Crédito Rápido online até 75.000 € 2019-10-07T19:16:31+01:00

Crédito Rápido até 75.000 €

Outubro de 2019

Simulação de crédito rápido em todas as instituições

Montante 123
Prazo 123
  • Opções
  • Sem custos de amortização
  • Sem comissão de abertura
  • Pedido 100% online
Ordenar por:
Encontrámos empréstimos para a sua simulação
Encontrámos 1 empréstimo para a si
Lamentamos informar, mas não encontrámos resultados para a sua simulação. Por favor volte a tentar.
Mostrar mais

Comparação de empréstimos rápidos

Os empréstimos pessoais já se tornaram um dos meios habituais de obter financiamento rápido, quer seja para resolver uma situação urgente, ou para simplesmente realizar um sonho. O crédito pessoal rápido constitui a primeira linha de solução para uma boa parte da população.

É inegável que este tipo de crédito oferece sobretudo uma grande vantagem por parte do credor, não existirão perguntas relativamente à finalidade do dinheiro que será emprestado. Para algumas pessoas isto é de facto algo importante, dado que permite que utilizem o dinheiro como bem entenderem.

Quem procura um financiamento rápido, está geralmente numa situação em que não pode perder tempo. Devido a experiências anteriores, muitas pessoas sabem que os trâmites normais de financiamento por parte das entidades bancárias podem ser exasperantes, morosas e incrivelmente burocráticos e por isso preferem procurar outras alternativas.

É com base nestes pressupostos, que muitas pessoas procuram um crédito rápido. Mas como vamos ver de seguida,  este tipo de empréstimo não acarreta apenas vantagens

Aspetos a ter em conta ao pedir um crédito rápido

Como acabámos de enunciar, apesar de constituírem uma solução muito tentadora, os empréstimos pessoais rápidos também possuem algumas caraterísticas que obrigam a que tenha uma atenção redobrada na altura de o tentar obter.

Caso resolva seguir com o pedido de crédito, antes deve analisar um conjunto de fatores, para garantir que está a fazer a opção mais barata possível. Explicamos tudo em seguida:

Comece por olhar para a TAEG das várias opções

TAEG significa Taxa Anual Efetiva e basicamente é uma taxa que engloba todos os encargos que irão ser somados ao financiamento. Existe uma grande disparidade na TAEG apresentada por diferentes entidades, pelo que é seguramente útil fazer uma pesquisa antes de tomar uma decisão.

Se possível, opte por um prazo de pagamento curto

Quanto mais depressa conseguir pagar o empréstimo, menor será o custo total do seu crédito. Informe-se também se há alguma penalização pela amortização antecipada e/ou qual.

Não pague demasiado pelas comissões

O crédito pessoal rápido é uma área extremamente competitiva, pelo que as comissões devem ser sempre negociadas. Tente baixar as comissões de abertura de processo ou de manutenção e não aceite os primeiros números que lhe apresentarem.

Garanta que está a fazer um crédito pessoal com as melhores condições possíveis

Como o ditado popular diz “a rapidez é inimiga da perfeição”, neste caso podemos dizer que um financiamento rápido é inimigo de quem pretende obter as melhores condições do mercado.

Isto não quer dizer que os créditos pessoais rápidos não tenham boas condições, pelo contrário, há algumas entidades que apresentam TAEG bastante atrativas, mas a verdade é que, tal como já foi dito, por norma a pessoa precisa de dinheiro urgente, reduzindo assim o tempo disponível para pesquisar e negociar as melhores condições.

Geralmente, quem contrata um crédito rápido analisa apenas um ou dois créditos no máximo, acabando por contratar o crédito que apareceu em primeiro lugar e não aquele que oferecia melhores condições.

É crucial dedicar algum tempo a procurar as condições mais vantajosas do mercado, já que pagar menos pelo financiamento também vai ajudar a manter as suas finanças mais controladas. De forma a facilitar a sua pesquisa o NValores desenvolveu um comparador de créditos que pode utilizar sempre que necessário.

Analise bem os seguros obrigatórios e opcionais

Tal como os outros tipos de créditos existem serviços de seguros obrigatórios e opcionais que poderão, ou não, ser vantajosos de contratar.

A maioria das pessoas julgam que a contratação de seguros associados ao crédito pessoal rápido só vai fazer com que a mensalidade aumente, mas é preciso compreender que estes seguros têm mesmo o objetivo de ajudar o devedor em caso de necessidade.

O seguro de proteção em caso de desemprego pode ser uma mais-valia muito importante, pois permite uma isenção do pagamento das mensalidades normais durante 6 ou 12 meses (de acordo com o seguro contratado), sempre que houver uma situação de desemprego inesperada.

Qualquer pessoa que se encontre numa situação laboral precária deve olhar para este seguro e considerá-lo como uma vantagem e não apenas um aumento de custos. É verdade que o ideal será nunca ativar o seguro, mas se o pior acontecer será mais fácil de contornar o problema.

Alertamos contudo, para a necessidade de ler atentamente as condições associadas ao seguro que pondera subscrever, já que em muitos casos, existem inúmeras exceções e situações que o seguro não cobre. Na hora de contratar um seguro é sempre essencial ler as letras pequenas.

Avalie se a contratação de serviços extras compensa mesmo

Muitas instituições bancárias que promovem os créditos pessoais rápidos oferecem a contratação de outro tipo de serviços bancários com o objetivo de baixar a TAEG do crédito a contratar, no entanto é preciso fazer as contas para ver se isso compensa.

Por exemplo, muitos bancos promovem a adesão à conta-ordenado, seguros ou planos de saúde ou o agendamento automático de pagamentos por débito direto. Todos estes serviços podem ter custos mensais, ou seja, o valor que poupa com a descida da TAEG pode ser inferior ao valor que vai ter de despender todos os meses.

Faça bem as contas antes de avançar para a contratação de serviços bancários extras e avalie se esta decisão é realmente a mais acertada.

Apesar de se tratar de um crédito rápido deve ler, com muita atenção o contrato, assim como a respectiva FINE.

Os especialistas dizem que qualquer contrato ou documento importante deve ser lido três vezes. Na primeira vez faz uma leitura simples, na segunda leitura consegue esclarecer algumas dúvidas que tenham restado e a terceira e última leitura serve para se assegurar de que compreendeu todos os termos e que não restam dúvidas sobre o assunto.

As condições de amortização merecem sempre uma análise atenta e detalhada, porque nunca se sabe se um dia mais tarde não será vantajoso fazer uma consolidação de créditos ou até se não vai ganhar o Euro Milhões.

Não entre em ciclos viciosos de contratação de créditos

A maioria das pessoas que procuram um crédito pessoal rápido fazem-no numa situação de emergência financeira, ou seja, precisam do dinheiro o mais rápido possível para fazer face a despesas e dívidas eminentes que têm de saldar.

O problema desta situação é que ao fazer um crédito para saldar outras dívidas, a pessoa estará a aumentar os seus encargos mensais e é muito provável que alguns meses mais tarde volte a encontrar-se na mesma situação de emergência financeira.

Com o desenrolar deste tipo de situações, pode haver tendência de entrar num ciclo vicioso de contratação de créditos muito difícil de quebrar.

Mesmo que se pense que se está a fazer um crédito pessoal rápido para resolver um problema, a verdade é que se está a aumentar um problema a médio e longo prazo, fazendo com que a recuperação para uma situação financeira saudável seja cada vez mais difícil de alcançar.

O recurso ao crédito pessoal rápido nunca representa uma solução para os problemas financeiros e por isso deve ser utilizado de forma racional. Contudo, é verdade que em algumas situações o acesso a financiamento pode ajudar para obter algum equilíbrio momentâneo.

O importante é, antes de decidir se deve ou não avançar para a contratualização de um crédito pessoal rápido, olhar para a sua situação financeira atual e analisar se tem realmente condições para cumprir com o pagamento das condições acordadas.

Conclusões que deve retirar sobre a contratação de um crédito rápido online

Estes são os principais cuidados a ter com o crédito pessoal rápido. Nunca se esqueça que a contratação de um crédito deve ser um ato bem pensado e ponderado e que não deve ser algo feito por impulso.

Qualquer crédito pessoal terá um impacto significativo no seu orçamento mensal por um determinado período de tempo, por isso nunca deixe que a urgência lhe retire capacidade de análise.

Precipitar-se na hora de escolher o crédito pessoal rápido mais adequado para as suas necessidades, pode conduzir a problemas futuros, como a incapacidade de realizar o pagamento das prestações do empréstimo e consequentes problemas bancários.

Na eventualidade de entrar em incumprimento, a entidade credora pode e deve emitir um aviso ao Banco de Portugal, o que o levará a ficar impossibilitado de pedir qualquer tipo de crédito em qualquer instituição financeira até regularizar a mesma.

Procure sempre alternativas mais vantajosas e sobretudo, retire algumas horas para fazer simulações. Os simuladores de créditos são uma ótima forma de perceber quais serão os seus encargos com o crédito pessoal rápido, no futuro.

Com esta informação, o NValores espera ter conseguido ajudá-lo/a a realizar uma boa decisão sobre se deve avançar ou não para a contratação de um crédito pessoal rápido. Caso queria realmente avançar, utilize o nosso simulador para encontrar a opção mais barata, atualmente disponível no mercado.