Experimente estas 8 dicas para um Natal mais económico em 2018

Experimente estas 8 dicas para um Natal mais económico em 2018

By | 2018-12-04T17:12:05+00:00 04/12/2018|Categories: Aprenda a Poupar|Tags: |

Está a chegar uma das épocas mais felizes para a grande maioria das pessoas. O Natal, é a altura em que todos põem as suas desavenças de parte e se reúnem em família.

No entanto, apesar de toda a magia e beleza que o natal tem, é inegável dizer que esta altura do ano é também extremamente dispendiosa (principalmente se contarmos com a decoração, preparação da ceia, compra dos presentes…).

Hoje, o NValores vai dar-lhe algumas dicas para um natal económico, permitindo que possa manter a magia desta época, sem que a sua carteira tenha de sofrer um grande arrombo.

Aproveitar os saldos da Black Friday e Ciber Monday, apostar na personalização e muito mais!

Fique com as nossas dicas.

Dicas para um Natal económico em 2016

1 – Black Friday

A Black Friday é uma tradição originária dos Estados Unidos da América e que ocorre na última sexta feira do mês de novembro (este ano irá ocorrer a 25 de novembro). Desde 2014 que esta tradição chegou a Portugal e desde essa altura que milhares de pessoas correm aos centros comerciais para comprar a maior diversidade de produtos a preços muito mais em conta.

É importante que saiba que não é só nas lojas físicas que pode conseguir ótimos descontos, as lojas online (de praticamente todas as marcas) também possibilitam as compras com descontos (e desta forma não vai ter de passar horas nas filas de espera para estacionar e para pagar).

Contudo, de forma a evitar cair nas práticas pouco éticas de algumas empresas, é altamente recomendado que investigue a tendência de preço de um determinado produto nas semanas que antecedem a promoção, para perceber se o preço subiu propositadamente antes da promoção (o que na prática arruína o seu valor – e que acontece com bastante frequência, principalmente nas áreas tecnológicas).

Se não conseguiu aproveitar o Black Friday, saiba que ainda pode terminar as sua compras de natal em lojas online e beneficiar dos descontos do Ciber Monday. Este evento acontece na segunda-feira após a Black Friday ou dia de Ação de Graças e dura uma semana. As lojas aderentes são a Fnac, Leya, Amazon, Toys, R Us, GAP, Ebay, Forretas entre outras.

Veja também: Como detectar uma Black Fraude em Portugal

2 – Ponha as mãos à obra

A melhor forma para conseguir um natal económico é tentar reduzir ao máximo os gastos que tem com as prendas de natal. Assim sendo, se tiver talento para artes manuais, tem tudo aquilo que é necessário para fazer os presentes para toda a sua família.

Algumas das ideias do que pode fazer em casa são:

  • Sabonetes;
  • Bordar toalhas;
  • Potes decorados com bolachas,
  • Tricotar um cachecol ou camisola;
  • Pintar uma tela ou um produto de cerâmica;

Enfim… Existem diversas coisas que pode fazer você próprio e que têm um significado maior do que qualquer prenda que possa comprar, pois foi feito por si, a pensar em alguém especial (ou seja, são únicos e personalizados).

Se não tem assim tanto jeito, não se preocupe, pois pode encontrar online tutoriais para fazer a maior parte das coisas.

3 – Utilize decorações de natal antigas

Se é daquelas pessoas que adora seguir as últimas tendências decorativas e todos os anos compra um novo conjunto de decorações de natal, saiba que essa não é definitivamente uma tendência para um natal económico.

Se pretender realmente poupar neste natal, essa prática deve ser abandonada.  As decorações de natal podem ser adaptadas de ano para ano, e pode dar-lhes um novo look conjugando-as com novos detalhes.

Algumas ideias bastante simples, mas originais podem resultar muito bem:

  • Pode optar por uma árvore de natal mais natural com pinhas, azevinho, musgo…
  • Ou pode ir para o caminho da reciclagem e fazer uma árvore com figuras recortadas em cartão, bolas de papel, latas de conserva ou de refrigerantes.

Vai ver que na prática vai ser muito mais divertido reunir toda a família em torno da árvore de natal para a decorar de forma original, do que gastar todos os anos dinheiro em novas decorações.

4 – Planear e estipular o orçamento

Uma das melhores maneiras de conseguir ter um natal económico é planear e estipular um orçamento (que não deve ser ultrapassado sob qualquer circunstância). Em primeiro lugar deve fazer uma lista das pessoas a quem irá oferecer presentes e começar a ver tudo antecipadamente (para fugir às correrias comuns desta época festiva).

Desta forma além de fugir da azafama dos centros comerciais, tem tempo para comparar os preços das diferentes lojas, e consegue comprar tudo a valores mais reduzidos.

5 – Não utilize o cartão de crédito

Todos sabemos que nesta altura as despesas são mais elevadas e é comum as pessoas ultrapassarem largamente o orçamento que haviam estipulado para as compras de natal. No entanto, é ainda mais comum que se apercebam que de que ficaram coisas por comprar há última da hora.

E nessa altura, é quando a maior parte das pessoas cometem um erro de recorrer ao cartão de crédito. Lembre-se sempre que na maior parte das vezes, a utilização do mesmo implica o pagamento de taxas de juro elevadas.

A utilização do cartão de crédito faz com que consiga comprar o que necessita, mas vai claramente acabar por gastar muito mais do que havia estipulado.

6 – Divida os custos da ceia de Natal

De forma a conseguir um natal económico em 2018, é muito importante que tenha em conta que não deve poupar apenas na aquisição dos presentes e na decoração.

A ceia de natal das famílias portuguesas, costuma ser bastante opulenta. Por isso se apenas vai ter cerca de 10 pessoas á mesa para a tradicional ceia de natal, não compre comida a pensar em alimentar um batalhão.

Pense no natal do ano passado, certamente terá sobrado muita comida apesar de todos os participantes terem ficado a “abarrotar” em comida. Já percebeu onde é que queremos chegar certo?

Outra opção, passa também por falar com cada convidado e pedir para que contribua de alguma forma para a consoada. Combinem entre vocês quem fica responsável pelas entradas, pela sobremesa, pelas bebidas… enfim… se cada pessoa levar uma coisa, todos vocês vão ter um natal mais económico.

7 – Ofereça em conjunto

Se tem sobrinhos ou irmãos, é muito mais simples ter um natal económico se conseguir juntar-se a outras pessoas para oferecer a prenda de natal. Imagine que tem 3 irmãos e que querem oferecer algo diferente aos vossos pais, podem juntar-se os três e oferecer por exemplo uma viagem.

Assim sendo, se se juntar com outras pessoas, além de poupar na prenda de natal, podem oferecer algo melhor e que a pessoa vá realmente adorar.

8 – Aproveite campanhas de desconto

Uma vez que já estamos em dezembro, existem muitas lojas que continuam com algumas campanhas de desconto a decorrer. Estas campanhas podem ser uma ótima alternativa para conseguir um natal económico.

É importante que apenas compre algo que se adeque às compras de prendas de natal que iria fazer, pois comprar algo só porque se encontra em promoção, não é propriamente a melhor forma de ter um natal económico.

Agora que já conhece as nossas 8 dicas para um natal mais económico, está na altura de colocar mãos à obra.

Veja A Nossa Sugestão

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2018-12-04T17:12:05+00:00 04/12/2018|Categories: Aprenda a Poupar|Tags: |

About the Author:

Ricardo Rodrigues é CEO e Fundador do NValores desde 2013. Plataforma para pedir crédito online. Nomeadamente crédito pessoal, crédito consolidado e crédito habitação. Email: geral@nvalores.pt