Como pagar o IRS passo a passo
Crédito pessoal online

Como pagar o IRS passo a passo

By | 2018-08-10T03:49:26+00:00 10/08/2018|Categories: Impostos|Tags: |

Nesta altura do ano, todos os contribuintes que tiveram direito ao reembolso do IRS, já receberam os devidos montantes, contudo, muitos outros ainda vão ter de pagar o valor que é devido da declaração de IRS.

Se esse é o seu caso, e é a primeira vez que tem de proceder a esse pagamento e não sabe ao certo como o fazer, não se preocupe, iremos esclarecer todas as suas dúvidas de seguida.

Como posso pagar o IRS?

Existem variadas formas de proceder ao pagamento do IRS, podendo fazê-lo através da internet, multibanco, cheque, nos CTT ou nas repartições das Finanças. Além de tudo, no caso do valor ser muito elevado (e se não tiver dívidas às finanças) poderá fazê-lo em prestações.

É importante ter em conta que o prazo de pagamento do IRS termina a 31 de agosto (isto no caso de ter entregue a declaração dentro do prazo legal – ou seja, até 31 de maio).

No caso da declaração ter sido entregue fora do prazo legal, o pagamento do IRS tem de ser realizado ate dia 30 de dezembro (sendo que irá incorrer no pagamento de uma coima).

pedir crédito pessoal

De forma a evitar o pagamento de coimas (já basta ter de pagar o IRS não precisa de pagar mais por fazê-lo fora do prazo), proceda ao pagamento do mesmo de forma atempada, de preferência assim que receber a carta com os elementos informativos do pagamento.

De seguida perceba melhor como pode proceder ao pagamento do IRS de diversas formas.

Veja também: Como pagar o IRS em prestações?

No Multibanco

A realização do pagamento do IRS através do multibanco é bastante simples e rápido, sendo que deve para isso seguir estes 5 passos:

  1. Pagamento e Outros Serviços
  2. Estado e Setor Público
  3. Pagamentos ao Estado
  4. Coloque a referência de pagamento (pode encontrar a referência na carta do IRS ou na sua área de acesso pessoal no sites das Finanças)
  5. Verifique se os dados inseridos estão corretos

É importante que guarde sempre o talão do multibanco (de preferência deverá agrafá-lo à carta das finanças), uma vez que o mesmo será o seu comprovativo de pagamento.

Através da Internet

Fazer o pagamento online da sua declaração de IRS é muito simples e cómodo, e não necessita sequer sair de casa.

Para isso, apenas precisa de aceder ao site do banco e fazer login com os seus dados de acesso.

Depois, apenas precisa selecionar “Pagamentos de Serviços” e inserir a referência e o respetivo valor que tem de liquidar.

Por Cheque

O pagamento por cheque do IRS é também bastante simples, e o mesmo deve ser preenchido com os seguintes dados e conter as seguintes informações:

  • Os mesmos devem ser cruzados
  • Emitido à ordem do IGCO, E.P.E. ou Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública, exceto se o pagamento for feito nos CTT, onde devem ser emitidos à ordem dos Correios de Portugal;
  • Devem estar datados com o dia de pagamento ou 1 ou 2 dias anteriores a este;
  • Conter a menção “Pagamento de Impostos”, o NIF do sujeito passivo e o número de identificação do documento (presente na carta de liquidação e online).

Em Prestações

De forma a realizar o pagamento do IRS em prestações, tenha em conta que deve ser apresentado um pedido às finanças nesse sentido.

De forma a apresentar o mesmo, deve dirigir-se à repartição das finanças da sua área de residência e apresentar o pedido, ou, se pretender poderá também fazê-lo diretamente no portal das Finanças.

Se optar pela apresentação do pedido diretamente no portal das finanças, vai poder por exemplo simular o montante de cada prestação que terá de pagar mensalmente.

Tenha em conta que o pedido deve ser apresentado com a maior brevidade possível, sendo que o prazo máximo é até 15 dias depois do término da data de pagamento voluntário do mesmo (que termina a 31 de agosto).

Salientamos ainda, que se não tiver nenhuma dívida às finanças e se o valor a pagar de IRS não for superior a 5.000€ não precisa de apresentar qualquer tipo de garantias bancárias.

Contudo, para dividas superiores a esse montante, é necessário apresentar um seguro-caução, um aval bancário ou em casos mais extremos uma hipoteca.

Como vê não é assim tão difícil realizar o pagamento da declaração de IRS, por isso não se esqueça de realizar o pagamento com a maior antecedência possível, de forma a evitar as coimas.

Veja A Nossa Sugestão

Precisa de dinheiro urgente?

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2018-08-10T03:49:26+00:00 10/08/2018|Categories: Impostos|Tags: |

About the Author:

Ricardo Rodrigues é CEO e Fundador do NValores desde 2013. Plataforma para pedir crédito online. Nomeadamente crédito pessoal, crédito consolidado e crédito habitação. Email: geral@nvalores.pt