Como poupar na Páscoa em 2019

pascoa 2019

A Páscoa, tal como o natal é uma época dedicada à família, que se comemora anualmente, entre 23 de março e 24 de abril. É de enorme importância para os cristãos pois, simboliza a morte e a ressurreição de Cristo (bíblico).

Em Portugal existem inúmeras tradições (desde vestir uma peça de roupa nova, oferecer um chocolate ou um folar aos afilhados e amigos, organizar um almoço de família…), e ao fazer as contas muitas vezes o orçamento não chega para todos os chocolates e folares que tem para oferecer.

A pensar em si, o NValores resolveu criar uma lista com algumas dicas de poupança para esta época tão especial.

8 Dicas para poupar na Páscoa

Muitas pessoas são ainda adeptas da tradição de oferecer um chocolate ou de organizar um almoço para toda a família, no entanto para as famílias mais numerosas acaba por ser uma tradição bastante fora do orçamento.

Nesta Páscoa, se seguir as nossas sugestões garantimos uma boa poupança.

1 – Faça você mesmo

Hoje já é muito fácil fazer um ovo de chocolate. Basta procurar uma receita na internet ou em algum livro de receitas e com amor e criatividade pôr as mãos à obra. Assim sabe que ficará muito mais barato, e será uma prenda muito mais original que suscitar curiosidade.

2 – Todos devem contribuir

Se é uma das pessoas que gosta de organizar um almoço de família neste dia, peça para que cada um dos convidados leve alguma coisa (por exemplo: entradas, sobremesa, saladas, salgados, bebida…). Se cada um levar uma coisa o valor fica distribuído por todos, sendo assim menos dispendioso para si.

3 – Evite compras desnecessárias

Esta já é uma época em que vai gastar imenso dinheiro com aquilo que precisa mesmo de comprar, logo evite fazer gastos desnecessários nesta altura. O seu orçamento pode não sobreviver à Páscoa e a compras podem ficar para outra altura.

4 – Aproveite os saldos

Muitas famílias têm a tradição de vestir algo novo no domingo de Páscoa. Se a sua família tem esta tradição, tente comprar as coisas nos saldos (principalmente se forem muitos os membros do agregado familiar).

Vai poupar algum dinheiro, dando-lhe assim uma margem de manobra maior nesta altura. Não deixe tudo para a última da hora.

5 – Brincadeiras para os mais novos

Se tem muitas crianças na família, é normal fazerem-se aqueles jogos de encontrar o ovo perdido. Neste caso, pode cozer previamente os ovos em casa e pedir para os mais pequenos o ajudarem a pintar os mesmos.

Depois é só escondê-los pela casa e pelo jardim (ou no parque) e a brincadeira está pronta a começar.

6 – Decoração da casa

A decoração da casa também é uma preocupação para muitas famílias, uma vez que pretendem receber os seus entes queridos com tudo o que manda a tradição. Em vez de gastar mais dinheiro a comprar as decorações de Páscoa, faça-as em casa, com material reciclado.

Fazer as decorações em casa é também uma boa alternativa para estimular os seus filhos à poupança e a incentivar a criatividade deles.

7 – Brindes para os mais novos

Nem só de chocolates é feita a Páscoa. Para os mais pequenos pode comprar umas gomas, amêndoas, chupas, e fazer arranjos caseiros em sacos ou cestinhas e espalha-los pela casa para eles encontrarem, fazendo assim uma espécie de caça ao tesouro.

Pode também colocar nesses sacos desenhos para colorir.

8 – Aproveite as promoções

Nesta altura muitos super e hipermercados optam por colocar vários produtos com promoções (seja desconto imediato ou crédito em cartão cliente).

Veja bem as promoções que estão em vigor e opte por ir às compras naquele que tenha os preços mais baixos nos produtos que vai comprar.

Esperamos que com esta lista de dicas de como poupar na Páscoa o ajude nesta época festiva sem que leve um grande arrombo no orçamento familiar. E não se esqueça que o mais importante é estar junto da sua família e não o que compra para oferecer.

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt