Aumentos salariais em 2021 – Sector privado e função pública

O ano de 2021 já começou e uma das questões mais discutidas pelos contribuintes assenta sobre os aumentos salariais deste ano, especialmente graças à crise criada pela pandemia.

Ao longo dos últimos anos tem havido diversas atualizações neste sentido, e por isso, após uma análise cuidada, o NValores resolveu aprofundar um pouco mais este tema.

Conheça então de seguida todas as mudanças salariais que vão ocorrer em 2021.

Aumento salarial no sector privado

Desde 2016 que o valor do salário mínimo nacional tem vindo a ser aumentado gradativamente.

Em 2019 este valor estava fixado em 600€ mensais, em 2020 o mesmo estava fixado em 635€ e em 2021 o mesmo será de 665€. Valor que já está decretado no Orçamento de Estado para 2021.

Estima-se também que este aumento de 30€ impacte a vida de mais de 720 mil trabalhadores.

A par disso, de acordo com comunicado do Conselho de Ministros:

“o XXII Governo inscreveu no seu programa o objetivo de aprofundar, no quadro da negociação em sede de concertação social, a trajetória de atualização real do salário mínimo nacional, de forma faseada, previsível e sustentada, evoluindo cada ano em função da dinâmica do emprego e do crescimento económico, para atingir os 750 euros em 2023”.

Fonte: https://www.portugal.gov.pt/pt/gc22/governo/comunicado-de-conselho-de-ministros?i=309

Ou seja, o salário mínimo irá aumentar de forma gradual até atingir 750€ em 2023.

O Governo quer efetivamente que os salários do setor privado em Portugal cresçam acima do que é a soma da inflação e da produtividade. Em 2020, esse aumento foi de 2,7%. Mas, existe já previsão de crescimento até 2023 (2,9% em 2021 e 2022 e 3,2% em 2023).

Contudo, existe algo que foi também bastante debatido. O impacto que estes aumentos no salário mínimo têm no orçamento das empresas.

Assim, e de forma a que as mesmas não sejam penalizadas, o Orçamento de Estado para 2021 já prevê benefícios fiscais para as empresas.

Num momento de incertezas e crise devido à pandemia, medidas como esta são especialmente importantes para manter o fôlego da economia do país.

No entanto, é importante ter em mente, que não foi apenas no setor privado que houve alterações nesse sentido.

O setor público também tem novidades.

Aumentos salariais na função pública

No final de 2020, a ministra do trabalho fez um anúncio relativamente à negociação dos aumentos nos salários mais baixos na Função Pública. O objetivo é igualar o valor fixado do salário mínimo e um aumento de 10 euros nos restantes salários até 693 euros.

Entidades e sindicatos estão a reivindicar melhorias. A União Geral de Trabalhadores (UGT) defende um aumento de 35 euros para o salário mínimo nacional.

Já a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) reclama um aumento para 850 euros a curto prazo.

Como saber quanto vai ganhar em 2021?

Apesar dos aumentos que têm ocorrido nos últimos anos, a verdade é que Portugal continua a ser um dos países da União Europeia com o salário mínimo mais baixo.

Contudo, é importante ter em mente que a tabela de salários em Portugal é bastante abrangente e os valores variam de acordo com a função, experiência comprovada, mas acima de tudo o que a empresa está disposta a pagar pelo trabalho.

A par disso, são ainda muitas as empresas que pagam aos seus funcionários valores relativamente baixos para determinados cargos.

Mas, independentemente de qual seja o seu ordenado mensal, muitas pessoas gostariam de saber qual é o valor do salário líquido em 2021 e como podem realizar esse cálculo.

A forma mais simples de o fazer passa por utilizar um simulador de cálculo de salário líquido. Saiba ainda que existem diversos simuladores que pode utilizar online gratuitamente.

No entanto, se gosta de fazer todas as contas à mão, pode utilizar a seguinte fórmula:

Salário líquido = Valor bruto – taxas + subsídio de alimentação, ajudas de custo

É importante frisar que para saber as taxas correspondentes, tem de verificar as tabelas de retenção na fonte de IRS para o ano corrente. Para saber o valor que desconta para a Segurança Social, apenas precisa de calcular 11% do montante.

Agora que já sabe tudo sobre os aumentos salariais para 2021, faça contas à vida e veja se este ano vai ou não ter um aumento considerável no valor que aufere mensalmente.

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt

Deixe um comentário