American Express Portugal deixa de emitir cartões de crédito

São milhares os portugueses que têm nas suas carteiras um cartão da American Express Portugal.

Contudo, se esse é o seu caso, poderá ser boa ideia começar a analisar outras propostas de cartões de crédito, uma vez que a partir de 2019 a empresa irá deixar de emitir cartões desta tipologia em Portugal.

Sim, é verdade, ao final de 23 anos de atuação no mercado nacional, a American Express irá deixar de emitir ou aceitar cartões de crédito no nosso país.

American Express Portugal: Porque é que vão sair do país?

A informação de que iriam deixar de estar presentes em Portugal foi vinculada pela própria American Express num comunicado enviado aos seus clientes do banco Millennium BCP, a instituição para quem a entidade mais emitia cartões em Portugal.

Nesse comunicado é possível ler que “na sequência de alterações à Regulamentação Europeia, a American Express® irá terminar a emissão de cartões no Espaço Económico Europeu através de todos os parceiros bancários”.

No caso da American Express Millennium o acordo entre ambas as entidades era de emissão e aceitação de cartões.

Contudo, no caso do acordo American Express Novo Banco, o acordo era apenas de emissão, o que torna mais simples o processo de abandono.

Embora este comunicado só tenha sido vinculado em agosto de 2018, a verdade é que esta situação já era esperada desde o ano passado, altura em que a American Express indicava que a nova diretiva de pagamentos obrigava a custos que não fariam sentido suportar.

As novas diretivas de pagamento pressupõem a criação de concisões para que qualquer cliente – independentemente de ser particular ou empresa – possa autorizar o banco a dar acesso às suas informações de contas de pagamento a outras entidades.

Claro está que as mesmas têm de ser devidamente autorizadas pelos reguladores nacionais – Third Party Provider (TPP).

De forma resumida, o intuito das novas diretrizes passa essencialmente pela criação de um mecanismo único de pagamento, regulando assim a entrada das empresas de tecnologia financeira – fintech – no mercado nacional.

Tenha em conta que as lojas que aceitam American Express vão continuar a fazê-lo até dia 20 de janeiro de 2019, data em que todos os cartões desta entidade vão ser cancelados e não podem mais ser utilizados.

O que fazer com os pontos que tem acumulados?

Pois bem, uma das questões que mais tem sido colocada prende-se com o funcionamento da American Express Portugal pontos, já que quem possuía este tipo de cartão acumulava pontos por cada compra que fizesse com o mesmo.

Assim sendo, de forma resumida, para não perder os mesmos saiba que deverá utilizá-los até à data em que o cartão de crédito da American Express Portugal está em funcionamento.

Os mesmos podem ser gastos em:

  • Hotéis
  • Restaurantes
  • Uma ampla gama de lojas
  • Em parceiros de saúde e bem-estar
  • Outro tipo de experiências ao ar livre

Como vê, se ao longo dos anos acumulou pontos com o seu American Express Blue, está na hora de gastar os mesmos antes que os perca e fique sem direito à sua utilização. Se quiser mais informações nesse sentido, pode sempre recorrer à pagina de contactos da American Express.

Como vê, faltam menos de 4 meses para a American Express Portugal deixar de atuar no nosso país, por isso, o nosso conselho é que comece hoje mesmo à procura de uma nova tipologia de cartão de crédito.

Lembre-se que a melhor forma de fazer uma escolha acertada passa por fazer uma escolha informada e consciente, pois apenas assim poderá tirar o melhor partido de um cartão de crédito.

O mesmo não tem de ser um peso financeiro na sua vida. Um cartão de crédito ajustado às suas necessidades pode efetivamente fazer a diferença na saúde financeira do seu agregado familiar.

Se precisar de apoio ou de algum esclarecimento na hora de escolher e contratar o seu novo cartão de crédito, não hesite em contactar-nos pois estamos à sua inteira disposição para qualquer esclarecimento.

Sobre o autor: Ricardo Rodrigues

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários. Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal. Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras. Email: geral@nvalores.pt