Declarar mais valias no IRS 2018

Declarar mais valias no IRS 2018

By | 2018-04-13T18:12:37+01:00 13/04/2018|Categories: Impostos|Tags: |

Muitos contribuintes têm uma dúvida comum, sendo a mesma perceber se têm ou não de declarar mais valias no IRS 2018.

Desta forma, e para conseguirmos esclarecer todas as suas dúvidas sobre este tema, o NValores resolveu explicar-lhe tudo o que necessita saber, clarificando assim uma das questões mais comuns na entrega da declaração de IRS.

Contudo, antes de lhe dizermos como é que se declara as mais valias no IRS, vamos explicar-lhe o que são consideradas mais valias (já que muitos contribuintes não estão familiarizados com este tema).

1 – O que são consideradas mais-valias?

A definição de mais valia encontra-se nos artigos 10º e 43º do CIRS (Código do Imposto sobre o Rendimento de pessoas Singulares).

Assim, resumidamente, para efeitos de IRS, são consideradas mais valias todos os ganhos obtidos que não são considerados rendimentos empresariais, profissionais, de capitais ou prediais.

Ou seja, trata-se do lucro resultante de uma venda ou troca de um ativo (se houver prejuízo, trata-se de menos valias).

Veja de seguida alguns exemplos de mais valias.

  • Cessão onerosa de posições contratuais ou outros direitos inerentes a contratos que sejam relativos a bens imóveis;
  • Operações relativas a instrumentos financeiros derivados, com exceção dos ganhos com juros ou quaisquer acréscimos de crédito pecuniário resultantes da dilação do respetivo vencimento ou de mora no seu pagamento;
  • Operações relativas a warrants (valor mobiliário cotado em bolsa que dá ao seu titular o direito, mas não a obrigação, de comprar ou vender um bem subjacente numa determinada data (data de expiração) a um preço estabelecido à partida (preço de exercício) e mediante o pagamento de um prémio) autónomos, quer o warrant seja objeto de negócio de disposição anteriormente ao exercício ou quer seja exercido, neste último caso independentemente da forma de liquidação.

Tenha em mente que quando estiver a preencher a declaração de IRS de 2018, as mais valias são declaradas através da utilização dos anexos G e G1.

Veja também: Como preencher o IRS passo a passo

2 – Anexos da declaração de IRS utilizados

No caso de ter em 2017 vendido um imóvel ou títulos de investimento, o anexo que tem de preencher é o G, já que o mesmo serve para declarar as mais valias e menos valias obtidas nesse ano.

Tenha em mente que este anexo não funciona de forma individual, e por esse motivo é necessário incluir os incrementos patrimoniais auferidos pela totalidade do seu agregado familiar.

2.1 – Como calcular as mais valias resultantes da venda de um imóvel?

Independentemente de estar a calcular a mais valia ou menos valia resultante da venda de um imóvel, a formula que tem de aplicar é a seguinte:

Valor da venda – despesas decorrentes da ação de compra e venda – encargos assumidos nos últimos cinco anos, com a valorização

Tenha também em conta que a tributação incide sobre 50% do valor do lucro, contudo, os sujeitos passivos podem ser excluídos dessa tributação se houver reinvestimento do valor da mesma na compra de uma habitação própria e permanente (devendo neste caso ter em conta as condições específicas para esta isenção) ou se o imóvel vendido tiver sido adquirido antes de 1 de janeiro de 1989.

Mas, isso não significa que a venda não deva ser incluída na declaração de rendimentos do vendedor. Neste caso, deve incluir a mesma no quadro 5 do anexo G1 (que tem meramente um fator informativo).

2.2 – Como calcular mais valias no IRS 2018 referentes a ações?

Quando falamos de mais valias decorrentes da venda de títulos de investimento ou ações, as taxas aplicadas de forma autónoma são de 28% (que já foram retidos pela empresa que pagou as mesmas).

No preenchimento da declaração de IRS em 2018, pode ainda optar pelo englobamento dos rendimentos em detrimento da tributação autónoma assumida por defeito.

As mais valias referentes a ações devem ser igualmente declaradas no anexo G. Tenha também em conta que os rendimentos resultantes da aplicação de capitais sujeitos a taxas especiais ou liberatórias devem ser declarados no Anexo E, assinalando a opção quadro 4A (tributação autónoma).

Optando pelo englobamento deve também assinalar essa opção por baixo do quadro 4A.

3 – Anexo G1 – Mais valias não sujeitas a tributação

As mais valias que foram recebidas no ano a que diz respeito a declaração (neste caso 2017), mas que não estão sujeitas a tributação devem ser declaradas através do anexo G1 (mesmo quando não existe incidência de tributação é obrigatório incluir a informação sobre as mais valias no IRS) de forma meramente informativa.

Esperamos ter esclarecido as suas dúvidas relativamente a este tema e ter facilitado a entrega destes anexos na declaração de IRS de 2018.

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2018-04-13T18:12:37+01:00 13/04/2018|Categories: Impostos|Tags: |

About the Author:

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt

61 Comments

  1. Francisco Chasqueira 30/09/2019 at 19:14 - Reply

    Comprei um terreno rústico a um primo meu em 1998 por 250 contos ou seja 1250€ ele não declarou no irs eu quero denunciá-lo como fazer? Pois ele está-me a fazer certas exigências agora que eu vendi o terreno.

  2. Manuela Silva 21/05/2018 at 23:49 - Reply

    Sou residente no Reino Unido e vendi em Portugal um apartamento que estava alugado. Vou utilizar o valor da mais valia para pagar habitacao propria permanente no Reino Unido. Estou isenta?, ou pelo facto de o apartament ter estado alugado perco o direito a isencao?
    Obrigada

  3. Jose Rodrigues 21/04/2018 at 19:45 - Reply

    Boa tarde, comprei através do BPI em Portugal ações de uma empresa francesa cotada no CAC 40. Como devo declarar a venda dessas ações ? No anexo G juntamente com as ações portuguesas ? Ou tenho que declarar à parte noutro anexo ? Obrigado.

  4. Luis Tavares 19/04/2018 at 11:01 - Reply

    Gostaria de saber onde considero uma Herança recebida em dinheiro, na Declaração de IRS de 2017?

  5. Sérgio 04/01/2018 at 03:35 - Reply

    Boa noite,
    À 2 anos comprei 800 acções a 1,55€, agora vendias por 3,6€. Como declaro e qual o cálculo do imposto?

  6. albino 08/11/2017 at 14:54 - Reply

    Divorciei-me este ano e tínhamos um imóvel comprado durante o casamento, sendo que era habitação permanente em acordo do divorcio ficou acertado que a outra parte ficaria com imóvel, e assumia o valor da divida restante, e não haveria lugar a tornas ( não recebi valor nenhum pela cedência):
    dados:
    valor da aquisição 90000€, valor do empréstimo bancário 80000€, adquirido em 2002.
    valor em divida a data de cedência do empréstimo da casa 50000€, valor patrimonial 69000€.
    Qual o valor que as finanças consideram ou o que tenho de declarar? Afinal não vendi.

  7. Andreia Sampaio 07/09/2017 at 01:13 - Reply

    Boa noite. Sou Enfermeira e tenho que declarar um acto isolado de 1900 euros. como faço e quanto tenho que pagar ao IRS?

  8. Jorge P 31/05/2017 at 15:52 - Reply

    Boa tarde
    A minha questão é:
    A minha mãe faleceu, e na “escritura de partilhas” entre bens imóveis e moveis, com um valor de 63000, que dividido por 3 dava cerca de 21000 para cada um. No entanto e por acordo entre nos, os bens não foram repartidos por valores mas por “lotes”, assim, eu tive que entregar aos meus irmãos (porque os valores patrimoniais são diferentes…), a um 6000 e a outro 12000, para que todos ficasse-mos com o valor respeitante de 21000.
    assim, a pergunta é, são estes valores por mim dados aos meus irmãos considerados mais valias para eles? , é que não houve vendas, mas sim um acerto de valores patrimoniais. Mesmo em futura sede de IRS que devemos fazer, qualquer um de nós, uns pq receberam e eu pq dei “tornas…”
    Obrigado

  9. Deonilde Frias 28/05/2017 at 16:55 - Reply

    Boa tarde
    Estou com muitas dúvidas com o preenchimento do anexo G do mod.3. Fui pedir informações às finanças mas fiquei ainda mais confusa.
    Então é assim:
    -Em 1991 adquiri com o meu marido um apartamento pelo valor de € 34.916,00 (sete mil contos na altura).
    -Meu marido faleceu em 1994, ficando como herdeiras, eu e minha filha.
    -Em 2016 vendemos o apartamento por € 55.000,00, embora tivesse um valor patrimonial e 74.060,00 desde 2013.
    a minha dúvida são os valores que cabem a cada uma de nós na aquisição e na realização.

  10. francisco machado 22/04/2017 at 10:52 - Reply

    francisco machado 22.04.17

    vendi um andar o ano passado 2016, vou declarar esta ano 2017… quando vendi tinha uma divida ao Banco, posso deduzir esse valor nas mais valias a declarar.

    cumprimentos,

    obrigado

  11. Jorge Borges 11/04/2017 at 17:35 - Reply

    Herdei, em 2009, uma casa por 1.500€. Em 2012 a mesma foi avaliado passando o VPT a ser de 20.000€ e é sobre este valor que tenho pago o IMI. Entretanto, em 2016 vendi a casa por 30.000€. A mais-valia é a diferença entre os 30.000 e os 1.500 ou os 30.000 e os 20.000?
    Ainda não sei se vou reinvestir numa outra habitação própria e permanente. Existe alguma penalização se eventualmente não aplicar o valor da venda?
    Obrigado

  12. Conceição Mendes 02/04/2017 at 00:13 - Reply

    Vendi acções em Janeiro de 2016 ( EDP renováveis) que comprei em 2011, por um valor mais baixo do que eu adquiri tenho que declarar no IRS de 2017?

  13. Maria 15/03/2017 at 14:13 - Reply

    Boa tarde.
    Vendi um imóvel em 2016 e em 2017 vou adquirir um novo. Como declarar as mais valias, e como sei se vou pagar as mais valias. No IRS qual o anexo que tenho de preencher.

  14. Carla 23/02/2017 at 10:00 - Reply

    Em Julho de 2016 comprei uma casa, mas só vendi a que tinha em Novembro do mesmo ano.
    Tenho mais valias a pagar?
    E qual o anexo a preencher?

    Obrigado

  15. Maria Teresa Pinto 02/02/2017 at 22:58 - Reply

    Herdei um prédio no qual eu já vivia, num dos andares há mais de 10 anos e é a minha morada fiscal. Acontece que o prédio não está em propriedade horizontal, mas as finanças no IMI já atribuem valores patrimoniais diferentes ao res-do-chão (para comércio),ao primeiro andar para habitação e´ao segundo andar também para habitação, que é onde eu moro. Vendi o prédio porque já estava muito degradado e agora dizem-me que não fico isenta de mais valias na compra de uma casa morada de família, porque o que vendi foi um prédio. Mas eu tinha lá a minha morada de família! O que devo fazer?

    Muito obrigada
    Cumprimentos.
    Maria Teresa Pinto

  16. Vanessa 01/02/2017 at 19:23 - Reply

    Boa tarde,

    Uma determinada pessoa compra uma casa sem recurso à crédito. No final desse ano decide comprar uma 2ª casa com recurso a crédito de habitação. E no início do ano seguinte decide vender à 1ª casa que comprou. O valor da venda da 1ª casa pode ser utilizado como reinvestimento na 2ª casa que comprou? Tendo em conta, que a venda só ocorre depois da compra da 2ª casa destinada à habitação própria e permanente.

  17. Patrícia Vaz 25/01/2017 at 17:41 - Reply

    Boa tarde,

    Comprei um imovel em setembro de 2015 pelo valor de 79000,00 euros com recurso a credito bancário, do qual ainda falta pagar 75000,00 euros.
    Estou em vias de vender o imovel por 122500,00 euros e usar parte desse dinheiro para liquidar o que falta do empréstimo que contrai.
    No ultimo ano fiz uma remodelação da habitação tendo gasto aproximadamente 20000,00 euros.

    Gostaria de saber qual o valor da mais valias e o que isso poderá significar em termos de pagamento de impostos?

    Obrigada.

    Patrícia Vaz

    • Carlos 23/05/2017 at 23:24 - Reply

      comprou por 79.000, e se vender por 122500… terá uma mais valia de 43.500€ sendo que metade (50%) será para os chulos do estado.. poderá sempre apresentar as despesas das obras/remodelações efetuadas (se as pagou com fatura, pq se foi pela porta do cavalo esqueça).
      pode ainda, se vendeu a casa por uma imobiliária, declarar essas despesas, que são 100% dedutiveis.

  18. Maria Vasconcelos 24/01/2017 at 23:38 - Reply

    Boa noite, a minha mae tem um imóvel comprado e 1986 que não chegou a 5000 euros (na altura seria escudos), está a pensar em vende-lo por 60.000 euros. Está isento de mais valias? Já li em vários sítios que imoveis adquiridos até 1989 estavam isentos, mas no banco já lhe disseram que não está isento.
    Agradeço esclarecimento por favor.
    Obrigada

  19. Graça Maria Guedes da Maia 15/12/2016 at 19:54 - Reply

    Comprei um terreno rústico em 2014 por 5.000 Euros tendo como despesas de escritura 550.00Euros.
    Fiz melhoramentos com facturas registadas no valor de 850.00 Euros.E muito trabalho manual que valorizou mas impossível de contabilizar.
    Vendi este mesmo terreno em 2016 por 29.000 Euros.
    Pretendo saber quais as mais valias que me vão ser colectadas pelas finanças e como terei de as declarar.

  20. Maria Eduarda Reis 14/12/2016 at 21:07 - Reply

    Boa noite,
    Vendi um apartamento por 60.000.00, que estava arrendado e tinha sido adquirido, na década de 60, era eu ainda criança, pelos meus tutores, por ordem judicial a fim de ser reinvestido um valor que me cabia em herança por morte dos meus pais. Tenho que pagar mais-valias e declarar no IRS? E como as calculo uma vez que não sei quanto custou o imóvel que agora vendi, nem tenho a escritura. Há algum organismo onde a escritura tenha que estar registada e possa pedi-la? Caso se trate de mais-valias não tributáveis, basta inscrever no anexo G1 o valor da venda, não pondo nada na data e valor da compra?
    Obrigada pela V/ajuda.

  21. José Ribeiro 26/11/2016 at 23:03 - Reply

    Boa noite, comprei um imóvel rústico através de um leilão electrónico das finanças, por 1.305,00 €, tendo pago a quantia de 75€ de IMT e Imosto de Selo, mais 86€ para registo na CRP. Vendi o referido imóvel pela quantia de 5.250,00€ e comprei com este dinheiro outro imóvel rústico, pela quantia de 605,00€. Pergunto como, e o que devo declarar em IRS?
    Desde já o meu agradecimento.
    Com os melhores cumprimentos
    José Ribeiro

  22. Maria Lurdes Meireles 17/11/2016 at 15:00 - Reply

    Comprei um apartamento em 1990 por 4 milhões e 200 mil escudos. Contraí para a compra um emprestimo bancário cujo pagamento concluí em 2011.
    Vendi o apartamento por 45.000 euros em 2016.
    O apartamento nunca foi minha residência permanente. Esteve alugado 3 anos, o resto do tempo fechado.
    Como devo proceder com as mais valias?
    Obrigada
    Maria Meireles

  23. José Cunha 05/11/2016 at 19:18 - Reply

    Comprei um apartamento em 2005 e declarei o respectivo valor da escritura. As finanças não aceitaram o valor da escritura e reavaliaram o apartamento em mais 30% do valor. Por esse facto tive de pagar mais IMT e selo, relacionado com o novo valor.
    Pergunto: Quando vender o apartamento o valor a considerar para o cálculo da mais-valia é o da escritura ou o valor calculado pelas finanças ?
    Obrigado

  24. Amélia Tavares 27/10/2016 at 02:50 - Reply

    Boa noite, comprei a minha casa em 1997 por 60.000 euros e vendi este ano por 96.500 euros e despesas com a imobiliária de 6.000euros. Na altura da compra fiz um empréstimo bancário e em 2009 fiz uma hipoteca voluntária no valor de 78.000 euros. Qual o valor de mais valias a pagar visto não ter ficado com nenhum valor da venda da casa porque liquidei a hipoteca.

    Com os melhores cumprimentos

  25. Ricardo Carreira 23/10/2016 at 20:07 - Reply

    Boa Noite
    Estou a pensar vender a minha moradia por 160000€, que adquiri em 2011 por 140000€.
    a ideia é construir outra de raiz , logo a seguir à venda.
    Estarei sujeito a ter que pagar alguma coisa ao fisco?

    ATT
    Ricardo Carreira

  26. António Jesus Santos 15/10/2016 at 11:27 - Reply

    Bom dia, Vendi um apartamento por 112.500€, comprado em 1991 por 29.675,81€ e despesas de venda, com uma Imobiliária por 6.918,75€, depois de fazer a simulação vem as mais valias de 24.450,23€, estará certo? Pergunto quanto tenho de pagar ao Fisco?

    Os melhores cumprimentos

  27. Carlos Cardoso 04/09/2016 at 00:50 - Reply

    Boa Noite.
    Necessito da vossa ajuda.
    Comprei um apartamento em 2003 pelo valor de 165.000,00€ tendo sido feito 2 Empréstimos bancários para a sua aquisição. Um escriturado em 100.000,00€ e outro por 65.000,00€.
    Este ano vendi esse apartamento por 129.500,00€. e não adquiri, nenhum imóvel.
    Será que existe mais valias, nesta compra e venda.

    Atenciosamente
    Carlos Cardoso

  28. Isabel Alves 02/09/2016 at 21:54 - Reply

    Boa noite, séra que me poderão responder a seguinte pergunta, recebi uns imóvel de herança ao qual já foram vendidos e não apliquei o dinheiro da venda gostaria de saber qual a taxa afixada pelo fisco que tenho que pagar e se é sobre o dinheiro todo ou só metade
    Muito obrigada

  29. Filipe Pereira 19/07/2016 at 14:39 - Reply

    Boa tarde.
    Em 2000 o meu e seus dois sócios, compraram um terreno e construíram uma oficina de mecânica no valor total de 70.000€.

    O meu pai faleceu no ano passado, passando eu e a minha irmã como herdeiros.

    Este ano vai ser vendido o terreno e adita construção por 75.000€.

    Gostava de saber qual será o imposto a pagar pela venda.

    Obrigado

  30. Luis 15/07/2016 at 16:39 - Reply

    Boa tarde,

    Vendi um apartamento este ano por 125000 euros que tinha adquirido em 2006 por 160000 euros logo não tenho mais valias. Trabalhando eu no estrangeiro e por conseguinte não apresentando IRS em Portugal, assim mesmo sem mais valias terei que fazer alguma declaração ?

    Obrigado,
    LB

  31. Ricardo Andrade 12/07/2016 at 13:41 - Reply

    Boa tarde. Em 2010 comprei um apartamento pelo valor de 129000.
    Em 2014 permutei esse apartamento por uma casa (de valor patrimonial inferior). Agora vou vender a moradia.

    Qual o valor que indico relativamente à compra da moradia que agora vou vender?

    Obrigado

  32. J.Ferreira 28/06/2016 at 16:10 - Reply

    Quando submeti o meu IRS relativo aos rendimentos de 2015, não preenchi o anexo G, relativo à venda de um imovel,por,na altura não ter presentes todos os documentos de despesa. Qual o prazo para entregar uma declaração de substituição? E há alguma coima a pagar?

  33. Jorge Borges 28/06/2016 at 12:27 - Reply

    Herdei em 2009 uma casa por herança, cujo valor patrimonial a essa altura era 3.544€, e que desde 2013 o VPT é 10.000€ e vou vende-la por 40.0000€.
    Não vou investir o dinheiro em nenhuma habitação própria.
    paguei a agência imobiliária 20 500€, de comissão, sem o IVA e o certificado energético, mais cerca de 350€,
    O valor da mais valia é 40.000€ – 3.500€ ou de 40.000€ – 10.000€.

  34. Ilídio Ribeiro 05/06/2016 at 16:36 - Reply

    Boa tarde,

    Necessito da vossa ajuda pf.

    Comprei uma casa em Dezembro de 2012 pelo valor de 100 000€ pedi ainda uns emprestimos para obras no valor de 15000€ . Em junho do Ano passado vendi a casa por 195 000€, paguei á imobiliaria 10000€ de comissão, liquidei os creditos a outra casa e passado um mes comprei um apartamento por 130000€.
    Tenho duvidas sobre o que declarar e o que não devo declarar e se tenho de pagar alguma mais-valia e quais os anexos.
    As despesas de compra e venda tb são para declarar?

    Alem de estar a fazer

  35. Abel Rodrigues 27/05/2016 at 14:43 - Reply

    Boa tarde,
    O meus avós tinham uma participação numa sociedade e o ano passado o meu fez 1 contrato de cessão de quota no qual recebeu perto de 5000€ eu como herdeiro da minha minha avo que já faleceu por parte da minha mãe também falecida eu e as minhas 2 tias somos herdeiros e assinamos esse contrato. Acontece que eu esqueci-me e não declarei o valor no IRS… O que devo fazer agora? Quais as consequências de não ter declarado.

  36. Vitor Pinheiro 22/05/2016 at 11:27 - Reply

    Bom Dia, poderão responder à pergunta: Como funciona a correção monetária na venda de apartamento?
    Deve inserir-se o valor real da compra ou aumentá-lo do valor da dita correção?
    Muito obrigado

  37. Gilda Nascimento 17/05/2016 at 22:32 - Reply

    Recebi em 2007 uma casa por herança, cujo valor patrimonial a essa altura era 105590€, e que agora está com um valor de 112 880€ e vendi-a em 2015 por 410 000€
    paguei a agência imobiliária 20 500€, de comissão, sem o IVA e o certificado energético, mais cerca de 350€,
    Vou reinvestir no prazo dos dois anos cerca de 220 000€, numa habitação própria e permanente.
    Qual o valor das mais Valias a inserir no IRS, que será tributado á taxa devida, depois de englobar os outros rendimentos?

  38. jacinto paulo da silva 13/05/2016 at 10:53 - Reply

    Comprei um apartamento em 2013 por 145,000 euros e vendi em 2015 por 205,000 euros com despesas de 3,000 euros tendo em conta que a tributação incide em 50% do lucro e nós com um rendimento anual na casa dos 9,000 euros quanto vou pagar de irs
    Obrigado

  39. Manuel Amaro Marques 06/05/2016 at 13:11 - Reply

    Nas partilhas de meus pais recebi de tornas 35.000 euros. Sei que tenho que declarar este valor em irs no proximo ano para ser tributado em 50 %. Vou fazer obras de ampliação na minha casa. Posso meter esta despesa em irs ? Obrigado. M.Amaro

  40. António Santos 03/05/2016 at 22:53 - Reply

    Boa noite,

    Tenho uma questão a fazer pois estou com dúvida, é que tendo acções no banco a render é necessário declarar
    no irs? Se é necessário em que anexo é que é? Tenho de preencher o irs agora em maio.

  41. Manuel Fernandes 14/04/2016 at 00:24 - Reply

    Como funciona a correção monetária na venda de apartamento?
    Deve inserir-se o valor real da compra ou aumentá-lo do valor da dita correção?
    Muito obrigado

  42. Manuel Fernandes 14/04/2016 at 00:20 - Reply

    Posso deduzir menoe valias de açoes no caso de Mais Valias ne venda de um apartamento?
    Obrigado

  43. conceicao 11/04/2016 at 21:55 - Reply

    Sou trabalhador por conta de outrem,vendi acções em 2015 que comprei em 2014 ,qual a altura de entregar o IRS…
    onde declarar,obrigada

  44. José Leite 08/04/2016 at 18:08 - Reply

    Boa tarde.
    Em 2015 vendi 211 acções da AXA França a 22,45 € que tinha adquirido em 2009 por 18,45 €. Em que anexo terei de declarar esta mais valia? E, por se tratar de um rendimento relativo a uma entidade emitente francesa, terei de preencher também o anexo J? E o valor sujeito a tributação é o que corresponde ao total da mais valia?
    Obrigado pelo esclarecimento.

  45. Maria Trindade 08/04/2016 at 01:32 - Reply

    Boa noite gostaria que me informassem se é possível deduzir nas mais valias resultantes da venda de um imóvel, as despezas nâo só de mediaçâo imobiliária,como também de promoçâo feita no exterior do país com vista á referida venda,sendo eu um investidor privado.Desde já agradeço a atençao dispensada.

  46. Maria Trindade 08/04/2016 at 01:24 - Reply

    Boa noite, gostaria de saber se é possível deduzir ás mais valias nâo só as despezas de comissâo imobiliária, cotmo também de promoçâo, de dessa venda no exterior, obrigado

  47. Luis Lopes 07/04/2016 at 12:10 - Reply

    Como faço para declarar a venda de uma exploração florestal ( eucaliptos)

  48. CARLOS 07/04/2016 at 01:04 - Reply

    Boa noite
    a minha mae com 80 anos vendeu o ano passado 2015 uma parcela de pinheiros ( na minha aldeia ) pelo valor de
    2300€, terá que os declarar no irs dela ?
    muito obrigado

    • Ricardo Rodrigues 15/04/2016 at 17:05 - Reply

      No seguimento da sua questão esse valor vai ser necessário declarar no IRS da sua mãe, no entanto sendo um ato isolado deve ser entregue no anexo B (que tem obrigatoriamente de ser entregue pela internet e na 2ª fase da entrega da declaração).
      Pode saber aqui: https://www.nvalores.pt/declarar-um-ato-isolado-no-irs/ como proceder à entrega da mesma.

  49. CARLOS 07/04/2016 at 01:01 - Reply

    BOA NOITE
    VENDI UM CARRO VELHO POR 300€ INCLUSIVE FOI A SUCATA
    TENHO QUE DECLARAR ESSA VENDA NO MEU IRS ?
    OBRIGADA

    • Ricardo Rodrigues 15/04/2016 at 17:04 - Reply

      Boa tarde Carlos,
      No seguimento da sua questão, não necessita de declarar a venda desse carro no IRS. Tendo sido um ato isolado os valores até 1900€ encontram-se isentos de apresentação do mesmo na declaração de IRS.

  50. Claudia Ventura 06/04/2016 at 15:51 - Reply

    Boa tarde vendi em 2015 um andar que me foi doado pelo meu tio em 1996. O andar foi comprado pelo meu tio em 1970 e esteve sempre arrendado a um inquilino que faleceu em 2015. O valor da venda em 2015 foi inferior ao valor patrimonial do apartamento. Não resido nem trabalho em Portugal há doze anos e o meu único rendimento em Portugal era a renda que recebia deste inquilino, que sempre declarei no anexo F do IRS. Este ano não sei como fazer. Onde devo declarar as 4 rendas recebidas em 2015? Há mais valia a declarar pela venda do apartamento e em caso afirmativo, como devo declarar? Obrigada

    • Joao Barros 09/05/2016 at 12:21 - Reply

      Exactamente a mesma situacao que eu.. tambem gostava de ter uma resposta!

  51. Isabel Cartaxo 23/03/2016 at 02:20 - Reply

    Boa Noite
    Em 1969 o meu pai, casado com comunhão de adquiridos herdou 1/3 da casa dos meus avós.
    Em 1995 comprou os 2/3 restantes às suas duas irmãs, ficando os meus pais com 100% do imóvel. O valor patrimonial do mesmo era na altura de 330,000 escudos (cerca de 1800 €)
    Em 2000 o meu pai faleceu, tendo eu, meus irmãos e minha herdado a referida casa.
    Em 2015 vendemos o imóvel por 30 000€ apesar do valor patrimonial ser de 70 000€.
    Como calculamos as mais valias? O fator de correção é apenas de 1,52 (ano de 1995) ou podemos contar com algum fator de correção do anos de 1969 que era de 59,89.
    Obrigada

  52. Jorge Borges 28/02/2016 at 19:56 - Reply

    Em 2015 vendi a minha parte à minha cunhada de um imóvel, herança dos meus pais,. Estou confuso como vou preencher as mais valias no IRS. O imóvel foi construído antes de 1986 e ainda estávamos como herdeiros.

    Obrigada

  53. Laura Gouveia 24/02/2016 at 15:50 - Reply

    Boa tarde vendi em 2015 um andar que herdei do meu pai. o andar foi comprado em 1974 e herdei em 2009 com a minha mãe que era casada com comunhão de bens. como devemos declarar nas finanças.Obrigada

  54. Rui Santos 21/05/2015 at 13:23 - Reply

    Boa tarde,

    Sou trabalhador por conta de outrem e também passo recibos verdes.
    Em 2014 vendi um automóvel sou obrigado a declarar a sua venda? Se sim, qual o anexo?

    Obrigado,
    RS

  55. Fernando 14/05/2015 at 03:50 - Reply

    Boa noite,

    Como é que se faz para declarar, se tivermos muitos movimentos que a quantidade de espaços no formulário?

  56. Artur Silva 01/03/2015 at 14:26 - Reply

    Em 2013 comprei ações da companhia para a qual trabalho, no entanto só as vendi em 2014.
    A minha dúvida é a seguinte: qual o anexo que devo utilizar uma vez que a sede é fora do pais, o anexo J ou o G?

    Obrigado,

Leave A Comment