Aumentos salariais em 2018: Tudo o que precisa saber

Aumentos salariais em 2018: Tudo o que precisa saber

By | 2018-02-17T19:25:17+00:00 17/02/2018|Categories: Emprego|

2018 ainda há bem pouco tempo começou e uma das principais alterações previstas no orçamento de Estado para este ano foi o aumento salarial no setor privado, mas também no setor público.

Como têm havido várias as alterações, nomeadamente ao nível das tabelas salariais 2018, hoje o NValores resolveu aprofundar um pouco mais este tema.

Conheça todas as mudanças para este ano que ainda agora está no início.

Aumento salarial no privado 2018 – 2019

2018 foi um ano de confrontos, essencialmente porque os sindicatos queriam que o aumento do salário no setor privado fosse maior.

Contudo, após várias discussões e alguns confrontos, o salário mínimo nacional para o setor privado ficou então fixado nos 580€ (mais 23€ que no ano transato onde o mesmo se encontrava fixado nos 557€) o que representa um aumento de 4,1% (valor inferior aos 5% dos últimos dois anos).

Contudo, as várias previsões indicam que em 2019 haverá um novo aumento e o salário mínimo nacional irá fixar-se nos 600€ mês (embora ainda não existam certezas absolutas nesse sentido).

Podemos então dizer que em 2018, o aumento do salário mínimo abrangeu cerca de 800 mil trabalhadores, as progressões de carreira abrangem mais de metade dos funcionários públicos, o desemprego continua a baixar e o IRS a descer.

2018 está a ser um bom ano para os contribuintes portugueses que vêem o seu poder de compra a aumentar de forma gradual.

No entanto, é importante ter em mente, que não foi apenas no setor privado que houve alterações nesse sentido. O setor público também teve um aumento, ou melhor, um descongelamento de carreiras.

Aumentos salariais na função pública 2018

Tal como indicámos anteriormente, não foi apenas para o setor privado que o ano de 2018 trouxe novidades a nível salarial.

As carreiras dos funcionários públicos foram descongeladas depois de 7 anos sem haver qualquer alteração nesse sentido.

No entanto, é importante frisar, que como as regras são vistas caso a caso, nem todos os trabalhadores do estado vão ver o seu salário ser aumentado, embora o descongelamento de carreiras abranja quase 400 mil funcionários

É importante frisar que o acréscimo salarial decorrente do descongelamento das carreiras será pago em quatro vezes, durante dois anos (embora para existir um aumento salarial é preciso que os funcionários tenham somado dez pontos na avaliação de desempenho entre 2011 e 2017).

Além disso, os funcionários do setor público que aufiram o ordenado mínimo e que tenham direito à progressão de carreira vão passar a auferir 635€ (mais 55€ do que os trabalhadores do privado).

Outra das alterações que vai levar aos aumentos da função pública em 2018 é a reposição do valor das horas extraordinárias, que deixa de sofrer o corte de 50% que até então era aplicado.

Desta forma, o valor passa a ser pago da seguinte forma: 25% da remuneração na primeiras horas, 37,5% nas horas seguintes e 50% aos feriados (mas atenção que as atualizações são feitas sem retroativos).

Em 2018 prevê-se também que hajam os concursos para integrar os trabalhadores precários que se candidataram ao Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários da Administração Pública (PREVPAP).

Cálculo do Salário Líquido 2018 – Como saber quanto vai ganhar?

A verdade é que a tabela de salários em Portugal é extremamente abrangente e muitas vezes os valores auferidos mensalmente variam de acordo com a função, experiência comprovada, mas acima de tudo com o que a empresa está disposta a pagar pelo seu trabalho.

Como o desemprego (apesar de ter baixado drasticamente) ainda se encontra relativamente alto no nosso país, muitas empresas pagam aos seus funcionários valores relativamente baixos para determinados cargos.

Mas, de qualquer forma, independentemente de qual seja o seu ordenado mensal, muitas pessoas gostariam de saber qual é o valor do salário líquido em 2018 e como realizar esse cálculo.

A forma mais simples de o fazer passa por utilizar um simulador de cálculo de salário liquido em 2018 (existem diversos que pode utilizar e que se encontram gratuitamente online).

No entanto, se gosta de fazer todas as contas à mão, pode utilizar a seguintes fórmula:

Salário líquido = Valor bruto – taxas + subsídio de alimentação, ajudas de custo…

É importante frisar que para saber as taxas correspondentes, tem de verificar as tabelas de retenção na fonte de IRS. Para saber o valor que desconta para a Segurança Social, apenas precisa de calcular 11% do montante.

Agora que já sabe tudo sobre os aumentos salariais para a função pública e privada, faça contas à vida e veja se este ano vai ou não ter um amento considerável no valor que aufere mensalmente.

 

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2018-02-17T19:25:17+00:00 17/02/2018|Categories: Emprego|

About the Author:

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt

Leave A Comment