Como poupar no IMI em 2016

Anualmente milhares de portugueses são prejudicados pelas Finanças no que diz respeito ao pagamento do IMI. Se é um desses casos saiba que pode poupar (e muito) neste imposto. Se quer saber como fazer para poupar no IMI em 2016, este artigo é destinado a si.

Na origem do pagamento excessivo de IMI está a ausência de atualização dos dados dos imóveis por parte das Finanças (uma vez que os mesmos não são atualizados automaticamente). Veja um exemplo prático desta situação:

O Bruno tem um apartamento em Lisboa, desde 2009, os dados referentes à idade e ao valor de construção permanecem inalterados para as Finanças.

Devido a isto, o Bruno continua a pagar IMI como se a casa fosse completamente nova e o preço por metro quadro não tivesse diminuído.

Caso as Finanças já tivessem procedido à atualização dos dados do imóvel, o Bruno poderia pagar menos cerca de 80 euros por ano. Como se pode ver, a poupança seria substancial. Em alguns casos a diferença é ainda superior, representando uma possível poupança de centenas de euros por ano.

Como poupar este ano

Segundo os cálculos da DECO, os portugueses encontram-se atualmente a pagar mais de 240 milhões de euros a mais em IMI. No entanto é possível reverter (para muitos contribuintes) esta situação. O importante é ser proactivo nesta questão, pois as finanças não atualizam nenhum dos dados referentes ao seu imóvel automaticamente.

Em primeiro lugar deve realizar uma simulação no site Pague Menos IMI (desenvolvido pela DECO) de forma totalmente gratuita (neste momento mais de 643.627,0 portugueses utilizaram esta plataforma para verificar se o valor do IMI estava a ser corretamente taxado). Para fazer a simulação necessita da caderneta predial. Depois é ir colocando os dados solicitados até obter o valor final.

Apenas pode pedir a atualização se a última avaliação do imóvel ter sido realizada há mais de três anos. Neste momento caso faça a simulação e verificar que está a pagar mais do que deve, a atualização só será dita em conta para o IMI de 2017.

Os proprietários dos imóveis atualizados há menos de três anos precisam de esperar para começar a poupar no IMI. Contudo, podem subscrever o serviço de alertas implementado pela DECO que o irá informar quando chegar a altura de reclamar junto das Finanças.

É importante que se mantenha atualizado sobre estas informações pois todos os anos existem variações no valor do IMI (na grande maioria dos casos devido à alteração do valor do coeficiente de localização que tem vindo a ser reduzido numa grande parte das autarquias).

Veja A Nossa Sugestão

 

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt