Como escolher o melhor depósito a prazo?

Temos hoje acesso a um enorme número de depósitos a prazo. Seja no balcão de uma instituição financeira ou até mesmo online, o número de opções ultrapassa as largas dezenas.

Como sempre acontece, quando estamos perante um leque tão alargado de opções, impõe-se a questão: como escolher o melhor depósito a prazo?

Para que o consumidor possa fazer a melhor opção, deve conhecer quais os principais critérios a ter em conta e que caraterísticas deve procurar.

Verifique a Idoneidade Da Instituição Bancária

O principal aspeto a observar antes de optar por qualquer opção de depósito a prazo, é certamente determinar qual o banco a escolher.

O grau de risco envolvido na subscrição de um depósito está diretamente relacionado com o grau de robusteza da instituição bancária escolhida. Assim, os bancos que atravessam situações de alguma instabilidade e que apresentam algum nível de risco de entrarem em situação de insolvência devem ser desde logo excluídos.

É altamente recomendável que os consumidores realizem a sua própria pesquisa relativamente à situação financeira e à estabilidade da entidade onde pensam subscrever um depósito.

Se é verdade que algumas das entidades que operam em Portugal possuem uma elevada reputação internacional e são opções sólidas ou seguras, relativamente a outras a informação é escassa e algo nebulosa.

Principais Aspetos a Considerar Antes de Escolher Um Depósito a Prazo

Para que seja possível encontrar o melhor depósito a prazo, os clientes devem observar um conjunto de fatores e de parâmetros que determinam a real mais-valia do produto em causa.

Estes são os principais aspetos a avaliar:

  • Taxa Anual Nominal Líquida (TANL) – A maioria dos bancos apenas faz referência à TANB (Taxa Anual Nominal Bruta), mas o que os consumidores realmente devem considerar é a TANL, já que é esta a taxa que realmente indica a remuneração efetiva de juros. Ou seja, aquilo que o consumidor vai efetivamente receber.

Uma vez que os depósitos são sujeitos a uma taxa liberatória de 28%, a TANL é determinada através do seguinte cálculo:

(1-28%) x TANB

Aconselha-se a que a escolha recaía sobre um depósito com uma TANL superior à taxa de inflação.

  • Prazo – Os depósitos a prazo podem ter diversos prazos: mensal, trimestral, anual, 2, 3, 4, 5 anos, etc.

Na esmagadora maioria dos casos, é possível movimentar o montante depositado de forma antecipada, mas caso tal aconteça, o banco pode penalizar o cliente com perda parcial ou total dos juros decorridos.

Assim, é recomendável que cada cliente escolha um prazo de tempo durante o qual não precise de movimentar o montante, para que possa tirar todos os benefícios da constituição do depósito a prazo.

  • Optar por um Depósito Online – Os depósitos a prazo online oferecem hoje condições bastante competitivas, sendo por isso uma opção a considerar.

Contudo, mais uma vez sublinhamos a necessidade de verificar a reputação da instituição em causa, antes de realizar qualquer depósito. Se este ponto é sempre importante, no que diz respeito à constituição de depósitos a prazo através da Internet, ele é realmente crucial.

  • Capitalização de Juros – Depósitos a prazo com capitalização de juros permitem que, no final do período do depósito a prazo, os juros sejam acrescentados ao valor inicial, gerando também juros.

Estes são apenas alguns dos pontos que deve ter em conta, para escolher o melhor depósito a prazo. Utilizando esta informação da forma correta, será mais fácil encontrar uma opção que se adeque às suas pretensões.

Veja A Nossa Sugestão

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt