Como calcular o LTV Loan-to-value?

Quem já adquiriu um imóvel já ouviu falar do termo Loan-to-value (empréstimo de valor), embora possa não ter compreendido a sua importância e qual o seu verdadeiro significado.

Hoje, vamos explicar-lhe um pouco melhor o que é, como calcular o LTV e quais as suas implicações na aquisição de um imóvel, mas também num pedido de crédito consolidado com hipoteca.

1 – O que é o loan-to-value?

O Loan-To-Value ou vulgarmente conhecido como LTV é um rácio financeiro, que relaciona o montante associado a um empréstimo, com o valor da garantia que é prestada pelo consumidor.

Embora por norma seja associado a empréstimos habitação (relacionando o valor da hipoteca com o valor do próprio imóvel) pode ser também utilizado como complemento na análise de um pedido de consolidação de créditos com garantia imobiliária.

Este rácio é bastante utilizado, pois é considerado como um dos fatores de maior importância para a análise de risco de um determinado empréstimo, estando relacionado com o risco de incumprimento.

Hoje em dia, devido há elevada instabilidade existente no nosso país, os bancos e entidades financeiras que concedem empréstimos habitação, nunca fornecem o valor total da avaliação do imóvel, pois desta forma ficam com uma garantia no caso de incumprimento por parte do cliente.

Por norma, o valor financiado varia entre 70% e 80% do valor do imóvel, sendo a restante percentagem a garantia de segurança do banco em caso de incumprimento (é importante que tenha em consideração que a sua taxa de esforço deve ser o mais baixa possível, para que o risco de incumprimento seja menor).

2 – Como calcular o LTV?

Calcular o LTV (Loan-To-Value) é bastante simples, sendo necessário apenas ter o conhecimento de dois valores em particular – valor do empréstimo e valor do imóvel.

Depois de saber estes montantes, deve aplicar a seguinte formula:

LTV = (Valor do empréstimo / Valor do imóvel) x 100%

O resultado será apresentando em percentagem, e esse será o seu empréstimo de valor.

Veja o exemplo seguinte para perceber melhor.

2.1 – Exemplo

A Filipa e o Miguel vão adquirir a sua primeira casa, e têm já algum dinheiro de parte para dar de entrada. O valor do imóvel é 75.500€ e o valor da entrada que vão dar é 30.000€.

De Loan-To-Value para ambos é:

LTV = 45.500€ / 75.500€ = 0.602 x 100% = 60,2%

A percentagem obtida de 60,2%, indica que o casal apenas está a pedir ao banco que lhes financie 60% do valor total do imóvel que pretendem adquirir.

Veja também: Crédito Habitação 100% financiamento

3 – Loan-To-Value no crédito consolidado com hipoteca

Saber calcular o LTV no crédito consolidado com hipoteca é bastante importante no caso de ter um imóvel que pretenda deixar como garantia para a consolidação do mesmo.

O crédito consolidado é um produto financeiro que permite ao consumidor a sua subscrição de acordo com duas opções distintas crédito consolidado com hipoteca e sem hipoteca.

Para que seja realizado uma consolidação de créditos, é importante que as duas premissas fundamentais sejam cumpridas, sendo elas:

  1. A taxa de esforço não pode ultrapassar o máximo de 40%;
  2. O Loan-To-Value não pode ultrapassar os 80%.

Se neste momento tem diversos créditos em vigor, e tem um imóvel cujo loan-to-value é inferior a 80%, poderá consolidar o seu crédito e reduzir as suas prestações até 60%, reduzindo de forma significativa a sua taxa de esforço e reforçando a sua estabilidade financeira.

O NValores poderá ajudá-lo nesta análise, sem qualquer compromisso, de forma a encontrar a melhor opção para si e para a sua saúde financeira.

Se ficou com alguma dúvida relativamente a estas questões, não hesite em contactar-nos, pois estamos à sua inteira disposição para qualquer esclarecimento adicional.

Veja também:Transferência de crédito habitação

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt