Como preencher o anexo F do IRS sem erros

Todos os anos, são muitos os portugueses que têm dúvidas relativamente ao preenchimento da declaração de IRS, sendo que existem anexos que se tornam mais complexos de preencher do que outros.

Um dos anexos que suscita aos contribuintes grandes dúvidas é o anexo F do IRS (rendimentos prediais), e a pensar nisso, o NValores criou este artigo, para o ajudar a preencher este anexo sem qualquer erro.

Veja também: Como preencher o IRS passo a passo

Como preencher o Anexo F do IRS passo a passo

Rendimentos prediais

  • Passo 1: Quadro 2 – Selecione o ano de rendimentos que está a declarar, neste caso 2015;

Anexo F - Quadro 2

  • Passo 2: Quadro 3 – Indicação do NIF do sujeito passivo (ou sujeitos passivos – no caso de declaração conjunta);

Anexo F - Quadro 3

  • Passo 3: Quadro 4 – Rendimentos obtidos (deve indicar todos os rendimentos que obteve através das rendas);

Anexo F - Quadro 4

  • Passo 4: Quadro 5 – Gastos suportados e Pagos – Neste quadro pode colocar os encargos que teve com conservação e manutenção, Condomínio, Imposto Municipal Sobre Imóveis, imposto de selo, assim como valores com obras de conservação e manutenção.

Anexo F - Quadro 5A

  • Passo 5: Quadro 6 – Sublocação – Este quadro apenas é preenchido por alguém que esteja a arrendar um imóvel e que o subarrende a outra pessoa.

Anexo F - Quadro 5A

  • Passo 6: Quadro 7 – Informações complementares – Deve colocar as informações referentes ao imoveis recuperados ou em processo de reabilitação, e ainda se opta ou não pelo englobamento dos rendimentos.

Anexo F - Quadro 7

  • Passo 7: Quadro 8 – Rendimentos de Unidades de Participação em Fundos de Investimento Imobiliário e de Participações em Sociedades de Investimentos Imobiliários Regime Aplicável a partir de 1 de julho de 2015 (Opção Englobamento)

Anexo F - Quadro 8

  • Passo 8: Quadro 9 – Rendimentos dos anos anteriores incluídos nos quadros 4 e 6

Anexo F - Quadro 9

Anexo F do IRS 2016 – Rendimentos Prediais

Neste anexo devem ser declarados todos os rendimentos de origem predial, incluindo as rendas, e o seu preenchimento é obrigatório sempre que os sujeitos passivos tenham recebido qualquer rendimento desta tipologia.

É importante salientar que apenas deve ser apresentado um anexo F por agregado familiar, e que deve incluir a totalidade dos rendimentos cujo imposto é aplicável.

Identificar a tipologia dos imóveis

Após a identificação dos sujeitos passivos e quais os montantes de rendimento (para o IRS 2016 os valores são correspondentes ao ano de 2015), o próximo passo é identificar quais os imóveis relativamente ao quais foram gerados rendimentos (deve depois inserir um por linha no quadro 4 do anexo).

Para identificar cada um dos imóveis vai necessitar do código de seis dígitos que identifica a freguesia, e o mesmo pode ser consultado no Portal das Finanças (consulta de património) ou na nota de cobrança do IMI. Para o correto preenchimento do anexo F do IRS 2016 vai também precisar de identificar o prédio Cada prédio pode ter uma das seguintes identificações:

  • U (Urbano);
  • R (Rústico);
  • O (Omisso)

Escolher entre tributação autónoma ou englobamento

O quadro 5A serve para identificar os imóveis que foram reabilitados ou recuperados. É também este quadro que o contribuinte deve optar pela opção da tributação autónoma ou do englobamento.

Quem tem rendimentos do ano anterior relativos a rendas, precisa de utilizar o quadro 5B para definir se escolhe a tributação autónoma à taxa de 28%, ou se pelo contrário, prefere optar pelo englobamento, sendo que deve determinar qual opção é mais vantajosa para si através das devidas simulações, podendo assim comparar os diferentes cenários.

Ao optar pelo englobamento, significa que rendimentos como as mais-valias e rendimentos de capitais declarados também terão que ser englobados.

Mais algumas informações importantes

É importante referir que quem aufere rendas como sublocador, deve igualmente declara esses rendimentos, sendo que neste caso o valor a tributar é a diferença entre a renda que receber e o que pagou ao senhorio. Os valores resultantes da sublocação devem ser apresentados no quadro 6 do anexo F do IRS 2016.

Finalmente, o quadro 4 destina-se a quem tem rendimentos prediais de anos anteriores e pretende tirar partido do desagravamento de taxa apresentado no artigo 74 do CIRS.

Neste quadro devem ser inseridos os valores dos rendimentos e os anos a que os mesmos dizem respeito.

A melhor forma de evitar erros no preenchimento da declaração de IRS passa por ler tudo com atenção e verificar cuidadosamente toda a informação inserida.

No que respeita o preenchimento dos anexos (como é o caso do anexo F do IRS 2016) é bastante normal que a maioria dos contribuintes não saiba muito bem como é que o deve preencher, pois os termos englobamento, sublocação, etc não são de domínio comum.

No entanto com alguma pesquisa é bem mais simples fazer o correto preenchimento deste anexo, e caso tenha alguma dúvida pode-nos solicitar esclarecimentos, pois estamos aqui para o ajudar sempre que possível.

Veja a nossa sugestão

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt

  1. Margarida Prada on 11 Abr 2018:

    Eu gostaria de saber o seguinte: recebi de herança em 2017, um terreno agrícola, que já está no meu nome e que penso que já está registado nas finanças pois já paguei ainda esta semana um pequeno imposto, gostaria de saber se esse terreno tem que ser ainda declarado na minha declaração de IRS?

    Reply to Margarida Prada

  2. E. Gavancho on 04 Abr 2018:

    Bom dia,
    estamos a preencher o anexo F pela primeira vez e lemos algures que se pode incluir como gastos o valor pago pelo seguro multi-riscos. Onde podemos inserir essa informação?

    Agradecida

    Reply to E. Gavancho

  3. Artur on 30 Mai 2017:

    Gostaria de saber se é possível incluir despesas com a reabilitação de uma habitação que ainda não foi arrendada, mas será logo que estejam concluídas as obras.

    Reply to Artur

  4. JÚLIA MARQUES on 19 Abr 2017:

    Tenho um prédio com 4 frações mas só 2 estão arrendadas. Devo declarar o IMI apenas dessas frações ?

    Reply to JÚLIA MARQUES

    • Manuel Meireles on 12 Jan 2018:

      Exatamente, pois as que não estão arrendadas não geram rendimentos.

      Reply to Manuel Meireles

  5. Paulo Fonseca on 17 Abr 2017:

    Olá Boa tarde
    no Anexo F quadro 5 o que é o quadro Q4??? de onde vem o numero que devo meter aí???

    obrigado

    Reply to Paulo Fonseca

    • Cris on 20 Abr 2017:

      O nº que aparece na linha que aparece no quadro 4

      Reply to Cris

  6. Silvia Tenório on 17 Abr 2017:

    Boa tarde.
    Tenho uma casa arrendada.
    Gostaria de saber onde devo colocar as despesas que tive com certificado energético e também com a empresa de arrendamento do imóvel.
    Gostaria ainda de saber se é possível colocar a despesa com o seguro da casa. Onde deve ser colocada?
    Muito obrigada.

    Reply to Silvia Tenório

  7. Josué Ritodias on 04 Abr 2017:

    Bom agradecia se me pudesse ajudar:
    Pela 1ª vez em 2016 coletei-me para arrendar um apartamento que tenho.
    mas como não o consegui arrendar nunca, preg? devo criar na mesma o anexo F? e não preencher nada? ou não criar sequer.
    muito obrigado
    Josué.

    Reply to Josué Ritodias

  8. Ricardo Fernandes on 03 Fev 2017:

    Bom dia,
    Para o preenchimento do quadro 5 do anexo f, as facturas terão que estar registadas no e-facrura ou os valores são introduzidos sem este requisito? Os seguros também podem ser considerados? se sim, eu validei as facturas no e-factura como “outros”. Terei que alterar a classificação?
    Obrigado

    Reply to Ricardo Fernandes

  9. Boa noite Antonio Ribeiro on 17 Jan 2017:

    A minha mãe é viúva e tem uma loja alugada tem ate ao final do mês que entregar o modelo 44 ela é cabeça de casal deve ela meter o impresso ou tem que ser os herdeiros?

    Reply to Boa noite Antonio Ribeiro

  10. Isabel on 26 Dez 2016:

    Bom dia,
    somos residentes na Suíça ,tenho um apartamento alugado em Portugal.como preencher o IRS , sendo ainda que tem uma hipoteca.
    obrigado
    Isabel

    Reply to Isabel

  11. LUCINDA FERNANDES on 11 Ago 2016:

    Bom dia,
    Sou casado, temos rendimentos categoria F, no preenchimento não mencionei as obras que fiz na manutenção da fachada, pergunto posso rectificar ou substituir a Declaração? Disseram-me que se substituir tenho de meter duas declarações uma para e outra para a minha esposa, verdade?
    Os meus agradecimentos

    Reply to LUCINDA FERNANDES

  12. Renata Policarpo on 07 Jun 2016:

    Boa tarde. Sou emigrante na Suiça e eu e o meu marido temos rendimentos prediais totais (50% cada) de 5950 euros, em Portugal. Temos 2 filhos. Optámos pelo englobamento e não temos qualquer outro rendimento em Portugal. As nossas declarações foram aceites e o valor a pagar/receber este ano é de 0 euros (para os dois). Estávamos à espera de pagar alguma coisa. É normal?

    Reply to Renata Policarpo

  13. Alexandra on 31 Mai 2016:

    Boa tarde, gostaria de esclarecer uma questão. Um casal, em que um foi residente parcial, e a única fonte de rendimentos de ambos em Portugal são os rendimentos prediais. Como preencher a modelo ? Ao colocar não residente obriga a declarar rendimentos do estrangeiro? E não deixa simular. Posso colocar como residente o ano todo?

    Reply to Alexandra

  14. Elsa Estrela on 25 Mai 2016:

    Boa tarde,
    os meus pais estão reformados, contudo têm que entregar i IRS no mês de maio, uma vez, que têm rendimentos prediais(rendas por serem senhorios). Ao submeter a declaração, o sistema não deixa, dando a seguinte informação: ” A declaração devia ter sido entregue na 1ªfase”.
    Com o é possível se são obrigados a entregar o anexo F, que é na 2º fase.
    Fomos à repartição das finanças e não sabem esclarecer esta situação.
    Sobre esta questão, solicito a vossa ajuda.
    Obrigada.
    Elsa

    Reply to Elsa Estrela

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Elsa Estrela,
      No seguimento da sua questão, as declarações prediais devem ser entregues nesta segunda fase, no entanto seria necessário saber qual o erro de forma a poder esclarecer melhor esta questão.
      Se estiver com muitas dificuldades na realização do mesmo, podemos fazê-lo, sendo o valor máximo de pagamento 35€ + IVA.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  15. Maria Fernanda Gomes da Silva on 22 Mai 2016:

    Boa tarde,
    No anexo F do IRS de 2016, a despesa com o seguro da habitação, posso colocar em outros? Se sim quando coloco o valor pede para colocar o codigo no campo Q4, pergunta, qual o código uma vez que aparecem varias alternativas 4001 até 8000

    Obrigado.

    Reply to Maria Fernanda Gomes da Silva

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Maria Silva,
      No seguimento da sua questão, deverá colocar o seguro da habitação em outros. O código deverá ser o mesmo que introduziu no quadro 4.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  16. Paulo Reis on 18 Mai 2016:

    Nesta explicação não aparece o quadro 6, sendo esse que me está a rejeitar a declaração. Tenho um contrato de arrendamento com inicio em 2014 e o portal das finanças diz-me que esse ano é inválido. Tambem diz que as despesas tem de ser anteriores ao inicio do contrato. Gostava que me explicasse o porquê dessa situação e o que lá se deve colocar.
    Grato pela atenção

    Reply to Paulo Reis

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Paulo Reis,
      No seguimento da sua questão o quadro 6 é relativo á sublocação, e o mesmo só deve ser preenchido caso esteja a alugar uma casa e que a esteja a arrendar a terceiros. Uma vez que a declaração é de 2015, deverá apenas colocar esse ano nesta declaração.
      Assim sendo, deve apenas colocar no anexo F, os valores que auferiu, assim como as despesas que teve desde o início do contrato de arrendamento, que neste ano será janeiro de 2015.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  17. ilda pires on 12 Mai 2016:

    O valor da caução deve ser declarado?

    Reply to ilda pires

  18. ilda pires on 12 Mai 2016:

    Tenho várias fracções arrendadas, a minha pergunta é a seguinte:

    As despesas são divididas por fracção ou posso colocar a totalidade no campo respetivo?

    Reply to ilda pires

  19. ilda pires on 12 Mai 2016:

    No anexo F não aparece o espaço para por o art da fracção a que diz respeito cada despesa.
    Com tenho declarados vários imóveis posso somar a despesa de todos e colocar nos respectivos quadros , soma de todos os IMI , soma de todas despesa Condominio, soma de todas as despesas de conservação etc.?
    Obrigado

    Reply to ilda pires

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Ilda Pires,
      No seguimento da sua questão, quando inseriu as diferentes frações que tem colocou um número de linha. Assim sendo, quando preencher o quadro dos encargos, identifique cada um com a linha correspondente, uma vez que não deverá realizar a soma de todas as frações.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  20. Amândio on 11 Mai 2016:

    Prenchi a Declaração mod 3 com a anexo F; a declaração não contém erros mas na simulação 0oimposto é 0,00
    Ora eu sei que devia ser cerca de e€ 1.000,00
    Ajo como representante legal de um não residente
    Rendas € 4.200,00 IMI € 328,26 e a taxa deveria ser 28% e não 0,00
    Em anos anteriores nunca houve problemas
    Onde poderá estar o erro? Devo submeter mesmo assim uma vez que a Declaração não tem erros, de acordo com o sistema?

    Reply to Amândio

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Amândio,
      No seguimento da sua questão, a declaração não deveria dar a 0, no entanto se a mesma está corretamente preenchida deverá valida-la e submetê-la dessa maneira, pois caso haja depois algum erro, a declaração será validada e será posteriormente informado sobre essa questão.
      É importante que tenha em conta que nem sempre as simulações realizadas estão corretas.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  21. Catarina on 11 Mai 2016:

    Boa noite,
    Sou proprietária e estava a tentar preencher o anexo F. Não é suposto os dados das rendas aparecerem automaticamente preenchidos no anexo F? A mim não aparece nada. Será porque só preenchi todas as rendas de 2015 em Janeiro de 2016? Neste caso devo preencher tudo manualmente?
    Muito obrigada!

    Reply to Catarina

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Catarina,
      No seguimento da sua questão era suposto as suas rendas entrarem automaticamente no anexo, caso opte pela opção pré-preenchida. No entanto, caso as mesmas não apareçam, deverá coloca-las manualmente.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  22. Ana on 10 Mai 2016:

    bom dia. pela primeira vez recebi da empresa que trata do condomínio do prédio uma declaração de rendimentos prediais, da casa da porteira que está alugada. em que quadro se inscreve o valor? e que dados são necessários.

    Reply to Ana

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Ana,
      No seguimento da sua questão deve preencher o quadro 4 com os dados que lhe são solicitados (incluindo qual a percentagem da casa que está em seu nome). Se estiver com muitas dificuldades na realização do mesmo, podemos fazê-lo, sendo o valor máximo de pagamento 35€ + IVA.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  23. Jose Carlos on 08 Mai 2016:

    boa noite, comprei um imóvel em 2014, fiz obras de manutenção em 2014, só arrendei em 2015, no anexo F onde posso colocar esta despesa?

    Reply to Jose Carlos

    • Marta on 11 Mai 2016:

      boa noite, fiz obras de manutenção em 2015 e só arrendei em 2016 no anexo F onde posso colocar esta despesa?

      Reply to Marta

      • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

        Boa tarde Marta,
        No seguimento da sua questão, as despesas com as obras devem ser apresentadas no anexo F, quadro 5B. Obras de conservação e manutenção.
        Esperamos ter esclarecido a sua questão

        Reply to Ricardo Rodrigues

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde José Carlos,
      No seguimento da sua questão as obras de manutenção tendo sido realizadas em 2014 já deveriam ter sido inseridas no IRS do ano anterior, assim sendo, este ano apenas poderá inserir as rendas dos meses que alugou e as despesas que teve durante esse período.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  24. Elaine Navalho on 08 Mai 2016:

    Boa noite, Tenho um apto arrendado já a muitos anos, nunca preenchi o rendimentos prediais de anos anteriores para tirar partido do desagravamento de taxa apresentado no artigo 74 do CIRS. Não sei se posso e nem como preenche-lo. Podem ajudar com exemplo, por favor.

    Obrigada,

    Reply to Elaine Navalho

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Elaine Navalho,
      No seguimento da sua questão, uma vez que se trata do preenchimento completo do anexo em questão, se estiver com muitas dificuldades na realização do mesmo, podemos fazê-lo, sendo o valor máximo de pagamento 35€ + IVA.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  25. José augusto on 06 Mai 2016:

    No anexo F não aparece o espaço para por o art da fracção a que diz respeito cada despesa.
    Com tenho declarados vários imóveis posso somar a despesa de todos e colocar nos respectivos quadros , soma de todos os IMI , soma de todas despesa Condominio, soma de todas as despesas de conservação etc.?
    Obrigado

    Reply to José augusto

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde José Augusto,
      No seguimento da sua questão, quando inseriu as diferentes frações que tem colocou um número de linha. Assim sendo, quando preencher o quadro dos encargos, identifique cada um com a linha correspondente, uma vez que não deverá realizar a soma de todas as frações.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  26. Domingos Correia on 06 Mai 2016:

    Bom dia. Anexo F: A minha dúvida é a seguinte: relativamente às despesas com imóveis arrendados, mesmo que os prédios não tenham estado arrendados o ano inteiro posso meter as respetivas despesas por inteiro ou tenho que dividir por 12 e depois multiplicar pelos meses arrendados, como nos anos anteriores?
    Este ano não dá para meter as despesas de seguros com os prédios arrendados? ( agradeço que responda sim ou não)

    Reply to Domingos Correia

  27. acacio santos cruz on 05 Mai 2016:

    Questionari F Tenho 26 artigos de prédios . no campo 4 só posso meter 23 . prédios . Onde coloco os restantes três prédios ?

    Reply to acacio santos cruz

  28. Hernani Osório on 05 Mai 2016:

    Boa tarde
    No preenchimento do quadro 4 do anexo F é solicitado o nº de linha que anteriormente era 401. Agora não consigo introduzir esse nº, porque ao clicar só me aparece a partir de 4001. Será que foi alterado?
    Agradeço informação.

    Reply to Hernani Osório

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Hernâni Osório,
      No seguimento da sua questão houveram alterações no que concerne as tabelas existentes no quadro 4. Deve preencher a linha que diz 4001.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Domingos Correia,
      No seguimento da sua questão, deve realizar a divisão pelos 12 meses como fazia anteriormente, e pode incluir nos encargos o valor dos seguros.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  29. Maria on 05 Mai 2016:

    Boa tarde, ia fazer o meu irs e vi que no anexo F o valor total dos recibos que lá estão inseridos automaticamente pelo sistema, não bate certo com o total dos recibos que passei. passo todos os meses pelo site das finanças não sei como podem estar diferentes. o que posso fazer? obrigada

    Reply to Maria

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde Maria,
      No seguimento da sua questão, pode optar por alterar o valor que se encontra pré-preenchido, acrescentando os valores que não estão corretos.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  30. Ricardo on 04 Mai 2016:

    Bom dia,

    1- tenho uma casa arrendada a dois inquilinos. Gostaria de saber como declarar a rendas pagas por eles. Como posso fazer essa divisão ? (Os inquilinos sao supostamente casados).

    2- posso declarar as compras de material para arranjo do predio ?

    Obrigado.

    Reply to Ricardo

    • Ricardo on 16 Mai 2016:

      Resposta das finanças:

      Em relação à 1ª questão se o contrato está no nome dos 2 inquilinos no anexo
      F da declaração de rendimentos Mod. 3., deverá proceder da seguinte forma:
      Ao total das rendas recebidas no ano de 2015 deverá ser dividido pelos 2
      arrendatários colocando o NIF dos mesmos indicando metade da totalidade
      das rendas em cada arrendatário.

      Na 2ª questão no quadro 5 A são declarados os gastos efetivamente
      suportados e pagos no período que o artigo esteve arrendado, que digam
      respeito a conservação e manutenção. Suponho por isso que o material comprado para o prédio possa ser declarado.

      Reply to Ricardo

  31. Ana Carvalho on 03 Mai 2016:

    Tenho 50% de um predio com várias lojas, em que o mesmo inquilino tem arrendado várias frações. O sistema este ano não me permite colocar os 50% em cada fração, alertando que estou a exceder os 100%, mas se não colocar as várias frações também não posso deduzir as respetivas despesas. Como posso resolver esta situação. Obrigado

    Reply to Ana Carvalho

  32. Ana Carvalho on 03 Mai 2016:

    Boa tarde,
    Passei os recibos das rendas referentes ao ano 2015, em janeiro/2016, ao fazer a importação da declaração, essas rendas não aparecem no anexo F, posso preencher manualmente ou esses valores passam para proxima declaração de 2016. Obrigado

    Reply to Ana Carvalho

  33. VFS on 03 Mai 2016:

    Bon dia,
    Agora com a nova reforma do IRS, temos de fazer duas declaraçaos. Somos casados e temos rendimentos (anexo F). Minha questiao é : devo dividir a soma (métade para cada um) o devo meter a fracçao de 50 % cada um.
    O ano passado temos a declaraçao junta com 100 %. E muito difficil de compréender todo. Outro détail, somos emigrantes da França.
    Muito obrigado.

    Reply to VFS

  34. Fernando Santos on 02 Mai 2016:

    Boa noite:
    tenho 4 fracções autónomas no mesmo prédio alugadas ao mesmo arrendatário (1 único contrato).
    Quando preencho a titularidade (sou titular de 50% / 50% com a minha mulher de cada fracção) o sistema dá-me um erro e diz que não é possível exceder 100% de titularidade para o mesmo arrendatário.
    Preencho onde diz “Parte%” , 50% para cada.
    Como resolvo?
    Obrigado.

    Reply to Fernando Santos

    • Ricardo Rodrigues on 31 Mai 2016:

      Boa tarde,
      No seguimento da sua questão deve colocar realmente 50% para cada um de você, no entanto se estiver com muitas dificuldades no preenchimento, podemos fazê-lo, sendo o valor máximo de pagamento 35€ + IVA.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão

      Reply to Ricardo Rodrigues

  35. Rui Oliveira on 02 Mai 2016:

    No anexo F do IRS de 2016, onde posso colocar numa casa alugada a despesa com o seguro da habitação.

    Obrigado.

    Reply to Rui Oliveira

    • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

      Boa tarde Rui Oliveira,
      No seguimento da sua questão, no anexo F – Quadro 5 “Gastos suportados e pagos” após o início do arrendamento, pode colocar as seguintes despesas: Conservação e manutenção, condomínio, imposto municipal sobre imóveis, imposto de selo e taxas autárquicas.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

      Reply to Ricardo Rodrigues

  36. Zita Medeiros on 01 Mai 2016:

    O meu inquilino pagou a renda de dezembro de 2015 em janeiro de 2016. O valor referente a dezembro deve ser incluído no irs de 2015?
    O seguro multi-riscos da casa arrendada deve ser somado ao IMI e colocados como despesas no anexo F?
    Não entendo o que quer dizer com “Finalmente, o quadro 4 destina-se a quem tem rendimentos prediais de anos anteriores e pretende tirar partido do desagravamento de taxa apresentado no artigo 74 do CIRS”, refere-se às rendas recebidas em 2014 e 2013?

    Obrigada

    Reply to Zita Medeiros

  37. Gonçalo Proença on 01 Mai 2016:

    Boa tarde:
    tenho 2 fracções autónomas no mesmo prédio alugadas aos mesmo arrendatário (2 contratos distintos).
    Quando preencho a titularidade (e sou titular de 100% de cada fracção) o sistema dá-me um erro e diz que não é possível exceder 100% de titularidade para o mesmo arrendatário.
    Isto nunca aconteceu.
    O que fazer?
    Obrigado
    GP

    Reply to Gonçalo Proença

    • maria on 03 Mai 2016:

      Bom dia:
      A questão é identica a exposta por GP:

      “tenho 2 fracções autónomas no mesmo prédio alugadas aos mesmo arrendatário (2 contratos distintos).
      Quando preencho a titularidade (e sou titular de 100% de cada fracção) o sistema dá-me um erro e diz que não é possível exceder 100% de titularidade para o mesmo arrendatário.
      Isto nunca aconteceu.”

      A diferença é que 50% é para mim e 50% para o meu conjugue
      Obrigado
      maria

      Reply to maria

    • susana on 04 Mai 2016:

      Boa tarde:
      A minha situação é idêntica à do Gonçalo:
      tenho 2 fracções autónomas no mesmo prédio alugadas aos mesmo arrendatário (2 contratos distintos).
      Quando preencho a titularidade (e sou titular de 100% de cada fracção) o sistema dá-me um erro e diz que não é possível exceder 100% de titularidade para o mesmo arrendatário.O problema parece-me que se prende por terem o mesmo artigo, embora fracçoes diferentes, pois simulei com um artigo diferente e já não deu erro.
      O que fazer?
      Obrigado

      Reply to susana

      • João on 05 Mai 2016:

        Boa tarde

        O meu problema é o mesmo…

        Tenho duas fracções distintas, do mesmo artigo, alugadas ao mesmo arrendatário e não consigo eliminar o erro “A Parte % não pode exceder os 100% para o mesmo arrendatário”

        Obrigado

        Reply to João

  38. Alexandre Henriques on 28 Abr 2016:

    Boa noite. O anexo F também não me aparece. Como posso resolver este problema? Obrigado

    Reply to Alexandre Henriques

    • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

      Boa tarde Alexandre Henriques,
      No seguimento da sua questão, o anexo F da declaração de IRS apenas é possível entregar na 2ª fase do IRS que se encontra agora em vigor até dia 31 de maio. Neste momento o mesmo já está disponível, tendo apenas que adicionar “Novo Anexo – Anexo F”
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

      Reply to Ricardo Rodrigues

  39. Luis Miguel Gaspar Anacleto Oliveira on 26 Abr 2016:

    Boa tarde,
    Estou com o mesmo problema, Anexo F não aparece. Conseguiu resolver? Como? Obrigado.

    Reply to Luis Miguel Gaspar Anacleto Oliveira

    • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

      Boa tarde Luís Oliveira,
      No seguimento da sua questão, o anexo F da declaração de IRS apenas é possível entregar na 2ª fase do IRS que se encontra agora em vigor até dia 31 de maio. Neste momento o mesmo já está disponível, tendo apenas que adicionar “Novo Anexo – Anexo F”
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

      Reply to Ricardo Rodrigues

  40. victor on 25 Abr 2016:

    Boa tarde. Nos anos anteriores, quando se optava pelo englobamento era necessário englobar todos os rendimentos com taxas liberatórias, como po exemplo juro de depósitos a prazo. continua a ser necessário ? obrigado

    Reply to victor

  41. acacio santos cruz on 21 Abr 2016:

    Não consigo colocar todos os artigos no questionário F , tenho 27 artigos e só cabem 24 artigos . obrigado

    Reply to acacio santos cruz

  42. Mário Manuel Lourenço Gentil on 19 Abr 2016:

    Boa tarde,
    que despesas posso declarar no Anexo F do IRS de 2015 a entregar em 2016?
    IMI – Sim ou Não?
    Quotas de Condomínio – Sim ou Não?
    Seguro da Casa – Sim ou Não?
    despesas com pinturas ou arranjos de electricidade quando “arranjados” pelo senhorio ou seja apenas as facturas das coisas substituidas – sim ou não
    Aguardo a vossa resposta.
    Cumprimentos.
    Mário Gentil

    Reply to Mário Manuel Lourenço Gentil

    • Ana Alves on 02 Mai 2016:

      Boa tarde,
      que despesas posso declarar no Anexo F do IRS de 2015 a entregar em 2016?
      IMI – Sim ou Não?
      Quotas de Condomínio – Sim ou Não?
      Como declaro as rendas visto ser apenas um quarto alugado?

      Obg

      Reply to Ana Alves

      • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

        Boa tarde Ana Alves,
        No seguimento da sua questão, no anexo F – Quadro 5 “Gastos suportados e pagos” após o início do arrendamento, pode colocar as seguintes despesas: Conservação e manutenção, condomínio, imposto municipal sobre imóveis, imposto de selo e taxas autárquicas.
        As rendas que recebe são declaradas no anexo F – Quadro 4 “Rendimentos obtidos”.
        Esperamos ter esclarecido a sua questão.

        Reply to Ricardo Rodrigues

    • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

      Boa tarde Mário Gentil,
      No seguimento da sua questão, no anexo F – Quadro 5 “Gastos suportados e pagos” após o início do arrendamento, pode colocar as seguintes despesas: Conservação e manutenção, condomínio, imposto municipal sobre imóveis, imposto de selo e taxas autárquicas.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

      Reply to Ricardo Rodrigues

  43. Laura Maria Reis Rão on 14 Abr 2016:

    Boa tarde,
    que despesas posso declarar no Anexo F do IRS de 2015 a entregar em 2016?
    IMI – Sim ou Não?
    Quotas de Condomínio – Sim ou Não?
    Seguro da Casa – Sim ou Não?
    Aguardo a vossa resposta.
    Cumprimentos.
    Laura Rão

    Reply to Laura Maria Reis Rão

    • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

      Boa tarde Laura Rão,
      No seguimento da sua questão, no anexo F – Quadro 5 “Gastos suportados e pagos” após o início do arrendamento, pode colocar as seguintes despesas: Conservação e manutenção, condomínio, imposto municipal sobre imóveis, imposto de selo e taxas autárquicas.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

      Reply to Ricardo Rodrigues

  44. António on 08 Abr 2016:

    Boa tarde,
    Já a alguns anos recebi a doação de uma casa dos meus pais, mas nunca transferi os contratos de luz e agua para meu nome dado que o meu pai continua lá a viver.
    Fui notificado agora pelas finanças para fazer o anexo Modelo F na declaração do IRS.
    como não tenho a casa arrendada o que devo fazer?

    Reply to António

  45. Alberto Gonçalves on 06 Abr 2016:

    Boa noite.
    A Minha questão é a seguinte: Sou casado e tenho rendimentos prediais. Posso meter a declaração de IRS em separado e
    dividir os rendimentos prediais pelas duas declarações de IRS?

    Reply to Alberto Gonçalves

    • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

      Boa tarde Alberto Gonçalves,
      No seguimento da sua questão, pode inserir 2 declarações em separado, no entanto apenas deve ser apresentado um anexo F por agregado familiar, e que deve incluir a totalidade dos rendimentos cujo imposto é aplicável.
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

      Reply to Ricardo Rodrigues

  46. MG on 05 Abr 2016:

    Boa tarde,
    Na minha declaração já pré-preenchida não aparece o anexo F. Como faço para que apareça?

    Reply to MG

    • David Oliveira on 17 Abr 2016:

      Boa tarde,
      Estou com o mesmo problema, Anexo F não aparece. Conseguiu resolver? Como? Obrigado.

      Reply to David Oliveira

      • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

        Boa tarde David Oliveira,
        No seguimento da sua questão, o anexo F da declaração de IRS apenas é possível entregar na 2ª fase do IRS que se encontra agora em vigor até dia 31 de maio. Neste momento o mesmo já está disponível, tendo apenas que adicionar “Novo Anexo – Anexo F”
        Esperamos ter esclarecido a sua questão.

        Reply to Ricardo Rodrigues

    • Ricardo Rodrigues on 05 Mai 2016:

      Boa tarde MG,
      No seguimento da sua questão, o anexo F da declaração de IRS apenas é possível entregar na 2ª fase do IRS que se encontra agora em vigor até dia 31 de maio. Neste momento o mesmo já está disponível, tendo apenas que adicionar “Novo Anexo – Anexo F”
      Esperamos ter esclarecido a sua questão.

      Reply to Ricardo Rodrigues

Assuntos

Faça a sua simulação e compare

Artigos recentes