Acabou o meu período de fidelização: O que devo fazer?

Quando o período de fidelização de um serviço fixo termina ou está prestes a terminar, a grande maioria das pessoas opta por contratar um novo serviço que tenha melhores condições e valores (preferencialmente) mais baixos.

Se esse é o seu caso, e não sabe bem qual a melhor oferta para si, hoje vamos ajudá-lo a perceber o que deve fazer depois de o período de fidelização terminar.

O que fazer aos serviços de telecomunicações depois do fim do período de fidelização?

A verdade é que muitos consumidores optam por, depois do período de fidelização dos seus serviços fixos terminarem, manter o serviço sem fazer qualquer tipo de alteração ao mesmo, e ficando a pagar valores bastante altos (e desajustados).

Saiba desde já que isso é um grande erro, e é, efetivamente possível poupar com a renegociação do contrato ou com a troca de operadora.

Explicamos-lhe de seguida em 5 passos como o podemos ajudar nessa tarefa.

1 – Entre em contacto

O primeiro passo para ficar a pagar menos depois de a fidelização dos seus serviços terminar, passa por contactar-nos.

Cerca de um mês antes de acabar o contrato (a data de término está normalmente indicada no contrato, mas no caso de não estar pode contactar diretamente a operadora em questão e questionar), contacte-nos, para podermos analisar as suas necessidades e apresentar-lhe as ofertas existentes no mercado que se adequam ao que está à procura.

Uma vez que trabalhamos com as 4 operadoras nacionais, temos acesso a ofertas exclusivas que podem ser uma excelente alternativa.

Além dos serviços fixos (TV + NET + VOZ), o NValores trabalha também com tarifários móveis de faturação mensal.

Desta forma, qualquer que seja o contrato de telecomunicações que esteja a terminar, podermos ajudá-lo.

2 – Escolher os serviços que pretende

O segundo passo para dar seguimento ao processo passa por escolher quais os serviços que quer contratar.

O NValores irá enviar-lhe várias alternativas que se adequam não só as suas necessidades, como também respeitam o valor máximo que pretende gastar mensalmente.

Desta forma, se optar por mudar de operadora, procedemos ao preenchimento do formulário de renuncia com a atual operadora e enviamos-lhe para que possa analisar, assinar e proceder à entrega do mesmo (por ser por email ou por carta registada).

3 – Preenchimento do novo formulário

Depois de assinar a renúncia de contrato e escolher o novo pacote de serviços que pretende ter instalados na sua casa, é necessário o preenchimento do novo formulário de adesão aos serviços da nova operadora.

Neste ponto, também não terá de se preocupar, já que tratamos de tudo por si, sendo apenas necessária a sua assinatura para que todo o processo fique concluído.

4 – Tratamento da instalação

Uma vez que fornecemos aos nossos clientes um serviço completo, na altura da assinatura do novo contrato, iremos também verificar consigo quando é que tem disponibilidade para fazer a instalação dos novos serviços na sua casa.

Depois, tratamos de marcar a instalação diretamente com a operadora, enviando-lhe uma mensagem (ou telefonema conforme preferir) com a data e hora da mesma.

Depois, só precisa estar em casa no dia e hora acordados para que o seu novo serviço seja instalado.

5 – Fique com um ponto de contacto

Por fim, iremos acompanhá-lo durante todo o novo processo de fidelização.

Desta forma, se no decorrer do contrato tiver alguma dúvida ou necessitar de algum esclarecimento, terá sempre a liberdade para nos contactar, de forma a que possamos ajudá-lo.

É importante frisar desde já, que o NValores é uma plataforma independente e que não tem nenhuma parceria específica com qualquer operador de telecomunicações, apresentando-lhe por isso, sempre as melhores alternativas do mercado, adequadas ao seu caso em específico.

Agora que já sabe o que fazer depois do fim do período de fidelização, deixe-nos tratar de todas as burocracias.

Veja também: Perguntas frequentes sobre o período de fidelização

Autor: Ricardo Rodrigues

 

CEO e Fundador da RRNValores Unipessoal, Lda, Ricardo Rodrigues gere uma equipa formada por consultores, criadores de conteúdos e programadores que desenvolvem e mantêm uma plataforma gratuita com informação e comparação de produtos bancários.

Formado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) e apaixonado pela área Financeira, criou o nvalores.pt em Agosto de 2013 com a missão de garantir uma comparação independente de produtos bancários em Portugal.

Exerceu funções de consultor financeiro independente na Empresa Maxfinance, nomeadamente assessoria na obtenção de crédito pessoal, crédito consolidado, crédito automóvel, cartões de crédito, crédito hipotecário, leasing, seguros e aplicações financeiras.

Email: geral@nvalores.pt