Soluções de crédito consolidado em Portugal (Veja os Exemplos)

Crédito consolidado em Portugal

Cada vez mais as famílias que se encontram com vários créditos a pagamento, acabam por recorrer ao crédito consolidado em Portugal com forma de organizar a sua vida pessoal e as suas próprias finanças.

No entanto, muitos ainda desconhecem como é que este tipo de produto financeiro funciona, quais as suas vantagens e onde é que o podem solicitar.

De forma a facilitar a sua vida, o NValores resolveu explicar-lhe o que é o crédito consolidado, quais as suas vantagens e quais as soluções existentes em Portugal para esta tipologia de produto.

O que é o crédito consolidado?

Com a crise financeira que Portugal está ainda a vivenciar, existem inúmeras famílias sub endividadas. De acordo com diversos dados partilhados pela Eurostat, as dívidas de milhares famílias portuguesas rondam os 112,59%, embora esta percentagem tenha vindo a diminuir consideravelmente ao longo dos últimos anos.

Assim sendo, o crédito consolidado em Portugal tornou-se uma alternativa viável, para famílias que já se encontram com dificuldades em fazer face ao pagamento das mensalidades dos seus empréstimos.

De forma simples, um crédito consolidado é um produto financeiro, destinado a consumidores que tenham diversos créditos distintos em vigor, com montantes e prazos de pagamento diferentes, e que permite juntar todos num único crédito.

Esta consolidação vai permitir-lhe renegociar todos os créditos que tem em vigor (com exceção dos que já foram renegociados anteriormente), permitindo-lhe baixar em até 60% as prestações que paga atualmente.

Vantagens do crédito consolidado em Portugal

Existem diversas vantagens associadas a esta tipologia de produto financeiro, de forma a que possa perceber um pouco melhor como funciona, veja de seguida as principais.

  • Em vez de N mensalidades, paga apenas uma;
  • Pode poupar mensalmente até 60% do valor que paga agora;
  • Prazos de pagamento mais extensos;
  • Possibilidade de juntar ao crédito consolidado o crédito habitação, dando o imóvel como garantia;
  • Redução da taxa de juro.

Quais são as soluções de crédito consolidado em Portugal

Existem atualmente em Portugal diversas entidades que lhe permitem aceder a este tipo de crédito. O NValores resolveu investigar, e apresentamos-lhe de seguida 5 soluções apresentadas pelas maiores entidades bancárias e financeiras a atuar em Portugal.

Conheça-os de seguida, de forma a ponderar se esta será ou não a solução ideal para si.

1 – Crédito Consolidado Credibom

Na Credibom pode consolidar os seus créditos juntando todos numa única prestação mensal.

As suas principais vantagens são:

  • TAN desde 9,5%;
  • TAEG desde 11,28%;
  • Financiamento até 50.000€;
  • Flexibilidade na escolha do débito da sua prestação mensal;
  • Prazos de pagamento adaptados (desde 24 a 96 meses);
  • Prazos, taxas e mensalidades fixas;
  • Possibilidade de subscrição de um seguro de proteção ao crédito;
  • Simplicidade e rapidez na decisão.

Veja a solução do Banco Credibom

2 – Crédito consolidado BPI

O BPI tem também à sua disposição este tipo de produto financeiro, que lhe permite poupar até 60% ao juntar todos os créditos num só.

As suas principais vantagens são:

  • TAN desde 9,5%;
  • TAEG desde 12,40%;
  • Financiamento alargado de valores;
  • Flexibilidade na escolha do débito da sua prestação mensal;
  • Prazos de pagamento adaptados;
  • Prazos, taxas e mensalidades fixas;

Veja a solução de consolidação BPI

3 – Crédito Consolidado Millenium BCP

O Millenium BCP também lhe disponibiliza este tipo de serviços, com características bastante atrativas.

Conheça-as de seguida.

  • Taxas de juro e mensalidades fixas;
  • Possibilidade de carência até 12 meses;
  • Financiamento de acordo com as suas necessidades;
  • Adesão simples e rápida.

Veja as soluções do Millennium BCP

4 – Crédito Consolidado Cofidis

A Cofidis tem também ao seu dispor este tipo de produto financeiro. Esta é uma das soluções de crédito consolidado em Portugal que lhe pode trazer diversas vantagens.

  • Montante de financiamento até 50.000€;
  • Pagamentos até 120 meses;
  • TAEG desde 13,8%;
  • TAN desde 12,15%;
  • Possibilidade de adesão a seguro de proteção ao crédito;
  • Adesão rápida e resposta célere.

Veja a solução da Cofidis

5 – Crédito Consolidado Novo Banco

O Novo Banco também lhe oferece a possibilidade de subscrição de um crédito consolidado em Portugal.

As suas vantagens são as seguintes:

  • Montante de financiamento até 50.000€;
  • Pagamentos até 120 meses;
  • TAEG desde 10,7%;
  • Adesão rápida e resposta célere.

Estas são 5 das melhores soluções de crédito consolidado em Portugal, que poderá avaliar em caso de necessidade.

Veja de seguida 2 exemplos reais de famílias que optaram pela consolidação de crédito de forma a voltarem a ter controlo das suas vidas financeiras.

Exemplos de consolidação de crédito em Portugal

1 – Conheça o caso da família Monteiro

A Família Monteiro tinha em vigor 3 créditos diferentes. Um crédito pessoal que solicitaram de forma a mobilar a sua casa nova, um crédito automóvel que os ajudou a comprarem o seu carro de sonho e ainda um cartão de crédito que utilizam sempre que é necessário fazer qualquer tipo de pagamento adicional.

Mensalmente, o agregado mensal auferia 1.500€ e pagavam pelos seus créditos 750€ (50% de taxa de esforço).

  • Crédito pessoal – 400€;
  • Crédito automóvel – 200€;
  • Cartão de crédito – 150€.

Depois de falarem entre si, resolveram solicitar um crédito consolidado de forma a reduzir o valor mensal dos seus créditos, dos quais ainda tinham em dívida 20.000€.

Depois da consolidação, a família Monteiro ficou a pagar mensalmente 365,17€.

2 – A família Silva também optou pela consolidação

A família Silva tinha anteriormente 3 créditos em vigor. Um crédito automóvel que pediram quando o seu carro antigo deixou de funcionar, um crédito pessoal utilizado para comprar as suas férias de sonho no México e um cartão de crédito que foi utilizado para comprar um novo computador para o filho.

Mensalmente, o agregado mensal auferia 1.000€ e pagavam pelos seus créditos 405€ (40,5% de taxa de esforço).

  • Crédito pessoal – 120€;
  • Crédito automóvel – 195€;
  • Cartão de crédito – 90€.

Ao falem com uma entidade especializada, foi possível juntar ainda um novo crédito para mobilarem a casa, no valor total de 5.000€ (ficando com um valor total de crédito de 19.000€).

Depois de todas as contas feitas, a família Silva passou a pagar 356,05€ por mês (incluindo já o novo crédito), gerando uma poupança de 48€ (se não tivessem colocado um novo crédito, a poupança mensal seria de 146€).

Estes são apenas dois dos exemplos de várias famílias portuguesas que recorrem a soluções de crédito consolidado em Portugal como forma de pouparem mensalmente.

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt