Aprenda a redigir uma carta de recomendação

Aprenda a redigir uma carta de recomendação

By | 2017-05-19T01:32:48+01:00 20/07/2015|Categories: Emprego|

O mercado laboral está cada vez mais competitivo, o que faz com que todos os aspetos que possam diferenciar a sua candidatura de todas as outras façam uma grande diferença. Nesse sentido, ter uma boa carta de recomendação é algo que pode jogar a seu favor.

Uma carta de recomendação consiste num documento em que outra pessoa (geralmente alguém que trabalhou diretamente consigo num emprego anterior ou um antigo professor) apresenta as suas qualidades profissionais e competências, com o objetivo de oferecer referências a potenciais empregadores.

Apesar de ser um aspeto das candidaturas quase totalmente descurado em Portugal, a verdade é que uma carta de recomendação bem redigida funciona realmente como uma vantagem para quem procura emprego ou até para quem pretende iniciar um mestrado ou candidatar-se a uma bolsa de investigação.

O primeiro aspeto a considerar é quem escolher para escrever uma carta de recomendação. Deve escolher alguém com uma posição relevante e que esteja disponível para escrever a carta.

Para ajudar quem vai escrever a sua carta de recomendação, pode entregar-lhe um exemplar do seu currículo vitae devidamente atualizado.

Se o resultado não corresponde às suas expetativas, não terá é claro que inclui-la na sua candidatura.

1. Exemplos de cartas de recomendação

Para que saiba como escrever uma carta de recomendação, nada como poder ver um exemplo:

Remetente

Função ocupada – Empresa

Endereço

Contacto

Data

Assunto: Carta de Recomendação para o Arquiteto Manuel Silva

Exmo.(s) Sr.(s)

Escrevo-lhe para recomendar o Sr. Manuel Silva para a função de Arquiteto.

Durante os últimos anos tive a oportunidade de trabalhar diretamente com o Sr. Manuel Silva. Durante todo o período em que trabalhou como arquiteto na empresa X, demonstrou toda a sua competência e qualidade profissional. Uma vez que supervisionei o seu desempenho, sinto-me qualificado para recomendar as suas capacidades profissionais.

O Sr. Manuel Silva demonstrou uma grande capacidade técnica, bem como uma notável capacidade de adaptação a novos processos. A sua capacidade de transpor para o papel de forma fiel as ideias dos nossos clientes, tornando-as reais e melhorando-as quando necessário foi um excelente ativo para a nossa empresa.

Tenho também que mencionar a excelente capacidade de comunicação, que permite ao Sr. Carlos Silva estabelecer relações de proximidade com os clientes e colegas de trabalho.

Ao longo da sua estadia na nossa empresa, exibiu também um espírito de trabalho incansável, mostrando-se sempre disponível para fazer os projetos avançarem. Assim, tornou-se uma fonte de inspiração para toda a equipa.

Reconheço ao Sr. Manuel Silva capacidade, habilitações e qualidades que lhe permitem ser uma excelente adição para qualquer empresa e dessa forma recomendo-o vivamente para o cargo a que se candidata. Acredito que a vossa empresa ficará mais forte se avançar para a sua contratação. Estou disponível para prestar mais esclarecimentos.

Atentamente,

(assinatura)

2. Fortaleça a sua candidatura com uma carta de recomendação

Como já referimos, apresentar uma carta de recomendação ao abrigo de uma candidatura pode fazer toda a diferença, principalmente se conseguir apresentar uma carta realmente forte e válida, escrita por alguém com um cargo relevante numa empresa por onde tenha passado.

Encontrar a pessoa certa para escrever uma carta de recomendação é um passo firme na direção de um bom emprego.

Veja A Nossa Sugestão

  1. Exemplos de cartas de recomendação
  2. Aprenda a redigir uma carta de motivação
  3. Exemplos de cartas de apresentação espontânea
  4. Carta de Despedimento: Aprenda a escrever
  5. Exemplos de cartas de despedimento

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2017-05-19T01:32:48+01:00 20/07/2015|Categories: Emprego|

About the Author:

Formado em Engenharia e apaixonado pela área Financeira, Ricardo Rodrigues criou a NValores em Agosto de 2013 com a missão de melhorar a literacia financeira dos Portugueses. Exerceu funções profissionais inerentes à categoria de Consultor Financeiro na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Desde de 2013 com funções profissionais inerentes à categoria de CEO na RRNValores Unipessoal, Lda, especificamente, gere uma equipa formada por consultores, marketing de conteúdos e programadores que criam, desenvolvem e mantêm uma plataforma com informação e comparação de produtos financeiros gratuita para todos os utilizadores. Email: geral@nvalores.pt

One Comment

  1. Rafael Lopes 30/07/2015 at 03:38 - Reply

    O mercado exige cada vez mais do profissional e utilizar ferramentas como a carta de recomendação é essencial para obter oportunidades de emprego, mas é claro que muito mais que um documento é necessário um constante aperfeiçoamento de habilidades e conhecimentos para não frustar as expectativas de quem o contratou.

    Rafael Lopes, acadêmico de Engenharia Civil (Ceulls/Ulbra)

Leave A Comment