. Afinal, a Austrália fica literalmente “no outro lado do mundo” e a viagem até lá é extremamente longa.

Se sente um apelo relativamente à Austrália, é importante saber com que pode contar e o que pode esperar da mudança. Para o ajudar, o NValores preparou um pequeno manual que reúne as informações mais relevantes para quem pretende emigrar para a Austrália.

Veja também: Como encontrar emprego na internet?

Perceber Os Diferentes Tipos de Vistos

O primeiro ponto que deve tratar, para concretizar o objetivo de emigrar para a Austrália, é exatamente o visto. Diferentes tipos de vistos possuem diferentes graus de exigência, pelo que é essencial estar a par das diferenças.

Os três tipos de vistos existentes para entrar na Austrália são:

Visto de Turista

O visto de turista é normalmente emitido com a duração de três meses, podendo depois ser prolongado até seis meses, ou mesmo um ano. O visto de trabalho não permite trabalhar no país, por isso se está a pensar emigrar e construir a sua vida neste grande país, deve considerar uma das outras opções.

Quem estiver na Austrália com um visto de turista e for apanhado a trabalhar, é expulso do país e provavelmente enfrentará dificuldades para poder regressar no futuro.

Com o visto de turista pode, contudo, estudar desde que a formação a realizar tenha menos de três meses. Formações mais prolongadas exigem que peça o visto de estudante.

Visto de Estudante

Como é óbvio, o visto de estudante destina-se a quem pretende estudar na Austrália. Quem possui este visto também pode trabalhar em simultâneo. A legislação australiana permite que um estrangeiro com visto de estudante trabalhe um máximo de 20 horas por semana.

A validade de um visto de estudante corresponde à duração da formação ou curso que se está a realizar.

Visto de Trabalho

Para a esmagadora maioria das pessoas que nos estão a ler, o visto mais atrativo deve ser exatamente o visto de trabalho. Esta é a autorização direcionada para quem pretende emigrar para a Austrália por razões profissionais.

Os vistos de trabalho dividem-se em duas categorias:

Skilled emigrant – Para obter este visto é necessário preencher diversos requisitos, incluindo: idade, formação, experiência profissional e nível de inglês.

Sponsored Visa – É um visto que permite trabalhar de forma temporária na Austrália, através do patrocínio de uma entidade empregadora.

Requisitos Para Obter Um Visto de Trabalho

O governo australiano estabelece diversos requisitos obrigatórios para quem pretende emigrar para o país. Não basta preencher a documentação necessária e esperar que a resposta seja positiva. Antes de submeter qualquer documentação, garante que cumpre os seguintes pressupostos:

  • Ter menos de 49 anos;
  • Possuir destreza na língua inglesa. Terá que fazer um teste International English Language Testing System, onde lhe será exigida uma nota mínima de 7;
  • Ter uma profissão incluída nas listas definidas pelo governo da Austrália;
  • Possuir, pelo menos, um ano de experiência na sua área de formação.

Caso reúna todas estas condições e já tenha toda a questão do visto de trabalho encaminhada pode começar a pensar nas questões práticas da sua mudança para a terra dos Kangurus.

Como Encontrar Alojamento Na Austrália

Relativamente ao alojamento, a primeira coisa que precisa de saber é que os preços praticados na Austrália são bastante elevados. Se é verdade que os salários são altos, também este tipo de despesas são bastante elevadas.

Um simples apartamento com um quarto, localizado no centro de uma cidade, pode facilmente ultrapassar a fasquia dos 1200 euros mensais. Mas é claro que o valor final da rende depende de vários aspetos, como a localização ou a inclusão de despesas adicionais (como eletricidade e água).

Para quem não tem contactos na Austrália, a melhor forma de encontrar alojamento é através da Internet. Os sites dedicados ao setor do alojamento e da imobiliária são muitos e por isso, encontrar uma casa que seja do seu agrado não deve ser uma tarefa demasiado complicada.

Estes são alguns dos principais sites para encontrar casa na Austrália:

  • Realestate.com.au
  • Australianrealestate.com.au
  • Domain.com.au
  • Property.com.au
  • Firstnational.com.au
  • Realestateview.com.au
  • LJHooker.com.au
  • RayWhite.com.au
  • australianrealestate.com.au
  • firstnational.com.au

Ao contrário do que acontece por cá, na Austrália o pagamento da renda é geralmente efetuado à semana. Sempre que aluga uma casa, tradicionalmente tem que pagar duas semanas de caução.

Como Procurar Trabalho

A primeira coisa que deve saber antes de começar a procurar trabalho na Austrália é que os modelos de Curriculum Vitae (CV) que tradicionalmente são utilizados na Europa não são adequados ao mercado australiano. Na Austrália, é utilizado um modelo de CV específico e dessa forma, terá que adaptar a sua informação a este modelo.

Também é essencial informar-se relativamente ao reconhecimento da sua formação académica. Se quer continuar a trabalhar na sua área, é essencial conseguir o reconhecimento das suas competências.

Resolvida esta questão, é altura de começar a candidatar-se empregos, já que este é certamente o objetivo da sua decisão de emigrar para a Austrália. O número de sites de emprego existentes na Austrália é bastante elevado, como poderá descobrir através de uma pesquisa rápida.

Listamos aqui doze dos principais sites de emprego:

  • Workingin-australia.com
  • Australian JobSearch
  • Applynow.com.au
  • Careerjet.com.au
  • Careerone.com.au
  • Jobs.com.au
  • Careerbuilder.com
  • Jobsearch.com.au
  • Mycareer.com.au
  • Jobs.ozfreeonline.com
  • Jobseeker.org.au

Antes de começar a trabalhar deve solicitar o seu número fiscal australiano (Tax File Number). Felizmente, este número pode ser solicitado online, poupando-o a um processo burocrático.

Recolha Informações Antes de Partir

Emigrar para a Austrália é uma decisão que irá mudar radicalmente a sua vida, por isso é fundamental que se prepare convenientemente antes de embarcar no avião.

Utilize todos os recursos ao seu dispor para aprender mais sobre a história, a tradição e costume do país. Procure por exemplo, conhecer a experiência de outras pessoas que já emigraram para lá.

Existem muitos blogs de emigrantes que partilham as suas experiências e que podem ser úteis para ficar a conhecer melhor o estilo de vida australiano.

Se está prestes a emigrar para a Austrália, desejamos-lhe boa sorte!

Veja A Nossa Sugestão

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt