Poupe até 60% no seguro de vida do crédito habitação

By | 2017-05-19T01:32:41+00:00 08/02/2016|Categories: Seguros Mais|

Quem já tem casa própria, sabe que para pedir um crédito habitação ao banco para a compra da mesma, tem de realizar também um seguro de vida. No entanto com o passar do anos, vai acabar por pagar mais do seguro de vida do que do próprio empréstimo da casa.

Tendo em conta esta questão, e com o apoio do contas poupanças da SIC e dos nossos parceiros, criámos este artigo que lhe explica como pode poupar no seguro de vida do crédito habitação.

O que é o seguro de vida e porque é que temos de o fazer?

O seguro de vida cobre o risco de morte da pessoa segura (seguro em caso de morte), em que o segurador paga ao beneficiário o capital acordado, se a pessoa segura morrer durante o período fixado no contrato.

No caso de um crédito habitação, o seguro de vida paga o remanescente do valor do contrato ao banco, no caso de o titular morrer antes de realizar o pagamento na totalidade do crédito habitação solicitado. Este seguro é obrigatório, uma vez que existem créditos realizados a 50 e 60 anos (a pessoa pode morrer entretanto e o banco fica com o prejuízo). Com este seguro, o banco tem a certeza que em caso de morte, não fica a perder dinheiro.

É importante referir que os seguros e os riscos cobertos variam de contrato para contrato.

Sabia que pode poupar no seguro de vida se o mudar?

Por norma, no início do crédito habitação os valores do seguro de vida são bastante mais baixos, no entanto quando uma pessoa chega aos 45 anos, o valor pode aumentar entre 10% a 15% por ano, e para pessoas com mais de 55 anos, esse aumento é ainda maior.

Porque é que o valor do seguro de vida aumenta tanto?

Este valor aumenta pois com o acréscimo da idade de uma pessoa o risco de morte vai também aumentando, daí as seguradoras precaverem-se com o dinheiro que recebem enquanto a pessoa segurada é viva.

Quando realiza o crédito habitação, é anexado ao contrato em documento complementar de escritura onde pode encontrar todas as informações relativamente ao seguro de vida que está associado ao seu crédito, e é este o documento que deve utilizar para realizar a verificação.

Vamos de seguida dar-lhe 2 exemplos de pessoas que recorreram a uma análise do crédito habitação e conseguiram poupar no seguro de vida.

Exemplo 1 – Casal pede crédito habitação no valor de 229.880€ a 30 anos, sendo 2007 o primeiro ano do contrato

Mensalidades do seguro de vida com as condições iniciais

AnoMensalidade
200751,69 €
200856,40 €
200961,72 €
2027299,53 €
2037775,37 €

No caso deste casal especifico, o valor da mensalidade do seguro de vida será muito superior, ao valor da mensalidade do crédito habitação. Ao realizarem a alteração do seguro de vida do crédito habitação, passaram a pagar menos de 50% do valor (caso optem por um seguro de vida com capital constante) ou os seguintes valores (caso optem por um seguro com atualização de capital):

AnoMensalidade AntesMensalidade DepoisPaga Menos
2016107,35 €/mês44,91 €/mês62,44 €/mês – 58%
2027299,53 €/mês79,45 €/mês220,08 €/mês – 73%
2037775,37 €/mês24,71 €/mês750,66 €/mês – 97%

Só durante este 3 anos em que foi realizada a análise do seguro de vida, este casal iria pagar 14.187,00 €, após pedir uma simulação a um corrector de seguros, este valor baixou para 1.788,84 €, o que corresponde a uma poupança de 12.398,16 €  ou seja 87%.

Exemplo 2 – Crédito realizado a 40 anos

AnoMensalidade
201670,91 €
202096,99 €
2030212,66 €
2040325,79 €
2048443,40 €

Em 40 anos de crédito habitação, este casal paga de prémio de seguro de vida 100.131,44 €.

Caso realize uma atualização do seguro de vida do crédito habitação este valor pode descer por mês mais de 60%.

É importante ter em conta, que ao solicitar esta atualização ao banco, em muitos casos vai receber a informação de que o spread associado ao crédito será aumentado. Embora possa realmente acontecer haver um aumento do mesmo (esta informação deve estar descrita no documento complementar de escritura), é importante verificar se não vai poupar no seguro de vida do crédito habitação.

Caso ache que está a pagar mais do que deveria relativamente ao seguro de vida do crédito habitação, pode solicitar pedir a um corretor de seguros que veja a sua situação, permitindo-lhe poupar até 60% por mês do valor do mesmo.

Como diz o velho ditado “Mais vale prevenir do que remediar”, se fez um crédito habitação há pouco tempo, reveja já a questão do seguro de vida, para que possa começar a poupar desde já, em vez de estar à espera que o valor do mesmo seja incomportável.

Gosta do nosso trabalho?

Siga a nossa página no Facebook

By | 2017-05-19T01:32:41+00:00 08/02/2016|Categories: Seguros Mais|

Leave A Comment