Crédito em linha: O que é e como obter?

Tendo em conta a conjetura atual, são poucas as pessoas que não têm pelo menos um cartão de crédito. E, a verdade é que quem possui um cartão de crédito pode conseguir um dinheiro extra de forma flexível, este designa-se por crédito em linha.

Porém é preciso ter alguns cuidados com o mesmo.

Quem utiliza cartão de crédito, certamente já deve ter ouvido falar do crédito em linha. Esta é uma funcionalidade que alguns cartões possuem e consiste numa espécie de crédito pessoal.

Como sabemos que este é um tema pouco debatido e que suscita inúmeras dúvidas, o NValores resolveu esclarecer todas as dúvidas que possam existir.

A seguir iremos falar do que é o crédito em linha, como é possível obter este apoio e que cuidados deve ter ao contratar este produto financeiro.

O que é o crédito em linha?

Antes de explicarmos como é possível obter este crédito, é importante esclarecer o que é o crédito em linha e como funciona.

Todos os cartões de crédito possuem um limite de utilização que é designado de plafond. O plafond representa o valor máximo que o titular do cartão pode usufruir. Sendo que através do pagamento mensal das prestações, o valor disponível vai sendo ajustado.

Caso este montante não seja suficiente para o titular do cartão, é possível solicitar um valor extra na forma de crédito em linha.

Como funciona o crédito em linha?

Quem tem o crédito em linha disponibilizado pela instituição bancária receberá o valor na forma de depósito na sua conta à ordem. Isso quer dizer que pode utilizar o dinheiro imediatamente.

Basicamente, é definido um montante máximo de crédito que poderá ser utilizado como pretendido. O pagamento pode dar-se de forma faseada ou na totalidade, e o dinheiro disponível pode ser utilizado sempre que houver essa necessidade.

Há também a possibilidade de amortizar o empréstimo sempre que desejar. Optando pela sua amortização estará a libertar capital para pedir emprestado no futuro.

Apesar desta flexibilidade, existe um valor mínimo que terá de ser pago. É importante frisar que este é geralmente definido para cobrir o valor dos juros e evitar assim que todos os meses aumente o valor em dívida.

O montante extra tem basicamente as mesmas características de um empréstimo pessoal. Ou seja, a este será acrescido uma taxa de juro que pode ou não corresponder à taxa de juro do cartão de crédito.

Considere ainda que o pagamento do crédito em linha é feito através de prestações mensais, pelo prazo acordado entre o titular e a instituição bancária.

Como obter este crédito?

Para ter acesso a este dinheiro extra, primeiramente é preciso ter um cartão de crédito, já que se trata de uma funcionalidade a ele vinculada.

Quem possui a intenção de solicitar o crédito em linha deverá entrar em contato com a instituição financeira emissora do cartão. Isso porque será esta a proceder à transferência do valor para a conta à ordem do titular.

É interessante mencionar que algumas instituições disponibilizam até 90% do valor associado ao saldo disponível do titular do cartão.

Qual a diferença entre um crédito em linha e um cartão de crédito?

Apesar do crédito em linha estar vinculado ao cartão de crédito, a sua forma de obtenção e utilização é completamente diferente.

O cartão de crédito é utilizado como forma de pagamento em estabelecimentos e que pode ser reutilizado sempre que houver necessidade (uma vez que o montante do plafond vai sendo reposto com os pagamentos que vão sendo realizados).

Porém, quando falamos do crédito em linha, o valor extra é concedido em dinheiro (depósito) para que o titular do cartão o utilize como quiser.

Será vantajoso aceder a este tipo de crédito?

Como qualquer tipo de empréstimo a curto prazo é necessário ter cautela ao aceder a este tipo de financiamento. Assim, quais os cuidados a ter com o crédito em linha?

Conseguir dinheiro rápido é uma tentação, especialmente em momentos de aperto. Porém, ao mesmo tempo, o que seria uma solução pode facilmente tornar-se motivo de endividamento.

Caso haja realmente a necessidade de dinheiro extra, vale a pena pesquisar algumas propostas de empréstimo pessoal e comparar as taxas de juro. Só assim poderá avaliar qual o tipo de crédito mais adequado para as suas necessidades.

Quando se trata de dinheiro emprestado, é muito importante informar-se sobre todas as características acerca do crédito, para que não haja problemas futuros.

Se está a pensar em solicitar um crédito em linha pondere se esta é a melhor opção para si. Caso verifique que não é a opção mais adequada procura uma opção que vá de encontro ao que realmente precisa.

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt