Como investir na bolsa de valores com pouco dinheiro

Quando falamos de investimentos, a verdade é que os portugueses são um povo bastante conservador.

Se fizermos uma pesquisa mais de 60% dos portugueses optam por colocar o dinheiro no banco em depósitos a prazo. E, isso acontece mesmo sabendo que a rentabilidade deste investimento é praticamente nula.

Mas, é importante ter em conta que pode começar a fazer investimentos com pouco dinheiro. Ou seja, investir na bolsa não é (de todo) uma atividade apenas ao alcance de uma pequena elite. Na prática qualquer pessoa pode fazer esse investimento.

Mas o que significa afinal de contas fazer um investimento na bolsa?

Bem, significa que a pessoa tem como objetivo comprar ações para obter mais-valias (lucros). E, a verdade é que comprar ações pode efetivamente ser uma excelente forma de rentabilidade.

Já pensou ser acionista da Apple ou da Samsung?

Se comprar ações dessa empresa, vai passar a ser um dos seus proprietários. E sim, pode comprar ações de empresas que não são portuguesas.

Tendo em consideração que as taxas de juro dos depósitos a prazo são mínimas, esta pode ser uma boa ação. Mas, se não sabe como investir na bolsa de valores com pouco dinheiro, não se preocupe.

O NValores irá explicar-lhe tudo o que deve ter em consideração de seguida.

Comece a poupar dinheiro… este é o primeiro passo

Antes mesmo de lhe explicarmos como é que pode investir com pouco dinheiro, é importante perceber que para investir, tem de ter dinheiro.

Por isso, a primeira fase deste investimento terá sempre de ser uma poupança (se não a tiver já realizada). Por isso, se poupar durante 12 meses um valor de 50€ mês, ao final do ano terá 600€ que poderá investir em algo.

A melhor forma de não gastar esse dinheiro passa efetivamente por colocá-lo de parte. Mas, se quiser, pode também abrir uma conta poupança temporária para amealhar o seu fundo de investimento.

Dicas para investir na bolsa com pouco dinheiro

Gráfico de ações 3d tradingview

Antes de lhe explicarmos quais são as melhores formas para investir na bolsa, é importante que perceba como pode começar os seus investimentos. Para isso, temos 2 opções a ter em consideração.

1 – Reduzir os custos

Quem está a começar a dar os primeiros passos no mercado da bolsa, procura saber como comprar ações baratas e que tenham (preferencialmente) um excelente potencial de valorização.

No entanto, na prática a grande maioria esquece-se de um (pequeno) pormenor. Existem custos associados às operações realizadas na bolsa.

Assim, se numa primeira fase o valor que tem para investir é baixo, é importante que tenha em mente todos os custos associados às operações que vai realizar.

Mas, se pesquisar um pouco, pode facilmente reduzir as comissões cobradas pelos intermediários financeiros.

Entre as plataformas mais competitivas estão a plataforma XTB Trading, GoBulling e o Banco Invest. Estas três entidades destacam-se por não cobrarem custos pelo guarda de títulos.

É importante frisar que por vezes a informação sobre o preçário cobrado pelos intermediários é confusa. Assim, é importante que tenha a máxima atenção e que compare a oferta.

2 – Investir na bolsa de valores sem precisar de correr muitos riscos

Quem não tem um capital muito elevado, precisa de determinar previamente qual o valor máximo que pode investir. Este valor não pode de forma alguma comprometer a sua estabilidade financeira.

Assim, mantenha uma postura conservadora, sem grandes riscos. Pelo menos numa fase inicial.

A par disso, existe algo que temos de frisar. O mercado bolsista, é um mercado de risco. É óbvio que existem investimentos com maior ou menor risco. Mas, existe sempre um risco associado.

Assim sendo, precisa estar preparado para a possibilidade de perder parte, ou a totalidade, do dinheiro que vai investir. Por isso é que dizemos que deve fazer um investimento que não comprometa a sua estabilidade financeira.

Queremos também salientar que não existe tal coisa como uma compra de ações que seja 100% segura. Na verdade, o que diminui o grau de risco do investimento é a análise atenta do mercado onde quer investir.

Só assim consegue diminuir a probabilidade de fazer um mau investimento.

Se tiver um conhecimento abrangente sobre esta área de atuação, irá ter uma rentabilidade muito interessante. Acompanhe diariamente a bolsa de ações, veja qual a cotação da mesma e leia jornais ou blogs especializados.

É realmente possível investir com pouco dinheiro. Mas, quem quer começar tem de ter realmente cuidados prévios e fazer o “trabalho de casa” para não correr demasiados riscos nesta primeira fase.

Mas, caso não se sinta muito confiante para dar os primeiros passos na Bolsa, existem diversas outras alternativas de investimento. Em seguida, vamos enunciar algumas das outras opções para quem pretende investir com pouco dinheiro.

Veja também: XTB Portugal – Abra uma conta grátis e invista na bolsa sem risco.

Várias opções de investimento com pouco dinheiro

 

Agora que já sabe que é possível investir com pouco dinheiro e como investir na bolsa de valores, é importante perceber quais são efetivamente as suas alternativas.

Isso porque, apesar de poder ser bastante atrativo a realização deste investimento, pode não ser a opção mais adequada para muitas pessoas.

Por isso, damos-lhe de seguida alguns exemplos que podem ser uma opção viável para as suas necessidades.

1 – Investir em obrigações

O investimento em obrigações é sem sombra de dúvida uma ideia bastante viável.

Mas do que é que se trata afinal?

Obrigações são valores mobiliários que representam a dívida do Estado ou de uma empresa em relação a entidades terceiras.

E, a emissão das obrigações é algo cada vez mais comum por parte das grandes empresas, já que deste modo não necessitam de pedir um financiamento extra.

Mas, para fazer este investimento é preciso analisar bastante bem o potencial de investimento.

Podemos encontrar um exemplo fácil e mediático de emissão de obrigações no mundo do futebol. As SADs de Benfica, Sporting e Porto já emitiram obrigações.

Basta recuar até ao final de abril de 2016 (mas obviamente que existem exemplos mais recentes) e, de acordo com CMVM, o Benfica emitiu 50 milhões de euros em obrigações a três anos, com uma taxa de juros de 4,25%.

Se compararmos este valor com as taxas de juro praticadas nos depósitos a prazo, podemos ver que é uma oferta muito mais vantajosa. Mas, ainda assim um valor muito mais baixo do que há alguns anos.

Tenha em mente que as obrigações não são investimentos completamente seguros. E, em situações como as destes exemplos, em que o futebol está associado, é necessário conseguir separar o lado emocional para não fazer um mau investimento.

2 – Investir em imobiliário

O mercado imobiliário tem sido aquele com maior crescimento nos últimos anos. Assim, comprar casas para remodelar e vender, é uma forma extraordinária de fazer dinheiro.

Claro que para fazer o investimento neste mercado é preciso ter algum capital disponível. Mas, se quiser mesmo fazê-lo e não tem capital para tal, nada como participar num fundo de investimento imobiliário.

Com o valor dos imóveis a subir de forma cada vez mais constante e com uma grande procura por imóveis para arrendamento, esta pode ser uma opção muito lucrativa.

3 – Investir em startups

A palavra startup faz cada vez mais parte da realidade dos investidores. E, acredite quando lhe dizemos que não são somente os grandes tubarões que investem nesta área.

Pode investir com pouco dinheiro, principalmente se optar por fazê-lo através de uma das muitas plataformas online de investimento.

Mas, existem centenas de startups à procura de um investimento. Por isso, é necessário ter um bom nível de conhecimento para analisar o potencial de cada empresa.

Mas, pelo que temos lido, investir em startups da área tecnológica é uma grande opção, já que os lucros podem ser muito interessantes.

4 – Investir em fundos de investimento

Outra opção para investir com pouco dinheiro são os fundos mútuos ou fundos de investimento.

Na prática são fundos que lhe permitem aceder a mercados financeiros e investir em ações e nas dívidas públicas ou privadas. E, o melhor de tudo é que estes fundos são geridos por entidades profissionais.

Desse modo, o processo é logo à partida mais simples e com menor risco ao investimento realizado. A par disso irá saber periodicamente os resultados e as tipologias de investimento realizadas.

Qual é afinal o melhor investimento?

Na prática, não existe nenhum investimento que seja perfeito ou adequado a todas as necessidades e realidades.

Escolher qual o melhor investimento para si tem essencialmente a ver com o seu perfil de investidor e o nível de conhecimento que tem sobre cada uma das áreas.

Se já está por exemplo envolvido com o setor imobiliário, fará sentido continuar a investir nesse setor. Se por outro lado domina as novas tecnologias, um investimento em startups poderá ser a opção mais adequada.

Resumidamente é você que deve decidir se deve optar por um investir na bolsa de valores ou por qualquer outra das alternativas. O que é fundamental, é que que perceba que é realmente possível investir com pouco dinheiro e ter uma boa rentabilidade.

Veja também: Como investir a longo prazo?

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt

6 comentários em “Como investir na bolsa de valores com pouco dinheiro

Deixe um comentário

  1. Gostava de saber a vossa opinião acerca da plataforma plus 500, tenho usado a conta de demonstração ,para me ambientar com os mercados e investir nos mesmos, mas gostava de investir como não conheço mais nenhuma plataforma qual aconselham,esta ou outras?

    Responder
  2. Boa noite,
    Sou inexperiente na bolsa, contudo investi no BCP e Martifer, estou a perder cerca de 90% do capital investido. Que devo fazer’ vender ou aguardar.

    Responder
    • Antes de comprar/Vender veja os gráficos dos últimos meses para perceber se é uma descida passageira. Entretanto à de ter recuperado qualquer coisa, o bcp liderou os ganhos do psi hoje e anteontem. Não sou expert, mas o bcp está para ter uma injeção de capital, aguarde mais um pouco..

  3. Olá,

    Eu ando a ler e a tentar entender como funciona os negócios de bolsa de valores, porque gostaria de investir. A minha questão a este artigo seu é: qual a quantia minima aconselhada a investir? 100€ ? 200€ ? 5 000€ ?

    Continuação de bom trabalho

    Responder
    • A quantia mínima a investir será sempre uma quantia com a qual se sinta confortável. Se está a começar, é recomendável que dê os primeiros passos de forma lenta e que vá progredindo. Contudo, nunca deve investir além das suas possibilidades.