Guia passo a passo para comprar a sua primeira casa

Guia passo a passo para comprar a sua primeira casa

By | 2018-07-11T18:50:50+00:00 28/03/2017|Categories: Crédito à Habitação|
Comprar imóvel

Comprar a primeira casa é uma das coisas que a grande maioria das famílias portuguesas almeja, principalmente se encontrarem a sua casa de sonho.

No entanto, existem inúmeras questões que deve ter em conta aquando da aquisição, uma vez que ter uma casa própria acarreta diversos encargos, além de “limitar” um pouco a sua vida (como no caso de ter de sair de determinada localidade para outra por motivos laborais).

Hoje no NValores, resolvemos criar um guia completo com todos os passos, para o ajudar a comprar a primeira casa e fazer a escolha certa. Veja-o de seguida.

Como comprar a primeira casa em 10 passos

Comprar uma casa é um processo burocrático e a escolha da mesma tem de ser extremamente ponderada. Assim sendo, veja de seguida alguns passos que o vão ajudar a não cometer erros.

Passo 1 – Defina o seu orçamento

Antes de começar sequer à procura de uma casa, é importante que tenha o seu orçamento bem definido.

Tenha em conta os seguintes aspetos, de forma a elaborar um orçamento mais completo possível.

  • Custos do crédito habitação (registo, notário, IMT e Imposto de Selo);
  • Montante a desembolsar no ato de assinatura do contrato de promessa de compra e venda (CPCV ou vulgo sinal);
  • Montante máximo de prestação mensal;
  • Valor do empréstimo que terá de pedir ao banco;
  • Custos dos seguros obrigatórios (seguro de vida e multirriscos);
  • Valor do IMI e condomínio;
  • Outras despesas associadas à compra de uma casa – móveis, decoração, eletrodomésticos…

Passo 2 – Escolha a altura certa

Para comprar uma casa é importante ter em conta o contexto económico e os diversos fatores que influenciam o preço das casas (como é o caso da EURIBOR e do spread).

Assim sendo, escolher a melhor altura para adquirir a sua casa, é algo que deve ter em conta de forma a conseguir obter a melhor casa, pelo menor preço possível.

Tenha em conta, que atualmente a EURIBOR encontra-se em mínimos históricos (que se devem manter até 2020) e que os bancos estão a baixar imenso o valor dos spreads.

Passo 3 – Escolha a melhor zona

Nesta altura existem alguns aspetos que deve ter em conta quando comprar a primeira casa como é o caso de: acessos, imediações, equipamentos sociais (escolas, jardins, farmácias, hospitais…).

Isso é essencial para que a casa futuramente (em caso de a querer vender) fique um pouco mais valorizada, além de que, os acessos facilitam imenso a sua vida.

No entanto, tenha em conta, que casas com uma boa localização, acabam por pagar um valor de IMI um pouco superior, por isso analise junto das finanças qual o coeficiente de localização e qual o seu valor para a zona onde está a ponderar adquirir o imóvel.

Passo 4 – Compare casas antes de comprar

Outra das questões que deve ter em conta antes de comprar a primeira casa, passa por comparar os preços que são praticados dentro das zonas onde está a ponderar adquirir o imóvel.

É importante ter em conta, que nesta fase, recorrer a um agente imobiliário pode ser algo bastante vantajoso na medida em que muitas casas não são logo colocadas para venda nos sites dos bancos e de venda (como OLX e ImoVirtual).

Passo 5 – Escolha uma casa que se adeque a si

A grande maioria de nós, já sonhou eventualmente em comprar uma mansão ou pelo menos uma casa grande.

No entanto, como é óbvio deve comprar uma casa a pensar no futuro, assim se está a pensar ter filhos, é importante que compre uma casa já a pensar nessa questão (para não ter de a vender posteriormente por falta de espaço para todos).

Mantenha sempre em conta, que quanto maior a casa, maior os custos de manutenção (como aquecedores no inverno, ar condicionado no verão…).

Passo 6 – Visitar as casas antes de comprar

Antes de comprar a sua primeira casa, é importante que também vá visitar algumas casas de forma a comparar espaços e ver se os preços que são solicitados fazem jus à mesma.

Faça-o durante o dia, de forma a ver as características da mesma, as condições de conservação e a iluminação natural da casa.

Verifique também todas as dimensões das divisões, de forma a poder começar a estudar o que poderá fazer como elas (como tamanho das camas, tipos de móveis, disposição dos mesmos…).

Passo 7 – E que tal arrendar antes de comprar?

Muitos casais jovens querem logo comprar casa, mesmo antes de ter vivido juntos e saberem se as coisas funcionam. No entanto, isso pode não ser uma boa opção.

Pense por exemplo que existem diversos programas de apoio ao arrendamento jovem (como é o caso da porta 65).

Pode usufruir do mesmo, e se tiver realmente gostado da casa e da localização, pode efetivamente falar com o senhorio a ver se é possível a aquisição da mesma (são imensos os senhorios que arrendam uma casa para depois a venderem).

Passo 8 – Comparar o crédito habitação em diversos bancos

Outra das questões essenciais para comprar a primeira casa, passa em muito por comparar o valor dos financiamentos.

Hoje em dia os bancos estão em guerra para ver qual o que fornece o spread mais baixo, desta forma, deve comprar os juros, os spreads e o valor dos diversos seguros obrigatórios.

Esta comparação será essencial para conseguir um bom negócio e uma prestação mensal bastante mais baixa (conseguindo assim poupar imenso no valor total do imóvel).

Neste passo, o NValores poderá ajudá-lo a realizar todas as comparações que necessita, encontrando o crédito habitação mais barato do mercado.

Passo 9 – Tenha um fundo para emergências

Comprar uma casa nem sempre é simples, no entanto, é provável que tenha de gastar imenso dinheiro com questões pontuais que não estava à espera (como reparação de torneiras, compra de novas mobílias…).

Além de tudo, imagine que de um dia para o outro fica sem rendimento fixo ou que o seu salário sofre algum corte que não está à espera? Nestas alturas convém ter algum dinheiro de parte de forma a salvaguardar-se em caso de necessidade.

Passo 10 – Comece a preparar alguns documentos essenciais

Quando comprar a primeira casa (ou até mesmo a segunda), são imensos os documentos que vai precisar de entregar. Assim sendo, se está neste momento a ponderar a realização dessa mesma compra, pode começar a reunir os documentos necessários, sendo apenas depois necessário entregar os mesmos ao banco.

De forma simples, os principais são (note que deve ter estes documentos para os proponentes e para o fiador):

  • Última declaração de IRS (no caso do imóvel estar em nome de dois titulares e no caso de terem entregue o IRS em separado é necessário o envio dos dois documentos) e respetiva nota de liquidação; – Veja aqui como obter
  • Mapa de CRC atualizada (pode ver aqui como é que consegue retirar a mesma do Banco de Portugal);
  • Declaração da entidade patronal (onde indica o vinculo laboral, a data de termo do contrato, qual o valor que aufere mensalmente);
  • Cartão de cidadão ou bilhete de identidade (dos titulares);
  • 3 últimos recibos de ordenado (para trabalhadores dependentes) ou 6 últimos meses (para trabalhadores independentes);
  • Extrato bancário dos últimos 3 meses;
  • Caderneta predial;
  • Certidão de registo predial;
  • Comprovativo de morada;
  • Comprovativo do NIB;
  • Passaporte e autorização de residência (para pessoas que não tenham nacionalidade portuguesa).

Como é óbvio podem ser necessários mais do que estes documentos, no entanto na altura será informado.

Agora que já sabe os 10 passos mais importantes para comprar a primeira casa, coloque as mãos à obra e comece já a tratar do seu futuro.

Se precisar de algum esclarecimento adicional, ou se quiser que o NValores trate de todas as simulações e processos de crédito, use o nosso simulador rápido para analisarmos o seu caso gratuitamente, pois estamos à sua inteira disposição para qualquer esclarecimento adicional.

Relembramos que não cobramos qualquer tipo de comissão de avaliação de crédito aos nossos clientes.

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2018-07-11T18:50:50+00:00 28/03/2017|Categories: Crédito à Habitação|

About the Author:

Ricardo Rodrigues é CEO e Fundador do NValores desde 2013. Plataforma para pedir crédito online. Nomeadamente crédito pessoal, crédito consolidado e crédito habitação. Email: geral@nvalores.pt