O NValores não cobra comissões de avaliação de crédito

São imensos os consumidores que solicitam diariamente avaliações de crédito a diversas entidades, e antes mesmo da avaliação ser realizada têm de pagar um determinado montante.

No entanto, é comum que após o pagamento não haja qualquer retorno ou feedback relativamente à situação apresentada.

Saiba de antemão que o NValores não cobra comissões de avaliação de crédito para nenhuma tipologia (crédito pessoal, crédito consolidado, crédito habitação…).

De forma a evitar que os consumidores sejam novamente defraudados com este tipo de situação, iremos deixar-lhe alguns conselhos.

Conheça-os de seguida.

Comissões de avaliação de crédito – Os cuidados a ter

É importante que tenha em conta que quando solicita uma avaliação de crédito, independentemente da tipologia do mesmo, não é possível saber se será ou não aprovado por parte das entidades bancárias e financeiras.

Assim sendo, é importante ter em conta as seguintes dicas.

1 – Nunca pague adiantado

As avaliações de crédito são questões bastante sensíveis, e dependem de proponente para proponente. Assim sendo, nunca é possível saber com antecedência se o pedido irá ou não ser aprovado.

Tendo em conta essa questão, é importante que se salvaguarde e nunca faça pagamentos adiantados (ou seja, comissões de pré-aprovação).

Qualquer pagamento que tenha de ser realizado, apenas deve ser feito após a confirmação efetiva do crédito.

2 – Analise várias ofertas

A avaliação de créditos por consultores financeiros, é um serviço que é prestado por inúmeras entidades. Assim sendo, deve solicitar a análise do seu caso a mais do que uma entidade e comparar as ofertas que lhe são enviadas.

O crédito sem comissão de avaliação é um direito seu, por isso, esteja atento a qualquer empresa que lhe peça para pagar antes de avaliarem o seu caso e submeterem o mesmo para aprovação das várias entidades bancárias.

3 – Faça uma análise à empresa

Uma das primeiras questões que deve ter em conta, passa essencialmente por uma análise crítica à empresa a quem está a solicitar o pedido de avaliação de crédito.

Deve ver se a mesma tem uma morada e contacto associado, qual o valor das comissões de crédito (se pedirem algum não tente sequer trabalhar com essa entidade) e se existe alguma queixa formalizada online relativamente à mesma.

Tendo em conta o facilitismo que existe hoje em dia, as pessoas tendem a reclamar online (em diversos portais) sempre que são enganadas por determinadas empresas.

4 – Pague apenas o sucesso

No caso de alguma entidade lhe pedir valores de comissão de avaliação antes mesmo de analisar todo o processo, questione se o mesmo apenas pode ser liquidado aquando da aprovação do pedido.

Se lhe disserem que não, muito provavelmente irá perder esse dinheiro.

Veja um exemplo prático.

Uma empresa que solicite 60 pedidos de avaliação de créditos por mês às diversas entidades bancárias, consegue aprovar na melhor das hipóteses 10% dos pedidos.

Se a comissão de avaliação for 100€, a empresa recebe mensalmente 6.000€ para conseguir efetivamente ajudar 6 pessoas.

Além disso, das 6 pessoas que conseguiram os seus créditos aprovados, a empresa de consultores ainda vai receber uma percentagem por ter conseguido essa aprovação.

Como vê, é importante um crédito sem comissões de avaliação, para que as pessoas possam efetivamente ser ajudadas.

Dicas para quem quer pedir um crédito online

Se está a ponderar solicitar um crédito online pela primeira vez, deixamos-lhe algumas dicas que deve ter em conta, antes de solicitar esse serviço.

1 – Não pague comissões de avaliação

Não pague (obviamente) comissões de avaliação de crédito antes de o mesmo ser efetivamente aprovado (deve receber uma prova dessa aprovação).

2 – Peça o contrato do crédito

Exija um contrato onde todos os deveres e direitos relativamente a esse crédito estejam regulados, pois só dessa forma, poderá efetivamente reclamar no caso de algo não estar a correr de acordo com o que havia sido previamente estipulado.

3 – Crédito com problemas bancários não existe na banca

Lembre-se sempre que pessoas com o nome na lista negra do Banco de Portugal, que tenham penhoras ou que se encontrem desempregadas, não têm a menor hipótese de ver o pedido de crédito aprovado.

Não existe nenhum banco que vá conceder um empréstimo a uma pessoa que não lhe dá nenhuma garantia de poder pagar o mesmo.

4 – Consultores financeiros credivéis

Analise bastante bem a entidade consultora antes de solicitar que qualquer análise seja realizada.

Relembramos que o NValores não cobra comissões de avaliação de crédito para nenhuma das tipologias de crédito que avaliamos.

Assim, se está a ponderar adquirir um crédito pessoal, crédito habitação, consolidar os seus créditos ou somente pedir um cartão de crédito, solicite-nos uma avaliação sem qualquer custo para si.

Estamos ao seu dispor para qualquer esclarecimento adicional que necessite.

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt