Emigrar Para a Dinamarca

A Dinamarca é um dos países mais apelativos da atualidade para a emigração, fruto da sua vitalidade económica e das excelentes condições de vida que oferece.

Se pretende emigrar para a Dinamarca vai encontrar neste artigo uma ótima fonte de informação, para que possa dar esse passo de forma mais segura.

Retrato do País

A Dinamarca é uma monarquia constitucional. Na verdade, é uma das monarquias mais antigas do mundo.

O país fica situado a sul da Noruega, a sudoeste da Suécia e a norte da Alemanha. A Dinamarca encontra-se dividido em 5 regiões e 98 municípios. A população atual é de cerca de 5 600 000 habitantes, dos quais 580 mil são estrangeiros.

A Dinamarca é constituída por uma península, a Jutlândia e por mais de 400 ilhas. As ilhas mais relevantes são a Zeândia, Bornholm e Funen.

O país assenta a sua economia em diversas áreas de desenvolvimento: setor alimentar, metalúrgico, químico, madeira e papel e equipamentos eletrónicos.

O clima da Dinamarca é considerado temperado. No verão, a temperatura média ronda os 15 ºC e durante os meses de janeiro e fevereiro, a temperatura média é de 0 ºC. Apesar de ser um clima mais ameno do que aquele existe noutros países nórdicos, as baixas temperaturas podem ser um dos principais obstáculos para os portugueses.

É também salientar que devido à localização geográfica da Dinamarca, a duração dos dias pode variar de forma substancial.

Cuidados de Saúde

Quando se fala na possibilidade de emigrar para a Dinamarca, uma das ideias que não demora a surgir no imaginário dos potenciais emigrantes é o acesso a cuidados de saúde de excelência.

O sistema de saúde dinamarquês faculta o acesso gratuito e universal aos serviços de saúde. O financiamento do sistema de saúde público dinamarquês é garantido pelos impostos.

Contudo, é preciso salientar que nem todos os cuidados de saúde são gratuitos. Consultas de clínica geral, urgências, oftalmologia e otorrinolaringologia são realmente gratuitas. Já o serviço ao domicílio e consultas de dentista ou enfermagem exigem um copagamento.

É Necessário Visto?

Os portugueses não precisam de visto para viajar para a Dinamarca. De igual forma, os estrangeiros que possuem autorização de residência em Portugal também estão isentos de visto, de acordo com os Acordo Schengen.

Em ambas as situações é possível permanecer na Dinamarca sem visto durante três meses. Findo esse prazo, é necessário solicitar uma autorização de residência.

Condições de Trabalho

Antes de emigrar para a Dinamarca deve informar-se relativamente ao estado do mercado laboral na sua área profissional. A taxa de desemprego na Dinamarca é de 4%, um número bastante inferior à taxa de desemprego em Portugal.

Na Dinamarca não existe um salário mínimo definido legalmente, pois a remuneração mínima depende do setor laboral e dos acordos com os sindicados.

O salário mínimo é de cerca de 1800 euros e o salário médio é de aproximadamente 2700 euros.

Educação na Dinamarca

Muitas pessoas equacionam emigrar para a Dinamarca não só devido aos salários mais elevados, mas também porque este país oferece um dos melhores sistemas educativos do mundo.

As estatísticas internacionais demonstram que o sistema educativo dinamarquês é um dos que apresenta resultados mais positivos a nível europeu, o que é um fator muito positivo para quem pretende criar uma família.

O sistema educativo dinamarquês funciona de forma diferente ao que estamos habituados em Portugal, já que o objetivo primordial é fomentar a livre iniciativa e criar cidadãos.

Não existem exames, nem reprovações e os alunos são incentivados a trabalhar em grupo, levando a cabo diversos projetos ao longo do ano letivo. Os alunos fazem somente um teste no final do 9º ano.

Na Dinamarca o ensino é gratuito e até os livros escolares são facultados pela escola.

Segurança na Dinamarca

A taxa de criminalidade na Dinamarca é bastante reduzida. Aliás, este país é considerado um dos mais seguros do mundo.

Mesmo as áreas urbanas são consideradas seguras e é possível passear por toda a cidade sem preocupações excessivas. A taxa de criminalidade na capital Copenhaga é uma das mais baixas de todas as capitais europeias.

Cuidados A Ter Antes de Emigrar Para a Dinamarca

Por todas as razões que aqui enunciámos, emigrar para a Dinamarca pode ser uma ótima decisão, mas existem alguns aspetos que deve ter em conta antes de dar este passo.

Para começar, deve garantir que domina bem a língua inglesa. O dinamarquês é uma língua difícil, mas poderá comunicar com quase toda a população local em inglês.

A nível de saúde, não se esqueça que durante o Inverno, este país é frio e húmido, o que pode ser um problema para quem sofre de problemas respiratórios.

Veja A Nossa Sugestão

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt